Com variedades de tipos de arroz e outros cereais, bem como feijões e leguminosas de cozimento rápido, você pode servir pratos deliciosos em pouco tempo. Dependendo do tipo de processamento, encontramos arroz do tipo: integral, parboilizado ou branco.

O arroz integral apresenta os grãos descascados mas não polidos, e por isso preserva a camada de farelo rica em nutrientes. Já o parboilizado foi descascado e polido e passa pelo processo de parboilização, que preserva a maior parte das vitaminas e minerais do grão. O arroz branco tem seus grãos descascados e polidos, contendo poucas vitaminas. Além do processamento, o arroz também pode se diferenciar pelo tamanho do grão.

Cereais com tempo de cozimento reduzido

Os cereais ou derivados a seguir levam de 5 a 15 minutos para cozinhar, com um breve tempo de descanso posterior. São saborosos acompanhamentos, podem ser usados em sopas, saladas, gratinados, bolinhos ou panquecas, e são indicados não apenas como base para pratos salgados, mas também para doces.

Leguminosas de cozimento rápido

Ervilhas, feijões e lentilhas secas são de uso múltiplo. A desvantagem é que estas leguminosas (com exceção das lentilhas) precisam ficar de molho antes do cozimento e ainda demandam um tempo relativamente longo para cozinhar. Mas, quando pré-cozidos e/ou congelados, também servem como ingredientes na culinária de preparo rápido. Outra opção são os produtos enlatados ou variedades que demandam pouco tempo de cozimento.

Conheça com detalhes cada um desses cerais e inclua-os no seu cardápio diário.

Karisssa/iStock

Arroz de grão longo

Arroz de grão longo, como o  agulha, apresenta textura solta e granulada mesmo após o cozimento, pois tem menor teor de amido. Outras variedades são o arroz patna e o basmati. A maioria das variedades de arroz de grão longo leva de 15 a 20 minutos para cozinhar.


chorboon_photo/iStock

Arroz de grão médio

Arroz de grão médio é composto por grãos mais curtos e volumosos, que liberam mais amido ao cozinhar do que os grãos longos, motivo pelo qual ficam mais unidos. Um representante deste tipo é o arroz arborio, o mais utilizado na Itália no preparo de risotos, com grãos grandes e ovais. Outras variedades são o vialone, de grãos finos, e o carnaroli. Todas as variedades precisam de 25 a 30 minutos para o cozimento.


insjoy/iStock

Arroz de grão redondo

Arroz de grão redondo, com grãos curtos e arredondados, libera muito amido durante o cozimento, ficando macio e cremoso. Como facilmente fica grudento, é bem indicado para bolinhos, sobremesas e recheios. Pode levar 30 minutos até ele absorver a água e ficar macio.


bhofack2/iStock

Trigo-sarraceno, amaranto e quinoa

Embora não integrem a família das gramíneas, como a espelta (trigo-vermelho) ou o trigo comum, são chamados de “pseudocereais” por sua semelhança com os cereais. Os grãos triangulares do trigo-sarraceno podem ser encontrados descascados ou como farelo ou farinha. Amaranto e quinoa são ricos em proteínas, não contêm glúten e são adequados para pessoas que sofrem de doença celíaca.