Faça uma busca
|
Publicado em: 5 de março de 2021

Empresa por trás do Google quer transformar humanos em X-Men (ou quase isso)

A Alphabet está desenvolvendo uma tecnologia para proporcionar audição sobre-humana em um projeto chamado Wolverine

Imagem: Reprodução

Você já pensou em poder isolar a fala de apenas uma pessoa em meio a um ambiente barulhento, para se concentrar somente no que ela diz? Ou mesmo ter o poder de escutar e entender um cochicho outro cômodo sem grande esforço?

A Alphabet, empresa que é dona do Google, pode estar desenvolvendo uma tecnologia capaz de tornar possível esses dons sobre-humanos com o projeto de codinome Wolverine, em homenagem ao personagem da série X-Men.

Leia também: A internet está passando por uma revolução interestelar

Assim como ele, os usuários dos dispositivos que vêm sendo testados pela Alphabet teriam sua audição amplificada a ponto de escutar sons em cenários totalmente controversos, como em grande multidões ou em maiores distâncias.

A informação foi obtida pelo site Insider, que afirma ter conversado com fontes internas da companhia. Os informantes não puderam revelar suas identidades, já que o projeto permanece em sigilo. No entanto, eles revelaram que o desenvolvimento desta tecnologia vem ganhando força e está sendo feito de forma mais focada desde 2018 – inclusive com o aval do cofundador do Google, Sergey Brin.

Desafiando as leis da física

O principal problema para os engenheiros da Alphabet no momento é tornar o dispositivo pequeno o suficiente – até porque um aparelho para este fim provavelmente não deverá ficar exposto ou chamar muita atenção. A dificuldade é especialmente devido à quantidade de microfones embutidos para amplificar a audição.

Os protótipos já tiveram diversos formatos e tamanhos, desde um dispositivo que cobre toda a orelha do usuário até um que fica posicionado sobre ela. No entanto, ainda há muito o que ser feito nesse sentido, de acordo com as fontes.

Bem mais do que um dispositivo

O projeto Wolverine tende a ser bem mais do que o lançamento de um dispositivo auditivo. Os rumores indicam que a Alphabet estaria planejando um negócio maior no segmento, podendo lançar diversos aparelhos que rodem a tecnologia de super-audição.

A equipe atual de desenvolvimento conta com profissionais experientes da indústria de tecnologia auditiva, incluindo Raphael Michel, fundador da companhia Eargo, que exerce a função de estrategista de negócios.

Por enquanto, a Alphabet não confirmou nenhuma das informações, mas é possível que tenhamos mais novidades sobre este caso em breve.

Ana Marques
Ana Marques
Jornalista formada pela UFRJ, Ana é entusiasta de tecnologia, dos dispositivos móveis e da inteligência artificial, mas também defensora das relações humanas e das conexões feitas por meio de encontros. Sua relação com a cobertura tecnológica teve início em 2016, no TechTudo, ainda como estagiária. Em 2018, passou a integrar a equipe de Conteúdo do comparador Zoom.com.br, onde foi editora de Mobile (Celulares, Tablets e Wearables) & Eletrônicos até agosto de 2020. Atualmente é autora no Tecnoblog.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados