Faça uma busca
|
Publicado em: 30 de janeiro de 2021

Como adaptar seu pet à mudança de casa?

Vai se mudar e está preocupado com seu pet? Saiba como adaptá-lo ao novo lar.

Imagem: ulkas/iStock

Mudar de casa pode ser uma ocasião bastante estressante, especialmente quando pets estão envolvidos na mudança.

Se você é tutor ou tutora de um gato, deve saber que eles têm uma relação toda especial com o ambiente em que moram, e que se apegam ao espaço físico que habitam. Não à toa, os felinos se esfregam em objetos e itens da casa – é um gesto que demonstra posse.

Leia também: Dicas de decoração para quem tem pets em casa

Já para os cachorros, o ambiente também apresenta uma importância significativa, especialmente porque estes animais entendem que o ambiente em que vivem é seu território.

Para que a mudança de casa possa ocorrer da forma mais tranquila possível, separamos aqui algumas dicas para ajudar neste momento:

1. Mantenha a calma durante a mudança

Mudança com pets
Cachorro e gato abraçados no chão

Por mais complicados que sejam a mudança e o seu próprio processo de adaptação à nova moradia, não desconte o estresse no seu pet. Apesar de não entenderem racionalmente o motivo da sua irritação, animais como cachorros e gatos percebem os sentimentos de seus tutores com facilidade, podendo ficar nervosos e irritadiços a partir da energia do ambiente.

2. Procure alterar o mínimo possível a rotina do seu pet

Mudança com Pets
iStock

Como é a rotina do seu bichinho? É fundamental para uma boa adaptação tentar manter os mesmos horários e hábitos na casa nova. Se leva seu cachorro para passear durante à noite, faça o mesmo no novo endereço. Se a caixinha de areia do seu gato ficava na área da sua antiga casa, procure mantê-la no mesmo espaço na casa nova.

3. Leve brinquedos e pertences para a casa nova sem lavar

animais de estimacao
Prystai/iStock

Tanto para cães quanto para gatos, o olfato é um sentido muito importante. Portanto, levar brinquedos e pertences – tais como a caminha e mantas – que já tenham o cheiro do pet ali é uma boa pedida. Com seus pertences por perto, eles se sentem mais calmos e seguros.

4. Atenção ao transporte dos seus pets na mudança

cachorro e gato nos braços de veterinária
FamVeld/iStock

Não se esqueça de escolher caixinhas de transporte adequadas para os seus bichinhos no dia da mudança. Caso não saiba quais e/ou como escolher, converse com um veterinário. Se achar que seu pet precisa de um remédio para se acalmar ou algo do tipo, também entre em contato com um profissional.

5. Dê tempo ao tempo

animais de estimacao
okeanas/iStock

Talvez, de início, seu bichinho estranhe o ambiente e fique ou irritadiço ou arisco, principalmente no caso dos gatos. É necessário ter paciência e compreender que os pets irão se adaptar aos poucos ao novo ambiente, sem esperar que eles aceitem a nova casa como lar de imediato.

Especialmente nesse período inicial, é bacana passar mais tempo brincando e dando atenção a eles, para que se sintam seguros e felizes no novo espaço.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close