Até o século passado, as técnicas de conservação de alimentos eram de suma importância, pois só assim eles podiam ser estocados por muito tempo. Já na era da geladeira, o processo de salgar os alimentos ou colocar frutas, vegetais, ervas, peixes ou queijos em vinagre ou óleo é feito para dar um sabor especial. Confira a seguir como fazer conservas de diferentes alimentos através de diversas formas:

KariHoglund/iStock

Preparativos

Além de potes de vidro, para preparar conservas de frutas ou legumes também são necessários uma balança de cozinha, um copo de medição, escumadeiras e funis para transferir o alimento cozido para os vidros. Não se esqueça, também, das etiquetas para a identificação dos potes prontos.

  • Os mais indicados são vidros de conserva especiais com anel de vedação de borracha, tampa de rosca e grampo de mola.
  • Verifique se há arranhões ou rachaduras nos vidros de conserva.
  • Verifique se os anéis de borracha para fechamento hermético estão intactos.
  • Antes de preparar a conserva, ferva os potes de vidro e os anéis em água com vinagre e coloque-os para secar de cabeça para baixo sobre um pano de prato.

Fototocam/iStock

Preparativos

  • Você também pode esterilizar os potes de vidro no forno: leve-os ao forno preaquecido a 160ºC por 10 minutos sobre um tabuleiro forrado com papel-manteiga.
  • Caso a conserva seja preparada na panela, todos os vidros devem ter a mesma altura e não devem tocar a borda da panela.
  • Se o alimento a ser conservado no vidro foi acrescido de água, fria ou quente, também coloque água na mesma temperatura na panela para evitar que os vidros trinquem.
  • Para o preparo da conserva no forno, coloque os vidros sobre uma grelha ou tabuleiro. Não aqueça o forno previamente.

choness/iStock

Dica de economia

Em lugar dos vidros de conserva tradicionais, também podem ser utilizados vidros usados de geleia ou legumes
com tampa de rosca. O importante é que vedem hermeticamente e que não estejam danificados. O ácido costuma agredir os metais e liberar substâncias que, eventualmente, podem entrar em contato com o alimento conservado. Antes de serem utilizados, os vidros e as tampas devem ser minuciosamente lavados e, de preferência, fervidos.


Sarsmis/iStock

Compotas de frutas

As mais indicadas são todas as frutas cítricas, que, por causa da sua acidez e do consequente efeito desinfetante, são facilmente processadas.

  • Coloque as frutas lavadas e eventualmente cortadas em água com limão para que não oxidem.
  • Ferva 2 kg de frutas com 1 litro de água e 500 g de açúcar até formar uma calda consistente.
  • De acordo com o teor de açúcar das frutas, acerte a quantidade de açúcar para que a compota adquira um sabor equilibrado.
  • Arrume as frutas até, no máximo, 2 cm abaixo da borda dos vidros de conserva.
  • Em seguida, complete os vidros com a calda de açúcar, feche-os e coloque-os na panela ou no forno. As frutas devem ser cozidas por aproximadamente 30 minutos a 90ºC.