À medida que os meses passam, a gravidez começa a se tornar mais um fardo do que um evento maravilhoso. Você pode estar encantada com a ideia de estar gerando uma nova vida, mas seu corpo não parece estar na mesma sintonia. O enjoo é só o começo. Com ele podem vir azia, estrias, dor nas costas, pés inchados e varizes. Por isso é importante tomar alguns cuidados na gravidez para não atrapalhar esse momento único. Afinal, você também tem direito a um pouco de alívio para lidar com esses desafios e tornar a gestação mais prazerosa.

Quando se sentir como um barco à deriva em uma tempestade, experimente essas estratégias simples. Mas enquanto estiver grávida, antes de ingerir qualquer remédio, caseiro ou não, peça orientação ao seu médico.

  • YakobchukOlena/iStock

    Reduza a Fadiga

    1.

    Tire um cochilo de 30 minutos todos os dias. Ao se deitar, lembre-se de deixar os pés mais altos que a cabeça; isso ajuda a diminuir a pressão nas pernas. Não se sinta culpada por precisar descansar. Fazer um bebê é um trabalho duro!

  • DeanDrobot/iStock

    2.

    Faça um pouco de exercícios todos os dias, desde que seu médico consinta. Atividades aeróbicas, como caminhar e nadar, propiciam mais energia. Com certeza o trabalho de parto vai ser mais fácil se você estiver se exercitando regularmente.

  • NikiLitov/iStock

    Alivie os Pés Inchados

    1.

    Melhore a circulação nos pés doloridos alternando banhos quentes e frios para os pés. A água quente atrai o sangue para os pés e a fria envia o sangue de volta. Encha 2 bacias com água — uma confortavelmente quente e a outra, fria. Coloque os pés na água quente por 3 minutos e depois na água fria por 30 segundos aproximadamente. Alterne as abluções 6 vezes, terminando na água fria.

    Depois de banhar os pés, descanse por pelo menos 10 minutos com os pés elevados.

  • nicoletaionescu/iStock

    Azia sob Controle

    1.

    A gravidez faz com que a pressão cada vez maior no abdome force o suco gástrico em direção ao esôfago. Os antiácidos ajudam a neutralizá-lo. Peça ao seu médico que lhe recomende uma marca.

  • Juan José Valencia Antía/Unsplash

    2.

    Coma amêndoas. Os compostos químicos das amêndoas ajudam a manter o suco gástrico no estômago porque fortalecem a válvula que separa o estômago do esôfago. Mas, cuidado: uma amêndoa tem cerca de 10 calorias. Para evitar ganhar peso demais, você vai ter de abrir mão de outro alimento muito calórico para compensar.

  • ivandzyuba/Istock

    3.

    Evite alimentos que relaxam essa válvula, tais como café, sucos cítricos, frituras, hortelã, produtos à base de tomate e álcool em geral.

  • nd3000/iStock

    Combata a Dor nas Costas

    1.

    Evite permanecer longos períodos de pé, particularmente nos últimos meses da gravidez. À medida que o bebê se desenvolve, as articulações da área pélvica cedem e as dores nas costas se tornam mais comuns; ficar muito tempo de pé aumenta a dor.

  • Lordn/iStock

    2.

    Quando você tiver de permanecer de pé por um tempo considerável, tente distribuir o peso por igual sobre os pés. Se apoiar o peso do corpo predominantemente sobre um dos flancos do quadril, você vai acabar sobrecarregando esse lado da coluna lombar.

  • Demkat/iStock

    3.

    Ao sentar, mantenha-se ereta. Pressione a região lombar contra o espaldar da cadeira várias vezes por dia para ajudar a fortalecer os músculos que sustentam as costas.

  • vadimguzhva/iStock

    4.

    Se trabalhar em uma escrivaninha, mantenha os pés ligeiramente elevados em um descanso para pés ou em um banquinho.

  • sanjagrujic/iStock

    Controle a Síndrome do Túnel do Carpo

    1.

    Muitas mulheres apresentam entorpecimento ou formigamento nos dedos durante a gravidez, tipicamente porque a retenção de água causa pressão nos nervos do punho. Para reduzir o desconforto, exercite os braços e os punhos durante 5 minutos a cada hora.

  • AntonioGuillem/iStock

    2.

    Não flexione o pulso na tentativa de controlar o desconforto. Isso só vai piorar as coisas. Compre uma munhequeira em uma drogaria ou loja de produtos médicos para usar ao dormir. Ela evita que você dobre o punho durante o sono.

  • yacobchuk/iStock

    Diga Adeus às Estrias

    1.

    Quase toda grávida adquire estrias. Elas são praticamente inevitáveis, pois a pele tem de se distender para permitir a expansão do abdome e das mamas. A distensão ocorre na camada de colágeno da pele, que fica abaixo da superfície, de forma que os produtos dermatológicos usuais não adiantam. Evitar adquirir excesso de peso é a melhor maneira de garantir o mínimo possível de estrias.

  • Geo-grafika/iStock

    Diga Adeus às Varizes

    1.

    As varizes se formam porque você está produzindo um volume extra de sangue para nutrir o feto. Para mantê-las sob controle, use meias de compressão elásticas até o joelho, vendidas nas lojas de produtos médicos.

  • serezniy/iStock

    2.

    Minimize a aparência das varizes usando compressa fria nas pernas. Misture 6 gotas de cada um dos óleos essenciais de cipreste, limão e bergamota em 1 xícara de destilado de hamamélis. Deixe esfriar na geladeira por pelo menos 1 hora. Com os pés apoiados, embeba um pano no líquido e aplique por 15 minutos. Essa combinação de óleos ajuda a contrair os vasos sanguíneos edemaciados e a reduzir o inchaço.

