Já parou para se perguntar onde o real vale mais? Com o dólar em alta, é comum pensarmos que a nossa moeda é desvalorizada no mundo inteiro. No entanto, essa é uma percepção equivocada. Em diversos países do mundo, inclusive na tão sonhada Europa, o real é mais valorizado que a moeda local.

Ter esse conhecimento pode ser muito útil, especialmente na hora de planejar a sua viagem dos sonhos. Se você está pensando em viajar internacionalmente, é fundamental consultar sites especializados em câmbio para acompanhar a cotação das moedas.

Apesar de o dólar ser a moeda aceita na maioria dos lugares, saber quanto o real vale em outros países pode te ajudar a calcular seus gastos com alimentação, transporte e hospedagem. Depois das passagens aéreas, esses três gastos são os que mais costumam pesar no bolso dos turistas. Além disso, se você for viajar com crianças, é ainda mais importante fazer um planejamento financeiro para não ser pego de surpresa em outros país.

Mas se você é aventureiro e está pensando em fazer um mochilão, sua viagem pode ser ainda mais econômica. Para isso, basta substituir a hospedagem em hotéis por hostels e os passeios de carro por caminhadas, por exemplo. Caprichar na pechincha e colocar em prática cada uma dessas 19 dicas também pode gerar uma boa economia.

Agora que você já sabe se organizar, confira onde o real é mais valorizado e escolha o seu próximo destino!

  • Julian Yu/Unsplash

    1. Índia

    Terra de Buda e Gandhi, a Índia é um dos destinos mais procurados Ásia. O exótico país tem atrações culturais para todos os gostos e por preços bem em conta. Além de o real ser mais valorizado na Índia, o custo de vida não é muito alto. Uma visita ao famoso Taj Mahal sai por apenas R$50 (1.000 rúpias). Cotação atual: R$ 1 = 17,38 rúpias indianas.

  • Luiz Guimarães/Unsplash

    2. Indonésia

    O clima quente e as ilhas paradisíacas tornam a Indonésia um dos países asiáticos que mais desperta a curiosidade dos turistas. Bali, ilha mais famosas do país, já foi cenário de filmes como Comer, Rezar e Amar. Além disso, sua capital foi eleita uma das cidades mais saudáveis para visitar. Na cotação atual: R$ 1 = 3,45 rúpias indonésias.

  • Andreea Popa/Unsplash

    3. Vietnã

    Localizado entre o Sudeste Asiático e o Mar da China, o Vietnã reserva inúmeras opções de diversão para os visitantes. O país é rico em praias, desertos e montanhas, além de ser dono de uma gastronomia bastante singular. Assim como a Índia, tem o custo de vida baixo, o que torna o turismo acessível para todos os bolsos. Cotação atual: R$ 1 = 5585,86 dongs vietnamitas.

  • Humphrey Muleba/Unsplash

    4. Tailândia

    A Tailândia é um destinos mais procurados do Sudeste Asiático atualmente. A culinária singular e as paisagens paradisíacas despertam o interesse de viajantes do mundo inteiro. Por esse motivo, há dezenas de casas de câmbio espalhadas pelo país, o que facilita muito a vida dos turistas. Na cotação atual: R$ 1 = 7,39 baht.

  • Serge Kutuzov/Unsplash

    5. Rússia

    Um dos países europeus onde o real vale mais, a Rússia é um deleite para os fãs de arquitetura e história. Da Catedral de São Basílio até as estações de metrô, o país é rico em construções históricas e luxuosas. Algumas delas, como o Kremlin, estão na Rússia desde a Guerra Fria. Cotação atual: R$ 1 = 15,98 rublos russos.

  • Sander Crombach/Unsplash

    6. Argentina

    Um dos destinos mais acessíveis para brasileiros, nossa vizinha Argentina é um dos países mais interessantes da América do Sul. A capital Buenos Aires é uma daquelas metrópoles que merecem ser visitadas pelo menos uma vez na vida. No entanto, a economia do país anda em baixa e a moeda está bem desvalorizada em relação ao real. Na cotação atual: R$ 1 = 13,35 pesos argentinos.

  • Ernesto Velázquez/Unsplash

    7. Uruguai

    Carregado de nostalgia, o Uruguai é um país pequeno e aconchegante. Em poucos dias é possível conhecer seus principais pontos turísticos, como Montevidéu e Punta Del Este. Apesar de o real ser mais valorizado que o peso uruguaio, turistas brasileiros devem ficar atentos aos preços de hospedagem e alimentação, que podem ser elevados. Cotação atual: R$ 1 = 8,822 pesos uruguaios.

  • Polina Rytova/Unsplash

    8. Albânia

    Pequena e pouco explorada, a Albânia pode surpreender os visitantes. O litoral albanês é considerado um pedaço do caribe na Europa com praias para todos os gostos. Outro grande atrativo do país são os preços baixos. Na Albânia, o custo de vida é cerca de 15% mais barato que no Brasil. Na cotação atual: R$ 1 = 26,11 leks albaneses.

