Faça uma busca
|
Publicado em: 14 de novembro de 2020

Às vezes, no meio de um café…

...Tudo pode mudar!

Imagem: iprogressman/iStock

Às vezes, no meio de um café...

Ou de uma coca zero,

Um cigarro?

Ok, um chocolatinho.

Você não se sente bem.

Muita conta pra pagar.

Precisa trabalhar mais.

Visitar sua mãe.

Dar mais atenção ao seu filho.

Tudo parece ruim.

E aí você dá mais uma golada no café e queima a boca.

Ou morde o lábio de ansiedade mastigando o chocolate.

Ou até mesmo se queima no seu próprio cigarro.

“Putz! Mais isso ainda!”

Você sente o suor molhar a camisa.

Porque tá nublado, afinal.

E lembra que quando era pequeno, o seu avô explicou que os dias nublados são quentes porque fazem uma “coberta no céu”.

Um pequeno sorriso se manifesta no canto da boca.

E aí você percebe que os dias nublados são bonitos,

Porque o seu coração é bonito.

Alguém tropeça na rua e quase cai e você ri internamente

Porque sabe que facilmente poderia ser você.

E graças a Deus você tem trabalho,

Mãe pra visitar,

Filho pra amar.

Dinheiro pra pagar a sua bebida, que seja.

E a do morador de rua que te pediu uma.

Você se dá conta que a vida é triste se você olhar triste.

Mas tem coisas lindas nas entrelinhas.

Seu avô deve estar sorrindo no meio do céu nublado.

E você também sorri, satisfeito.

Tudo acontece em mais ou menos 10 minutos.

E em apenas um café tudo muda.

Marina Estevão
Marina Estevão
Formada em Jornalismo pela PUC-RJ, sua paixão é escrever sobre o que vive, o que vê e o que sente. Afinal, toda história tem vários lados, o que muda é a forma de contá-la – sempre de bom humor.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close