Hoje é o Dia Nacional do Chef de Cozinha!  A data foi escolhida em 1999 pela Associação Brasileira da Alta Gastronomia (ABAGA) para homenagear os profissionais que se dedicam à arte culinária.

Ao preparar pratos deliciosos, o chef harmoniza diversos sabores com paciência e inspiração. Para revelar o fantástico chef que existe em você, siga esses passos, dicas profissionais e esteja pronto para receber muitos elogios.

Veja como fazer uma Paella de arroz integral.

mariusz_prusaczyk/iStock

5. Compre ervas e temperos a granel

Esqueça aqueles vidrinhos e potes de ervas desidratadas e especiarias que você encontra nos supermercados. Em vez disso, vá à loja de produtos naturais mais próxima, onde você pode comprar o quanto quiser por peso, economizando. Elas costumam ser mais frescas também e muitas são cultivadas organicamente.

As qualidades aromáticas das especiarias moídas tendem a desaparecer com o armazenamento; então, se você comprar grandes quantidades, escolha grãos inteiros e vá moendo de acordo com a necessidade. A maioria das especiarias dura mais quando guardada no escuro, em recipientes a vácuo.


CBCK-Christine/iStock

6. Cultive ervas

Cultive potes de ervas no parapeito da janela da cozinha. Elas duram mais tempo e têm um sabor mais fresco do que as vendidas embaladas.

Veja 5 ervas que você pode cultivar em casa.


Kondor83/iStock

7. Despeje um pouco de vinho

A autora de livros de receitas Elizabeth David escreveu: “Se toda cozinha tivesse uma garrafa de vinho tinto, uma de vinho branco e uma de vinho do Porto barato para cozinhar, centenas de armários de lojas estariam livres, para sempre, do atravanco inútil que são os vidros de molhos comerciais e temperos sintéticos.” Assim, se você tiver um vinho que sobrou de alguma festa, não jogue fora. Congele numa bandeja de gelo e você terá sempre à mão “cubos de vinho” prontos para enriquecer seus molhos de carne, de saladas e ensopados.


AnjelaGr/iStock

8. Festeje o aipo

Ele é excelente para sopas e assados, acrescentando-lhes uma peculiar explosão de sabor. Mas, em vez de cozinhá-lo em excesso, seria melhor adicionar algumas colheres (sopa) de aipo picado no último minuto, de forma que ele fique crocante. Assim, ele acrescentará textura e sabor ao prato.

Eis um toque a mais para um tradicional acompanhamento para a carne de porco, usando aipo picado para fazer um molho diferente: acrescente 2 colheres (sopa) de aipo picadinho e 1 colher (sopa) de raiz-forte em pasta a meio litro de purê de maçã, variando as quantidades de aipo e de raiz-forte a gosto.

Leia como comprar hortaliças de acordo com a estação do ano.