Na hora de cuidar do jardim, não há ajudantes melhores do que as suas ferramentas de jardinagem. Com elas, é possível sulcar a terra, cortar ervas daninhas e aparar arbustos. Entretanto também é necessário saber como cuidar delas propriamente. Aproveite que a primavera está entre nós e conheça meios simples para cuidar das ferramentas!

Entenda como cuidar melhor das suas ferramentas de jardinagem:

Aprenda a cuidar das suas ferramentas de jardinagem com apenas algumas dicas (Foto: haveseen/iStock)

Aprenda a cuidar das suas ferramentas de jardinagem com apenas algumas dicas (Foto: haveseen/iStock)

1. Não deixe a terra grudar nas ferramentas

Quem tem um jardim ou mesmo uma horta pequena em casa, sabe que, com o tempo é possível que a terra passe a grudar nas ferramentas. Existe uma arma secreta para se resguardar contra ferramentas sujas – use um spray de óleo lubrificante, composto de óleos minerais. Borrife uma camada de óleo sobre uma pá ou colher de pedreiro antes de usá-la e você verá que mesmo a terra mais grudenta sairá com facilidade. Borrife as lâminas e o fundo do seu cortador de grama. Dessa maneira a grama molhada não vai aderir a ele. Outra dica é manter um balde com areia na garagem ou no depósito e mergulhar a pá ou a enxada nele antes de guardá-las. Assim, a areia raspará qualquer resíduo de terra ou outras impurezas.

2. Improvise joelheiras de jardinagem

Se você sente os joelhos doloridos após passar horas plantando novas mudas, confeccione suas próprias joelheiras para protegê-los. Corte alguns pedaços de um velho colchonete de acampamento ou de ioga. Isso protegerá os seus joelhos, sem que você precise gastar dinheiro com joelheiras industrializadas. A espuma coberta é resistente, absorve impactos e é fácil de lavar com água e sabão. De maneira idêntica, como alternativa, você pode amarrar um mouse pad em cada joelho.

3. Deixe as ferramentas de jardinagem à vista

Por que os fabricantes de ferramentas de jardinagem fazem os seus produtos com cores que se misturam tão bem como jardim? Talvez por acharem que ao fazer isso venderão mais peças de substituição. Seja mais esperto do que eles. A fim de evitar que as suas ferramentas desapareçam, enrole fita isolante de cores fortes em torno dos cabos.

Mas, ainda que fiquem mais fáceis de encontrar, não deixe ferramentas caras em meio a canteiros de flores, arbustos ou mato alto. Além de ferramentas perdidas no jardim representarem um grande perigo para animais domésticos e crianças, a exposição às intempéries as estragará rapidamente.

4. Faça um suporte simples para ferramentas

Não há nada mais irritante e perigoso do que uma pilha de ferramentas de jardinagem negligentemente jogadas num canto do depósito. Para evitar a bagunça e os riscos, crie um suporte simples. Aparafuse uma ripa de madeira na parede, usando buchas se a estrutura for de tijolo ou concreto. Em seguida, compre um número suficiente de ganchos para ferramentas para acomodar todas elas, com alguns sobressalentes para o caso de você comprar mais.

Escreva ainda o nome da ferramenta acima do respectivo gancho para que você não tenha problemas em encontrar o que precisa.

Veja também: entenda como economizar ao comprar ferramentas elétricas

5. Transporte o lixo facilmente

Em vez de tentar colocar todas as suas podas e aparas no carrinho de mão, faça um trenó a partir de um encerado barato com ilhoses e pontas. Prenda cordas em uma das extremidades de lona de maneira que você possa arrastá-la pelo gramado. Esse método de transporte é especialmente útil para podar cercas vivas.

6. Faça um engenhoso porta-ferramentas

Pegue um pedaço de 25 cm de cano de PVC que tenha mais ou menos 40 mm de diâmetro e enterre-o de maneira que fique de pé no solo perto da extremidade da horta ou do canteiro de flores. Em um instante você se deu de presente um porta-ferramentas que poderá ser usado para manter o ancinho, a enxada ou a pá prontos para uso.

7. Enrole uma mangueira sem ajuda

Se você usa uma mangueira com listras longitudinais, é fácil enrolá-la sem torcer – é só manter as listras em linha reta enquanto a enrola e desenrola. Tire as dobras da mangueira puxando uma das extremidades por cima do gramado; o peso da própria mangueira ajudará a esticá-la e você poderá perceber pelas listras quando ela estiver reta. Deixar uma mangueira enrijecida no sol por uma hora ajudará a torná-la muito mais flexível e fácil de enrolar.

Veja também: como reduzir o consumo de água em sua casa e ajudar o meio ambiente

8. Crie dispositivos para guardar a mangueira

Racks de parede para enrolar e guardar mangueiras costumam ser baratos. Entretanto, se você preferir usar algo que já tenha em casa, experimente as seguintes opções:

  • Corte uma velha cesta de lixo plástica até obter um recipiente de mais ou menos 50 cm de profundidade. Faça buracos na base, enrole e guarde nele a mangueira.
  • Transforme uma velha roda de carro com uma ou duas camadas de tinta de metal verde ou branca e, com a roda deitada no solo, enrole nela a mangueira. Pendure ou encoste numa parede para guardar.
  • Vire um vaso de barro grande e velho de cabeça para baixo e enrole nele a mangueira.
  • Para guardar uma mangueira por um período longo, enfie um prego resistente na parede da garagem ou do depósito. Em seguida, pegue uma câmara de ar de bicicleta que já não sirva mais e pendure-a no prego. Por fim, passe a parte pendente pela mangueira enrolada e pendure-a também no prego.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteudo em primeira mão!