Ter um pet é tudo de bom. Eles trazem mais alegria e amor para nossas vidas e ainda aumentam o nosso tempo de vida! Então, nada mais justo do que cuidar da melhor maneira possível deles, não é mesmo? Por isso, confira 5 dicas de cuidados com os animais, incluindo a clássica questão: “devo ou não castrar meu cachorro?”

1. Por que meu cachorro sente necessidade de latir alto quando estranhos se aproximam de minha casa?

Os cães tem o mesmo comportamento que os lobos. Qualquer cachorro se considera membro de um grupo e acha que a casa onde mora é a parte mais importante do território desse grupo. Embora o papel de líder caiba em geral a um humano, todos os membros do grupo são responsáveis por alertar os demais quando o território está prestes a ser invadido. E a melhor maneira de dar o alerta é latindo. Os cães pequenos – em especial, os da raça terrier – costumam latir muito, enquanto os maiores – em especial, os cães de caça – são mais calmos.

2. Por que os cachorros uivam quando ouvem sirenes?

Uivar é uma forma de comunicação. É assim que os cachorros dizem uns aos outros onde estão. Alguns uivam quando estão solitários. Outros, quando estão felizes ou para dar as boas-vindas a alguém. Alguns uivam quando ouvem música, porque é divertido. Se o som fosse desagradável, eles se afastariam. 

3. Por que, ao ser deixado sozinho, o cachorro corre pela casa, come plantas, mastiga objetos e faz xixi na cama?

Os cães são animais muito sociáveis. Quando todos os humanos saem e deixam o cachorro sozinho, ele fica aborrecido, agitado e frustrado. Assim, torna-se agressivo. 

Para evitar esse comportamento, os donos devem acostumá-lo, desde pequenos, a ficar sozinho. As pessoas devem sair em silêncio, sem se despedir ou fazer contato físico. Brinquedos de mastigar devem estar ao alcance do animais, para que ele possa se distrair. Deixar o rádio ou a TV ligados também ajuda a diminuir a ansiedade. 

4. A castração deixar os cachorros gordos e apáticos?

Se não houver controle de calorias, a castração pode fazer o animal engordar, mas não deixá-lo apático. Tanto em machos quanto em fêmeas, o ciclo sexual provoca um desgaste de calorias e, quando o cão é castrado, essa necessidade de energia sofre uma queda. Sendo assim, a quantidade de comida ingerida também deve ser menor. Uma regra simples é reduzir a ingestão de calorias em 10% logo após a operação. 

A maioria dos machos castrados sente menos necessidade de marcar território com a urina. A castração também reduz a agitação, bem como as brigas entre machos por causa da fêmea. Mas não diminui outro tipo de agressividade nem torna o animal menos curioso. 

5. Qual a quantidade de exercício diário necessária? Ele deve ficar solto ou ser mantido na coleira?

A quantidade de exercício de que um cão precisa varia de acordo com a idade, a raça e o hábito. Não depende do tamanho. Alguns cães de grande porte precisam de menos exercício do que outros pequenos, até mesmo miniaturas. Se um cachorro tiver sido treinado para obedecer a comandados de “parado” e “junto”, poderá se exercitar perfeitamente sem a coleira.