Faça uma busca
Vida digital

Rainha dos feature phones, Nokia relança mais celulares clássicos

Design clássico, bateria de longa duração e jogo da cobrinha são destaques.

Escrito por:

Ana Marques

Redator
Nokia 110 2022 (Imagem: Divulgação/Nokia)
Divulgação/Nokia
Publicado em: Última atualização:

Quando o assunto é celular básico, o famoso “tijolão” da Nokia é imbatível — ao menos no Brasil. Apostando nisso, a HMDB Global, que controla a marca, mantém a estratégia de relançar versões atualizadas de seus telefones clássicos. Com direito a jogo de cobrinha e tudo!

Leia também: Celulares usados são alternativa para economizar em tempos de crise

Nokia 8210 4G e 2660 Flip 

Com o design icônico da Nokia, o modelo 8210 mantém o teclado físico com botões numéricos e de navegação. O celular ganha suporte a redes 4G, bateria removível de 1.450 mAh e uma câmera básica, com resolução VGA.

A pequena tela mede 2,8 polegadas, e a memória interna é de 128 MB, com possibilidade de expansão via cartão microSD de até 32 GB (vendido separadamente). Já a memória RAM é de 48 MB — o suficiente para a proposta do aparelho. Ah, e esqueça o Android: o software é o S30+.

Já o Nokia 2660 Flip traz o design de “abre e fecha” que também fez sucesso nos anos 2000. Ele repete a ficha técnica do 8210, com a adição da tela externa de 1,77 polegada.

Nokia 110 2022 traz o famoso “Snake”

A versão atualizada do Nokia 110 tem o apelo da bateria de longa duração e traz o nostálgico “Snake”, o jogo da cobrinha, para quem está cansado de procrastinar vendo TikTok (e quer outro motivo para deixar a louça acumulando na pia).

Esse telefone também traz teclado físico e função Dual-SIM, mas não tem suporte a redes 4G. A tela é colorida e tem 1,77 polegada, já a câmera básica é mantida com resolução VGA. O sistema operacional também é o S30+.

Quando chega ao Brasil?

Os aparelhos já estão à venda na Europa e na Índia, mas a Nokia ainda não revelou a data de lançamento e os preços dos novos feature phones no Brasil. Apesar disso, é provável que a empresa traga os telefones para o mercado nacional em breve, como fez com outros modelos, como o Nokia 110 2021.

Tem público para isso?

Nada que ameace a dominância dos smartphones, é claro. Mas sim, existe público para os chamados “dumb phones” ou “feature phones” — esses celulares com design clássico que nos remetem ao início dos anos 2000.

De acordo com a IDC, no primeiro trimestre de 2022, o mercado de feature phones movimentou aproximadamente US$ 1 bilhão. Trata-se de 16% da venda total de celulares no mundo.