  • Ricardo Gomez Angel/Unsplash

    9. Colômbia

    Mais um país da América do Sul onde o real vale mais, a Colômbia é parada obrigatória para quem deseja fazer um tour pelo continente. O mar caribenho de San Andrés e os pontos turísticos históricos de Cartagena e Bogotá são principais pontos positivos do país. Na cotação atual: R$ 1 = 826,196 pesos colombianos.

  • WeRoad/Unsplash

    10. Nepal

    País do Monte Everest, o Nepal é um dos destinos mais singulares e fascinantes do Sudeste Asiático. Os templos, mosteiros e a cultura extremamente ligada à religião atraem os olhares de turistas do mundo todo. Apesar de a moeda local não ser muito valorizada, alguns serviços, como transporte, podem ser elevados nas regiões centrais. Na cotação atual: R$ 1 = 27,38 rúpias nepalesas.

  • Gyorgy Bakos/Unsplash

    11. Camboja

    Casa dos famosos Templos de Angkor, o Camboja é um país convidativo aos turistas, ainda que pouco explorado. Quem procura belas praias (vazias!) e uma culinária extremamente surpreendente e saborosa, não se decepciona. Além disso, se alimentar bem no Camboja é extremamente barato. Cotação atual: R$ 1 = 967,79 riels.

  • Louie Martinez/Unsplash

    12. Filipinas

    O arquipélago de ilhas com águas cristalinas encanta pelas paisagens paradisíacas. São tantas opções deslumbrantes que o turista pode ficar perdido na hora de montar o roteiro. Os preços de hospedagem, transporte e alimentação no país costumam ser mais baixos que a média dos países vizinhos. Cotação atual: R$ 1 = 12,66 pesos filipinos.

  • Simon Matzinger/Unsplash

    13. Egito

    Quem nunca sonhou em conhecer a terra da Cleópatra e visitar templos históricos? Além da cultura, o custo do turismo no Egito também é convidativo. Uma refeição na cidade do Cairo pode custar cerca de 100 libras (R$21), já ingressos para o sítio arqueológico das pirâmides de Gizé custa 120 libras (R$25 reais). Na cotação atual: R$ 1 = 4,75 libras egípcias.

  • Philipp Klausner/Unsplash

    14. Marrocos

    País exótico e de muitos contrastes, o Marrocos é uma nação vibrante, rico em cores, aromas e sabores. A cozinha marroquina, influenciada pelos povos árabes, franceses e ibéricos, se destaca como um dos principais símbolos do país. Cotação atual: R$ 1 = 2,30 dirhams.

  • Quaid Lagan/Unsplash

    15. África do Sul

    Sede da Copa do Mundo de 2010, a África do Sul caiu nas graças dos turistas. O país oferece belas opções de turismo, entre praias, montanhas e museus. Os preços, no entanto, não são muito convidativos. Por isso, turistas brasileiros devem se planejar bem para viajar tranquilamente. Na cotação atual: R$ 1 = 3,69 rands.

  • Daniel Klein/Unsplash

    16. Sri Lanka

    O grande misto de culturas e religiões dão o tom do Sri Lanka, país famoso pelas antigas ruínas budistas. De forma geral, alimentação, deslocamento e hospedagem são baratos no país e o câmbio é favorável aos visitantes. Cotação atual: R$ 1 = 43,59 rúpias do Sri Lanka.

  • Thomas Griggs/Unsplash

    17. Chile

    Um dos mais deslumbrantes países latino-americanos, o Chile tem grande diversidade natural e reserva passeios para todos os estilos de turistas. Das vinícolas do Valle del Maipo ao Deserto do Atacama, é fácil encontrar atrações que façam a viagem valer a pena. Cotação atual: R$ 1 = 173,85 pesos chilenos.

  • Dan Freeman/Unsplash

    18. Hungria

    Cada vez mais popular entre os turistas, especialmente os jovens, a Hungria é mais um país europeu onde o real vale mais. Com um roteiro bem planejado é possível conhecer as principais atrações do país, incluindo a capital Budapeste, em poucos dias e sem gastar muito. Na cotação atual: R$ 1 = 71,52 florins húngaros.

  • Raphael Andres/Unsplash

    19. Suécia

    País nórdico, a Suécia é uma boa pedida para quem gosta de frio e tranquilidade. Ainda que a moeda sueca não seja muito valorizada, é importante tomar cuidado com os gastos, já que o custo de vida no país é bem elevado. Cotação atual: R$ 1 = 2,33 coroas suecas.

  • Filipe Gielda/Unsplash

    20. México

    Muito além das belas praias de Cancún, o México também preserva uma cultura e história muito rica. Cidades como Mérida e Guadalajara oferecem museus, monumentos históricos e galerias de arte. Cotação atual: R$ 1 = 4,78 pesos mexicanos.

  • Yuriy Garnaev/Unsplash

    21. Noruega

    Terra do sol da meia-noite, a Noruega é rica em belezas naturais de tirar o fôlego, sendo considerada um dos melhores regiões para ver a famosa Aurora Boreal. Mas antes de colocar a Noruega no seu roteiro, é bom fazer uma planejamento de gastos, já que o custo de vida do país é relativamente alto. Na cotação atual: R$ 1 = 2,16 coroa norueguesas.