Chá para diabetes: 5 chás para controlar naturalmente a glicemia





O diabetes é uma doença que requer muitos cuidados e tratamento contínuo. Mas, além dos medicamentos, alguns chás como os de canela, carqueja e pata-de-vaca, podem ajudar muito o organismo a combater esse mal e controlar a glicemia.

Apostar nos remédios naturais é sempre uma boa opção. Mas para que o efeito dos medicamentos e dos chás gerem uma melhoria nítida no funcionamento do corpo, também é preciso que o paciente diabético adote uma alimentação baseada em frutas, legumes e cereais ricos em fibras, e uma rotina diária de exercícios físicos.


Atenção!

Publicidade

Sempre consulte seu médico antes de começar qualquer tratamento, seja ele com métodos naturais ou não. Alguns remédios naturais podem interferir na eficácia de outros medicamentos que você esteja tomando, portanto conversar com o médico é sempre importante.


O uso de chás medicinais no tratamento do Diabetes

Leia também: Saiba a diferença entre os principais tipos de diabetes

No Brasil, é possível encontrar ervas e plantas medicinais com uma certa facilidade, então é comum nas famílias ter sempre alguém que recomenda aquele chazinho que vai fazer você se sentir melhor.

No caso do diabetes, é preciso escolher os chás que controlam a glicemia no sangue. Pensando nisso, nós preparamos uma listinha com algumas receitas que irão ajudá-lo. Confira a seguir como preparar 5 chás para controlar naturalmente a glicemia!

Chá de Canela

Estudos mostram que o consumo da canela em pó ou do chá de canela em pau ajudam a regular os níveis de açúcar no sangue, adequando a glicose. Não é necessário o consumo diário, porque a substância continua fornecendo nutrientes ao corpo dias após o uso, mas é importante tomar o chá ao menos duas vezes na semana. Conheça outros benefícios da canela clicando aqui!

Chá de canela em pau (Avtor/iStock)

Ingredientes:

  • 3 paus de canela
  • 1 litro de água

Modo de preparo:

Em uma panela, coloque a água e a canela em pau e leve ao fogo até ferver. Em seguida, tampe a panela e aguarde ficar morno para ingerir.

Chá de Carqueja

O chá de carqueja é um potente remédio para diminuir os níveis de glicose no sangue. Mas além desse benefício, ela também auxilia no tratamento de má digestão, gripe, azia, má circulação e até doenças mais graves, como anemia e gastroenterite.

Chá de Carqueja (MARINA BOGACHYOVA/iStock)

Ingredientes:

  • 10 gramas de carqueja
  • 500 ml de água

Modo de preparo:

Em uma panela, coloque a água e a carqueja para ferver. Em seguida, deixe a mistura repousar por mais 10 minutos e coe antes de beber.

A recomendação é que o paciente diabético tome até 3 xícaras do chá de carqueja por dia, podendo ser pela manhã, a tarde e a noite.

Chá Mate

Chá Mate (Olha_Afanasieva/iStock)

Popular nas praias cariocas e entre os gaúchos, o chá feito com a erva-mate inibe a produção de glicose no fígado do paciente diabético e diminui a absorção de glicose pelo intestino. Ele pode ser ingerido quente, frio e até com algumas pedras de gelo, se preferir.

Ingredientes:

  • 3 colheres (chá) de erva-mate
  • 500 ml de água quente

Modo de preparo:

Em uma panela, coloque a água com a erva-mate e aguarde ferver. Em seguida, tampe a panela e deixe o chá descansar antes de coar e servir.

É recomendado o consumo de até 1 litro do chá mate por dia para pessoas com a doença.

Publicidade

Chá de Pata-de-vaca

Chá de Pata-de-vaca (taa22/iStock)

Apesar de ainda ter seus efeitos colaterais estudados no ser humano, a pata-de-vaca possui uma proteína que age no organismo de forma semelhante a insulina natural produzida pelo corpo. Por isso, um chá com as folhas da planta pode ajudar muitos pacientes com diabetes.

Ingredientes:

  • 10 folhas de pata-de-vaca
  • 500 ml de água

Modo de preparo:

Para cada xícara de água (100ml), são recomendadas duas folhas de pata-de-vaca. Sabendo disso, coloque em uma panela o meio litro de água e as 10 folhas de pata-de-vaca. Deixe ferver e apague o fogo para repousar. Em seguida, é só coar e beber.

O chá pode ser consumido até duas vezes ao dia, de preferência em jejum ou antes das refeições.

Chá de Camomila

O chá de camomila é muito conhecido por suas propriedades calmantes e digestivas, mas saiba que ele também ajuda a diminuir a glicose no sangue e aumenta o glicogênio no fígado. Com isso, previne-se a hiperglicemia, que é o aumento de açúcar no sangue.

Publicidade
Chá de camomila (ChamilleWhite/iStock)

Ingredientes:

  • 2 colheres (sopa) de camomila
  • 200 ml de água

Modo de preparo:

Para cada xícara de água, adicione uma colher da camomila. Em uma panela, coloque a água e a erva. Deixe ferver e repousar entre 5 e 10 minutos. Após esse tempo, é só coar e beber.

Para diabéticos, é recomendado o consumo do chá de camomila entre duas e três vezes ao dia.

Agora que você sabe como os chás podem ser benéficos no controle do diabetes, está na hora de experimentar seus sabores e conhecer os efeitos.

É importante ressaltar que os chás não devem de forma alguma substituir os medicamentos recomendados pelo seu médico especialista. Eles são indicados como um complemento ao tratamento.

Superdicas