Faça uma busca
|
Publicado em: 18 de junho de 2021

Inteligência artificial calcula risco de morte por Covid-19

Cientistas de Oxford desenvolveram tecnologia que permite prever impacto do novo coronavírus no organismo.

Imagem:

Cientistas do Centro de Pesquisa Biomédica de Oxford criaram uma plataforma que permite prever o risco de morte por Covid-19 com ajuda de inteligência artificial (IA). A tecnologia foi desenvolvida para rastrear inflamações nos vasos sanguíneos em pacientes infectados com o novo coronavírus.

Leia também: A vacina ButanVac tem testes clínicos em humanos autorizados pela Anvisa

O objetivo da pesquisa é proporcionar o melhor atendimento possível a pacientes de Covid-19 com doenças cardíacas e respiratórias – circunstâncias geralmente relacionadas aos casos de complicação da doença.

A plataforma é capaz de identificar indivíduos com alto risco de ataques do coração por meio de aprendizado de máquina – com a tecnologia, sinalizadores biológicos mostram o nível de inflamação vascular induzida por citocinas em indivíduos doentes.

Ao comparar os resultados de um paciente a uma base de dados enriquecida por RNA de biópsias de tecido humano, a ferramenta é capaz de estabelecer uma pontuação, o que definiria também o risco de morte devido ao processo inflamatório.

A partir dos resultados, os pesquisadores esperam conduzir um tratamento mais assertivo por meio de antiinflamatórios, reduzindo as chances de óbito.

De acordo com os cientistas, a plataforma também seria capaz de identificar quando um paciente tem maiores chances de desenvolver coágulos sanguíneos anormais devido a respostas imunológicas exageradas.

Plataforma está em fase de ensaios clínicos

Apesar de promissora, a técnica ainda está em observação. Atualmente, a tecnologia está sendo testada em ensaios clínicos que poderão atestar ou não sua eficácia.

Além de comprovar o funcionamento da plataforma à base de IA, os cientistas procuram entender o impacto das variantes de Covid-19 à medida em que elas são descobertas.

Ana Marques
Ana Marques
Jornalista formada pela UFRJ, Ana é entusiasta de tecnologia, dos dispositivos móveis e da inteligência artificial, mas também defensora das relações humanas e das conexões feitas por meio de encontros. Sua relação com a cobertura tecnológica teve início em 2016, no TechTudo, ainda como estagiária. Em 2018, passou a integrar a equipe de Conteúdo do comparador Zoom.com.br, onde foi editora de Mobile (Celulares, Tablets e Wearables) & Eletrônicos até agosto de 2020. Atualmente é editora-assistente de Notícias no Tecnoblog, o maior veículo independente de Tecnologia do Brasil.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados