Faça uma busca
Casa & Decoração

Qual taça de vinho que devo usar? Confira dicas

Você sabia que o modelo de taça influencia no gosto da bebida?

Escrito por:

Paula Vieira

Redator
taças de vinho
iStock
Publicado em: Última atualização:

O consumo de vinho aumentou no Brasil durante o isolamento social ocasionado pela pandemia de Covid-19. Estando mais tempo em casa, as pessoas passaram a aproveitar melhor a bebida, que consumida com moderação traz ótimos benefícios para a saúde. No entanto, muita gente ainda fica com aquela dúvida sobre qual taça usar para cada tipo de vinho.

Se você planeja comprar um jogo de taças, vale a pena conhecer um pouco sobre elas antes de escolher. Afinal, o modelo pode influenciar no aroma e no sabor do vinho.

Leia também: entenda como beber vinho pode combater o coronavírus

Para facilitar essa missão que é um tanto complicada, listamos as taças ideais para degustar vinho rosé, tinto, branco, espumante e aperitivos. Confira a seguir.

Taça de vinho tinto

taça
A Taça bordeaux é ideal para o vinho tinto (AlexPro9500/iStock)

As taças maiores são as recomendadas para o consumo do vinho tinto e a mais popular se chama ‘bordeaux’, que tem bojo grande, mas vai estreitando na borda. Ela ajuda a concentrar os aromas da bebida e combina com as variedades cabernet sauvignon, tannat, syrah e merlot.

Na falta da bordeaux, o modelo borgonha também é uma ótima opção. Ele tem a boca mais larga, aumentando o contato da bebida com o ar, por isso é recomendada para vinhos como pinot noir e rioja.

Para vinho branco

taça de vinho
Taça de vinho branco deve ser um pouco menor do que a bordeaux (Wavebreakmedia/iStock)

Existe uma grande diferença do vinho branco para o tinto, e as taças também devem ser distintas. O vinho branco é servido gelado, por ser uma bebida mais refrescante. Sendo assim, as taças menores e mais estreitas são as indicadas, porque a troca acontece com mais frequência e o vinho demora mais tempo para esquentar.

Além disso, o modelo facilita o encontro da bebida com a língua, fazendo com que você sinta um sabor mais adocicado e suave.

Taça de vinho rosé

vinho rosé
A taça de vinho branco também cai bem com o vinho rosé (flyparade/iStock)

Assim como os vinhos brancos, os rosés devem ser consumidos gelados. Por isso, a taça ideal é aquela que vai evitar que a bebida esquente rápido, ou seja, precisa ser menor do que a do vinho tinto, mas devem ter bojo largo, que valorizam os seus taninos.

Encontrar taça específica para vinho rosé não é tão comum, mas a bebida cai super bem com uma taça semelhante a do vinho branco.

Taça de espumante

bebida espumante
Taça de espumante são chamadas ‘flutê’ (Vladdeep/iStock)

Apesar dos preços variados, todos os tipos de espumantes, inclusive o Champagne, ficam ainda melhores se consumidos em taças chamadas de ‘flauta’ ou ‘flutê’.

Elas são mais longas e estreitas, assim, o aroma é direcionado para o nariz. O formato faz com que o sabor fique mais ácido e saboroso.

Taça de vinho aperitivo

bebida alcoólica
Taça de vinho aperitivos são pequenas (RHJ/iStock)

Vinhos aperitivos devem ser degustados em doses pequenas, porque eles são bem adocicados e podem acabar se tornando enjoativos. A opção ideal para este tipo costuma ser menor, com bojo mais estreito e mais largo na ponta, como um pequeno cálice.