O fim de um relacionamento é sempre difícil. Para alguns, o período de “luto” pelo término de um namoro pode ser uma tortura, principalmente quando o outro já refez a vida ou já não sente mais o mesmo que você.

Mas a vida continua e é preciso superar este momento comum na vida de milhões de pessoas. Como cada um possui seu tempo e sua forma de lidar com as situações, infelizmente não há uma receita pronta.

8 dicas para lidar com conflitos no relacionamento

No entanto, seguindo alguns passos, é possível que este momento passe de uma forma menos dolorosa. Para isso, separamos 21 dicas que vão ajudar você a superar o fim de um relacionamento. Confira na galeria abaixo!

Christian Erfurt/Unsplash

1 – Chore

Se você terminou há pouco tempo um relacionamento e ainda sente pela separação, não há como sorrir logo nos primeiros dias.

Pelo contrário, o “luto” com o fim da relação não deve ser deixado de lado. Chore! Com o passar dos dias, você vai perceber que a dor do início já não é tão forte assim.


Heebyj/iStock

2 – Permita sentir

Muitas vezes as pessoas apenas dizem para seguir em frente e esquecer. Quem passa por uma separação sabe que o sentimento não termina tão fácil assim.

Então, permita-se sentir. Se está com raiva, não a esconda. Se está triste, não se force a ser feliz. Este é um momento necessário para que o sentimento se transforme e, aos poucos, esta fase seja superada.


Aron Visuals/Unsplash

3 – Não tenha pressa

Se dê o tempo que for necessário para aceitar o fim do relacionamento. Não compare o seu tempo ao de outras pessoas.

Se “fulano” superou o término em uma semana ou um mês, não ache que você tem o mesmo tempo. Claro que este sofrimento não pode durar meses, anos, mas não há motivos para acelerar o seu processo natural.


Veri Ivanova/Unsplash

4 – Reserve tempo para você

Depois de certo tempo em uma relação, é normal às vezes não saber o que fazer sem uma companhia.

Por isso, aos poucos, é preciso deixar a tristeza de lado e reservar um tempo para cuidar de si. Este é um momento de descobrir as coisas que gosta de fazer sozinho e aproveitar.