Faça uma busca
|
Publicado em: 20 de abril de 2020

Videoconferências: 6 dicas para se sair bem em reuniões à distância

Você não precisa parecer menos profissional quando está trabalhando de casa.

Imagem: danijelala/iStock

Se você está descobrindo o Home Office por conta da pandemia da Covid-19, é possível que ainda esteja encontrando a melhor forma para fazer reuniões profissionais diretamente de casa. O “boom” dos aplicativos de videoconferências é um bom termômetro para isso: muita gente está procurando o melhor serviço, o app mais seguro e também como melhorar a qualidade da transmissão.

Mas, para além da parte mais técnica, há alguns pontos  básicos que devem ser levados em consideração e fazem toda a diferença na hora de participar de uma videochamada do trabalho. Afinal, não é só porque você está trabalhando de casa que deve parecer menos profissional – e não estamos falando sobre usar terno e gravata, necessariamente.

Leia também: De vilã a ‘bem essencial’ – como a Internet nos mantém juntos na quarentena

Acompanhe, a seguir, cinco dicas para se sair bem em videoconferências.

  • fizkes/iStock

    1. Vista-se de acordo com o dress code da empresa

    Lembre-se: Home Office não é férias e também não é dia de folga. Portanto, algumas regras sociais, como o dress code da sua empresa, devem ser mantidos em reuniões por vídeo. Se você trabalha em uma dessas empresas “descoladas”, que permitem até bermuda no dia a dia, não é para colocar um terno, é claro. Mas você não deve aparecer sem camisa videoconferência, por exemplo.

    Parte de cima arrumada e parte de baixo com pijama? Tudo bem, mas fique atento para não esquecer e, eventualmente, se levantar durante a chamada – em alguns casos, pode virar piada, em outros, não. Melhor não arriscar, certo?


  • simpson33/iStock

    2. Encontre a melhor iluminação

    Existem muitos benefícios em poder ver e ser visto durante uma reunião de trabalho, já que a linguagem corporal diz muita coisa. Por meio dela, você pode descobrir se o jeito como seus argumentos estão sendo expostos causará o efeito planejado, ou se deveria mudar a sua abordagem para determinado assunto. Da mesma forma, sua equipe ou seu chefe terão mais elementos, além da sua voz, para fixar as informações que estão sendo passadas. Por isso, as reuniões por vídeo são importantes em tempo de Home Office.

    Mas tudo isso se perde se as pessoas não estiverem enxergando corretamente por conta da iluminação. O esforço em ter que adaptar a visão para enxergar você em um quarto escuro ou com uma luz mais intensa no fundo acaba trazendo um desgaste desnecessário para a conferência, e pode até deixar o assunto principal em segundo plano.

    A dica, aqui, é simples: use e abuse da iluminação natural. Encontre uma janela e fique de frente para ela, não de costas. Deixe a luz do dia ser o spotlight que você precisa para aparecer bem no vídeo. Para reuniões à noite, além da luz artificial convencional do seu quarto, escritório ou sala, é interessante comprar um anel de luz que possa servir como iluminador – você consegue encontrar um desses por cerca de R$ 30 em lojas online.

    Lembre-se ainda: a tela do seu computador também é uma fonte de luz. Controle a intensidade do brilho para evitar ficar como um fantasma durante a chamada.


  • Borislav/iStock

    3. Limpe a lente da sua câmera

    Seja no celular, uma webcam ou câmera integrada ao seu notebook, lentes limpas fazem toda a diferença. Utilize uma flanela (ou uma blusa com tecido macio) para tirar poeira e desembaçar as suas lentes antes de começar a reunião. Desse modo, você consegue ter imagens com cores mais reais e maior nível de detalhes.


  • fizkes/iStock

    4. Preocupe-se com o que aparece no fundo do vídeo

    Sim, o fundo importa. Você não precisa de um background super produzido, mas certifique-se de que não há distrações ou objetos que não deveriam estar ali. Aposte em plantas, quadros, objetos de decoração que não fujam muito do seu estilo e estilo da empresa.

    Se não tiver nada disso, torne o ambiente neutro e agradável para estimular a atenção da sua equipe em você e no que você está dizendo durante a reunião.


  • jacoblund/iStock

    5. O microfone do seu fone de ouvido pode ser um aliado

    Em ambientes muito barulhentos, o microfone do seu notebook pode captar muitos ruídos indesejados. Caso você não tenha um microfone externo, uma dica bem simples é substituí-lo pelo microfone dos fones de ouvido que acompanham seu celular. Feitos para atender ligações, eles costumam entregar uma boa qualidade para voz, o suficiente para suas videoconferências, na maioria das vezes.

    Outro conselho sobre áudio: deixe o microfone desligado enquanto outra pessoa está falando. Isso pode evitar ecos ou sobras de frequências que causam ruídos para outros participantes do chat.


  • Ulza/iStock

    6. Avise aos outros moradores sobre a reunião

    Sabemos que em algumas casas não têm espaço suficiente para que um pessoa fique totalmente isolada. A situação é ainda mais complicada quando há crianças por perto. No entanto, é importante avisar quando você está perto de entrar em uma reunião. Desse modo, interrupções desnecessárias – como sua avó te chamando para almoçar – podem ser evitadas.

    Seu filho invadiu a chamada? Tudo bem! Isso tem ficado cada vez mais normal. Há espaço para uma pequena brincadeira, que na maioria das vezes é encarada de forma descontraída. Mas tenha em mente de que continua sendo uma reunião de trabalho.

    Aqui, a dica é ter bom senso. Se a criança continuar por perto, especialmente falando, enquanto você participa da reunião, uma saída é desligar microfone e vídeo – ficando na conversa apenas como ouvinte. Essa atitude facilita a concentração dos demais membros em assuntos importantes.


Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados