Faça uma busca
|
Publicado em: 6 de março de 2020

Empresas de tecnologia apoiam mulheres na luta por representatividade

Microsoft, Google, Intel e Apple têm projetos para combater desigualdade de gênero no mercado de trabalho.

Imagem: alphaspirit/iStock

O dia 08 de março é conhecido internacionalmente pelas lutas das mulheres em busca de direitos iguais na sociedade. Traçando um paralelo com o mercado de tecnologia, ainda há bastante coisa para mudar nesse sentido: de acordo com dados do IBGE, as mulheres ocupam apenas 20,6% das posições de liderança no setor, o que evidencia a desigualdade de gênero acima da média nacional – de forma geral, no Brasil, esse número é de 41,8%.

Além de uma dívida social histórica, que é um dos grandes motivos para a menor participação de mulheres na área, as que conseguem alcançar cargos de maior prestígio ainda têm que lutar contra a desigualdade salarial. Isso porque, em média, apesar de terem maior tempo de estudo, as mulheres ainda recebem cerca de 30% menos que os homens.

Leia também: Machismo na tecnologia impulsiona iniciativas de mulheres em programação

Para melhorar esse cenário, grandes empresas de tecnologia já investem em programas para ampliar a participação de mulheres no mercado. É o caso das gigantes Microsoft, Google, Intel e Apple, que realizam diversos eventos de capacitação e incentivo dentro e fora do Brasil. A seguir, conheça um pouco mais sobre essas iniciativas.

Fundo WE (“Women Entrepreneurship”) - Microsoft

mulheres líderes
Mulheres líderes como inspiração para novas gerações. (Imagem: jacoblund/iStock)

O “Fundo WE” (empreendedorismo feminino), anunciado em novembro de 2019, se propõe a fazer aportes de R$ 500 mil a R$ 5 milhões em startups de base tecnológica – a condição é que essas empresas tenham pelo menos uma mulher como sócia. O objetivo do projeto é auxiliar no desenvolvimento de iniciativas disruptivas. Além disso, a Microsoft visa contribuir para a criação de líderes mulheres que sirvam de inspiração para as próximas gerações.

“Será um impacto de longo prazo que provavelmente reverberará para as gerações futuras. À medida que um número maior de startups lideradas por mulheres ganharem mais experiência, elas irão estimular outras mulheres a fundarem, realizar mentoria ou financiar novos empreendimentos”, explica Franklin Luzes, vice-presidente da Microsoft Participações.

Women Will - Google

O Google também tem projetos voltados para o empreendedorismo feminino. A iniciativa Women Will consiste em treinamentos on-line e off-line em ferramentas digitais e desenvolvimento de autoconfiança para ajudar mulheres na criação oportunidades econômicas. A empresa acredita que investir em capacitação de mulheres é uma das melhores formas de fazer o Brasil prosperar.

mulheres líderes
Capacitar mulheres para serem líderes de equipes. (Imagem: :fizkes/iStock)

A próxima edição do Cresça com Google - Women Will acontece no dia 13 de março, em São Paulo, no Ginásio do Ibirapuera. A expectativa é capacitar 10 mil mulheres gratuitamente. As inscrições são feitas por meio do site do programa.

#MulheresPodem - Intel e PrograMaria

O #MulheresPodem é uma iniciativa apoiada pela Intel que aborda os desafios das mulheres na tecnologia, e conta com a parceria do projeto PrograMaria, que teve seu primeiro encontro em 2018, e com mais de 150 participantes.

O calendário deste ano do #MulheresPodem foi inaugurado com a terceira edição do PrograMaria Encontros, na última quinta-feira, 05 de março, e contou com a presença da diretora geral da Intel no Brasil, Gissele Ruiz Y Lanza. Para 2020, há ainda mais três ações previstas nos meses de junho, setembro e outubro. Saiba mais informações no site oficial.

Crie com elas (“She Creates”) - Apple

A Apple realizará, durante todo o mês de março, ações em lojas do mundo inteiro (inclusive do Brasil) com o objetivo de incentivar a produção de conteúdo por mulheres. Por aqui, as participantes poderão fazer experimentos em um laboratório de Realidade Aumentada, assistir a um workshop de Retratos Criativos e ainda produzir de um remix da música “Underdog”, da Alicia Keys, utilizando o app Garage Band. Todas as ações serão feitas com produtos da marca, emprestados durante as sessões.

A iniciativa ocorre no Morumbi, em São Paulo, e no Village Mall, no Rio de Janeiro. As inscrições podem ser feitas no site do “Crie com elas”.

Especial: Mulheres & Tecnologia | 8 de Março, Dia Internacional da Mulher

Em março, a coluna Vida Digital traz matérias especiais relacionadas a mulheres e sua luta por igualdade de direitos entre os gêneros. As reportagens serão relacionadas à área de tecnologia, com foco em empreendedorismo, capacitação e representatividade. Acompanhe no site da Revista Seleções, toda sexta-feira, a partir das 10 horas.

Ana Marques
Ana Marques
Jornalista formada pela UFRJ, Ana é entusiasta de tecnologia, dos dispositivos móveis e da inteligência artificial, mas também defensora das relações humanas e das conexões feitas por meio de encontros. Sua relação com a cobertura tecnológica teve início em 2016, no TechTudo, ainda como estagiária. Em 2018, passou a integrar a equipe de Conteúdo do comparador Zoom.com.br, onde foi editora de Mobile (Celulares, Tablets e Wearables) & Eletrônicos até agosto de 2020. Atualmente é editora-assistente de Notícias no Tecnoblog, o maior veículo independente de Tecnologia do Brasil.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close