Provavelmente você já ouviu falar mil vezes sobre a importância de exercícios físicos e outras recomendações comuns para ter uma boa saúde. Além disso, também é fácil procurar no Google a causa de um formigamento e receber milhões de resultados em meio segundo.

Mas algumas esquisitices do corpo humano são um pouco mais misteriosas. Aqui, especialistas ajudam a responder 15 questões menos comuns:

Kirkikis\iStock

1. Que sensação é aquela nas montanhas‑russas em que o estômago parece ir até a boca?

Seus órgãos internos estão mesmo se mexendo! Quando o carrinho chega ao ponto mais alto, desacelera um segundo e depois despenca, o cinto de segurança mantém o corpo no lugar, mas alguns órgãos internos mais soltos, como o estômago e o intestino, “flutuam” um pouco. Ninguém se prejudica ao andar nas montanhas‑russas (tudo volta ao seu devido lugar), mas os nervos percebem o movimento e o registram como se o estômago pulasse até a garganta.

Dr. Maged Rizk

LSOphoto\iStock

2. Por que parece que as mulheres sentem mais frio que os homens?

As mulheres têm um maior percentual de gordura corporal e conserva mais calor no centro do corpo. Isso ajuda a manter os órgãos vitais confortáveis e quentinhos, mas não as extremidades – e quando mãos e pés ficam frios, o corpo também fica.

Além disso, a pesquisa indica que as mulheres têm um limiar mais baixo que os homens para a sensação de frio. Quando expostos à mesma temperatura gelada, os vasos sanguíneos dos dedos femininos se contraem mais do que os masculinos e, por isso, perdem a cor mais depressa.

Kathryn Sandberg

vchal\iStock

3. Por que temos impressões digitais?

Muitos especialistas acham que é para melhorar a capacidade de segurar, mas um estudo britânico sugere o contrário. Os pesquisadores verificaram que as cristas das impressões digitais tornam mais difícil segurar superfícies lisas e planas, como a do acrílico, porque reduzem a área de contato da pele.

Em vez disso, eles acreditam que as impressões podem ajudar a água a escorrer dos dedos ou permitir que a pele se estique com mais facilidade, o que a protege de lesões e bolhas.

Outros cientistas imaginam que as impressões digitais melhorem o tato. O que sabemos com certeza é que não há duas pessoas com as mesmas impressões digitais, nem mesmo gêmeos idênticos.

Dr. Patteson Lombardi

dragana991\iStock

4. Dor nas articulações prevê a mudança do tempo?

Talvez.  Alterações na leitura do barômetro podem ser parte do motivo: a pressão atmosférica cai pouco antes de o mau tempo se instalar.

Essa mudança provocaria a expansão dos tecidos do corpo associada a inchaço e dor. O efeito é pequeno, mas quem tem artrite ou inflamação nas articulações talvez perceba a diferença.

A temperatura também pode causar impacto: em 2007, pesquisadores da Universidade Tufts constataram que a queda de cinco graus na temperatura correspondia a um pequeno aumento da dor nos joelhos de quem tem osteoartrite.

Dr. Leon Benson