A linhaça é chamada de superalimento – e com razão. É impressionante o poder que essas sementinhas guardam. Colhida da planta que produz o linho, a linhaça é importante aliada na luta contra o colesterol alto, doenças cardíacas, sintomas da menopausa e até algumas formas de câncer. Portanto, tenha sempre esse ingrediente na despensa. Veja mais benefícios a seguir.

O que ela tem?

A linhaça é uma fonte abundante de fitoestrogênios chamados lignanas, que atuam como um estrogênio fraco no organismo. As lignanas bloqueiam os receptores de estrogênio nas células. Ou seja, impedem a absorção do estrogênio mais forte (que pode levar ao câncer). Além disso, pode também contribuir para reduzir a incidência de cânceres relacionados a hormônios, incluindo o de ovários, de mama e de próstata. Outros benefícios anticancerígenos atribuídos às lignanas se devem à sua capacidade de reduzir o fator de necrose tumoral; um composto proteico envolvido em processos inflamatórios.

Mas não é só isso. A linhaça é uma fonte abundante de ácido alfalinolênico (ALA), um ácido graxo essencial usado pelo organismo para produzir ácidos graxos ômega-3. Esse ácido deixa o sangue menos viscoso, reduzindo o risco de infarto do miocárdio e AVC. Essas sementinhas também reduzem o colesterol, graças às enormes quantidades de fibras solúveis. Inclusive, uma colher de sopa de linhaça moída salpicada na granola ou no iogurte fornece 2,3 g de fibras. Seu poder anti-inflamatório também pode ajudar a evitar várias condições: de acne a asma. Aproveite e saiba mais sobre prevenção e cuidados com a acne.

Principais indicações

Faz bem saber

Se você é mulher e já passou da menopausa ou tem diabetes, atenção! Pesquisadores do Centro Nacional de Pesquisas do Cairo, no Egito, estudaram os efeitos do diabetes na saúde dos ossos para verificar se a linhaça teria a capacidade de retardar o aparecimento da osteoporose. Eles descobriram que o diabetes aumenta o risco da doença em mulheres depois da menopausa.

Os pesquisadores veem indícios promissores de que a linhaça ajuda na redução da incidência de câncer.

A conclusão, divulgada em 2009, foi a de que o óleo de linhaça melhora a saúde dos ossos, podendo prevenir a osteoporose. O estudo foi conduzido em laboratório com camundongos, daí a necessidade de se realizar estudos com seres humanos para confirmar se os efeitos observados se aplicam às mulheres. Em suma: os benefícios que o óleo de linhaça traz à saúde já estão mais que comprovados. Assim, faz sentido usá-lo (uma ou duas colheres de sopa) para temperar vegetais e saladas na esperança de prevenir a osteoporose, sobretudo se você corre o risco de vir a ter essa doença.

Óleo de linhaça

Assim como as azeitonas são diferentes do azeite de oliva, a linhaça é bem distinta de seu óleo. Embora o óleo de linhaça não contenha lignanas, que seriam úteis no combate ao câncer, ele é composto de 50% a 60% de ácido alfalinolênico (ALA), um ácido graxo ômega-3 essencial. Mas, ao contrário de outros óleos ômega-3 bem conhecidos – como o ácido eicosapentaenoico (EPA) e o ácido docosa hexaenoico (DHA), encontrados nos peixes -, o ALA é de origem exclusivamente vegetal.

O óleo de linhaça é vendido em lojas de produtos naturais. Entretanto, os melhores são feitos com sementes frescas recém-prensadas, envasados em frascos opacos e processados em baixas temperaturas. Por ser muito perecível, precisa ser armazenado sob refrigeração. Mas, atenção! Não use para cozinhar; use-o cru para temperar saladas ou em vitaminas e outras receitas que não vão ao fogo.

Dicas para as compras

Para incluir a linhaça na alimentação, compre-a a granel em lojas de produtos naturais e guarde-a na despensa num pote hermeticamente fechado. Separe a quantidade que for usar no dia e moa no moedor de café, ou triture num mixer. Esse cuidado é necessário porque a linhaça se deteriora com muita facilidade. Mas, se você moer mais do que for usar na ocasião, guarde o que sobrar num saquinho plástico dentro da geladeira e use-a o mais rápido possível.

Alimentos que levam linhaça, como os integrais, também podem te ajudar a ter uma vida mais saudável. Veja como inseri-los no seu dia a dia com essas dicas práticas e eficiente.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteudo em primeira mão!