  • Yingko/iStock

    Combata a Prisão de Ventre

    1.

    Mulheres grávidas são mais propensas à constipação intestinal, e, por isso, devem aumentar a ingestão de fibras. Entre os alimentos com alto teor de fibras podemos citar vagem, pães de grãos e cereais integrais, sementes de linhaça moídas, verduras e brócolis.

  • Chaded2557/iStock

    SOLUÇÕES PARA ENJOOS

    Um Tratamento Saboroso

    1.

    Nada melhor para enjoo da gravidez do que chá de gengibre. A mesma raiz picante é usada para neutralizar o enjoo por movimento. Ferva 30 g da raiz desidratada (encontrada em lojas de produtos naturais) em 1 xícara de água por 15 a 20 minutos, coe e beba aos golinhos.

  • VeraDo/iStock

    2.

    Os chás de camomila, erva-cidreira e hortelã também são famosos por mitigar a náusea. Use 1 a 2 colheres de chá da erva desidratada para cada xícara de água quente. Evite hortelã se sofrer de azia.

  • Bozena_Fulawka/iStock

    3.

    Faça você mesma um chá de folha de framboesa vermelha. A erva é eficiente para uma série de problemas da gravidez, e já demonstrou que relaxa os músculos lisos do útero. Use 1 a 2 colheres de chá da erva desidratada para cada xícara de água quente. Mas como há algumas evidências de que a folha da framboesa pode provocar contrações uterinas, é melhor pedir orientação do médico para tomar esse chá se você está no fim da gestação ou sob risco de aborto.

  • GANCINO/iStock

    4.

    Masque sementes de anis ou erva-doce, que há séculos são empregadas por sua ação calmante sobre o estômago.

  • Eugeniusz Dudzinski/iStock

    Sinta-se Melhor com Vitaminas

    1.

    Estudos demonstraram que a náusea e o vômito associados à gravidez diminuíram em mulheres que tomaram 25 mg de vitamina B6 3 vezes por dia (total de 75 mg por dia) durante 3 dias. No entanto, não tome vitamina B6 ou outras vitaminas quaisquer na gravidez sem o consentimento do seu médico.

  • chameleonseye/iStock

    Acerte o Pulso

    1.

    Experimente usar uma munhequeira de acupressão destinada para pessoas com tendência a enjoar. Disponível nas drogarias, elas aplicam uma pressão constante no ponto de acupuntura para náusea.

  • RasselOK/iStock

    2.

    Se não conseguir encontrar uma faixa dessas, use os dedos para aplicar pressão. Com as palma da mão voltada para cima, localize o ponto, que fica cerca de 3 cm da base da mão, entre os ligamentos do pulso. Pressione esse ponto com o polegar durante 10 segundos. Repita de 3 a 5 vezes ou até que a náusea melhore.

  • stevanovicigor/iStock

    Afogue as Náuseas

    1.

    Água é o melhor remédio! Parece surpreendente, mas as gestantes que bebem 1 copo de água a cada hora têm menos enjoo. Beba também 1 copo de água toda vez que se levantar à noite para ir ao banheiro. Isso ajuda a fazer com que você comece seu dia se sentindo melhor. Se você estiver bebendo água suficiente, a urina vai sair bem clarinha. Se estiver escura, se depositar no fundo ou tiver um odor muito forte, você precisa beber mais água.

  • oxyzay/iStock

    2.

    Se você não consegue ficar com nada no estômago, tome um picolé de fruta. Isso ajuda a repor o açúcar perdido no vômito. E como o picolé de fruta é feito com água congelada, também ajuda a manter você hidratada.

  • Karisssa/iStock

    Quando o Enjoo Tomar Conta…

    1.

    Cheire uma fatia de limão. Algumas grávidas contam que isso ajuda muito, embora não se saiba por quê. Você também pode experimentar beber água com limão ou outra bebida à base de limão.

  • Martysjahlushyk/iStock

    Nada de Estômago Vazio

    1.

    Pela manhã, é possível prevenir a náusea forrando um pouco o estômago antes mesmo de sair da cama. Tenha alguns biscoitos perto da cama e coma alguns assim que acordar.

  • Aksenovko/iStock

    2.

    Faça várias refeições curtas ao longo do dia. Pequenas quantidades de alimento são mais fáceis de tolerar do que uma grande refeição. Na verdade, talvez seja preciso fazer um lanche a cada 1 ou 2 horas com pequenas porções. Manteiga de amendoim sobre fatias de maçã, algumas nozes ou 1 ou 2 fatias de queijo são boas opções.

  • artisteer/iStock

    3.

    Tome suas vitaminas pré-natais com os alimentos para ajudar a mantê-las no estômago. Mesmo um biscoito de água e sal ou cream cracker podem ajudar.

  • Photodjo/iStock

    Afaste-se dos Odores Malignos

    1.

    Se você ficar extremamente sensível aos odores durante esta época, tente ficar em ambientes bem ventilados, longe de cheiros de comida ou de cigarro. E seria bom pedir ao seu companheiro para escovar os dentes com mais frequência, para ajudar a evitar náusea por um eventual mau hálito! Essa sensibilidade geralmente passa por volta da décima segunda à décima quarta semanas… portanto, ânimo! Em breve o tormento vai acabar.

  • Zinkevych/iStock

    Quando chamar o médico?

    Apesar do mal-estar que você está sentindo, o enjoo só se torna motivo de preocupação se nada parar no seu estômago e se você começar a perder peso. Informe o médico se a náusea ou o vômito continuar depois de 4 meses e se os remédios caseiros não estiverem adiantando. Chame o médico imediatamente se estiver vomitando sangue ou uma substância que parece borra de café; se perder mais de 1kg; ou se apresentar vômitos intensos e prolongados que podem causar desidratação e desnutrição.