Faça uma busca
|
Publicado em: 1 de março de 2021

5 coisas que você deve ensinar ao seu cachorro

Estas lições importantes vão gerar bom comportamento a vida inteira.

Imagem: feedough/iStock

Filhotes de cães são fofos e muito divertidos. No entanto, eles também fazem bagunça, choram à noite e roem o que não devem. Eis as coisas mais importantes a ensinar aos cachorrinhos para que cresçam e virem animais amistosos e bem-comportados.

1. Ensine-o a usar o “banheiro”

Observação, paciência e reforço positivo são os segredos para treinar seu filhote na hora de fazer suas necessidades. Em geral, os filhotes querem urinar e defecar quando acordam e depois de comer, beber e brincar. Leve o filhote para onde você quer que ele faça suas necessidades, dê-lhe uma ordem e depois elogie. A constância é importante: mesmo lugar, mesma ordem, mesmo elogio. Os filhotes precisam urinar com frequência; não espere que ele consiga se segurar a noite inteira.

Leia também: Tapete higiênico ou jornal? Veja o que é melhor para o seu cachorro

2. Ajude-o a ser sociável

Os primeiros meses são o período mais importante para a adoção de comportamentos na vida de um cão. A socialização é a apresentação do filhote a uma ampla variedade de experiências, de um modo seguro e positivo. Essas experiências o ajudam a se tornar um adulto confiante e amistoso. Exponha o filhote ao máximo possível de pessoas, lugares e experiências: barulhos fortes, objetos inesperados, veículos, crianças, outras espécies, guarda-chuvas, bicicletas etc. Aulas para filhotes podem ensiná-lo a brincar adequadamente com outros cachorrinhos.

3. Dê treinamento constante

Como os seres humanos, na adolescência, os cães passam por mudanças comportamentais que podem provocar problemas dos 6 aos 18 meses. Mantenha o treinamento, porque trará estímulo mental.

4. Recompense o bom comportamento

Alguns comportamentos divertidos num filhotinho se tornam um problema grave em cães adultos. Tente ignorar o mau comportamento e recompensar o bom. Fique atento ao que constitui recompensa para seu filhote; muitas vezes, eles consideram a atenção uma recompensa, e assim, se prestar atenção no mau comportamento do filhote, você pode reforçar esse comportamento sem querer. Recompense o comportamento calmo e relaxado dando-lhe um petisco de vez em quando ou elogios por se sentar em silêncio. Isso reforçará seu entendimento de que calma e silêncio são bons.

5. Ensine-o a ficar sozinho

Talvez você fique tentado a deixar seu filhotinho fofo seguir você por toda parte ou levá-lo no colo todo dia, mas isso pode torná-lo superdependente e potencialmente ansioso quando ficar sozinho. Permita que ele passe algum tempo a sós. Deixe o cachorrinho num cercado ou caixote, com alguns brinquedos favoritos, para que se sinta em segurança quando você não estiver por perto para supervisionar. 

5 dicas boas para comportamentos incômodos

Ajude o seu cão a se comportar melhor. (Imagem: MirasWonderland/iStock)

Roer

Ofereça brinquedos de roer seguros e indestrutíveis para desestimular o filhote a roer o que não deve.

Destrutividade

Não deixe objetos no chão ou separe o filhote do que você não quer que ele destrua. O que estiver acessível será roído.

Pulos

Ignore seu filhote quando ele pular; faça-o se sentar quietinho para receber atenção.

Tédio

Brinquedos interativos que soltam petiscos ajudam a manter os filhotes ocupados e estimulados.

Latidos/ganidos

Ignore, a menos que haja uma razão para o filhote chorar (fome, vontade de urinar etc.).

POR DRA. KATRINA WARREN

A Dra. Katrina Warren é veterinária em Sydney, na Austrália. Apresentou vários programas de TV sobre animais de estimação na Austrália e no canal Animal Planet, dos Estados Unidos.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


Cadastre-se GRÁTIS para continuar lendo


Você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos

Já tem cadastro? Faça login aqui.

Já sou assinante da Revista Impressa

close