Faça uma busca
|
Publicado em: 1 de maio de 2020

Inteligência artificial cria músicas inteiras, com voz e letras próprias

Empresa americana OpenAI anuncia "Jukebox", software de código aberto que compõe canções completas baseadas em banco de dados.

Imagem: freestyle images/Shutterstock

Se já estava difícil para muitos músicos ser um destaque em meio a tantas opções de artistas do mesmo gênero no mercado fonográfico, a tecnologia acaba de dar um passo para complicar ainda mais as coisas no futuro: a empresa americana OpenAI anuncia o "Jukebox", sistema de inteligência artificial (IA) que é capaz de criar canções originais completas.

Você deve estar se perguntando: "mas isso já não existe?". Sim, existe, em softwares distintos. No entanto, a OpenAI, que tem como um de seus fundadores e vice-presidente o polêmico empresário Elon Musk, apresentou o que parece ser um dos mais avançados sistemas do mundo, permitindo até a criação de vozes e letras por conta própria.


Leia também: De Black Mirror a Star Wars: CES 2020 estreita limites entre realidade e ficção


https://soundcloud.com/openai_audio/sets/jukebox-samples-novel-lyrics

As músicas – você pode ouvir algumas diretamente no SoundCloud da OpenAI, no player acima – variam do Jazz ao Pop, passando pelo Country, Hip-Hop e Folk Rock.

O Jukebox é capaz de criar canções completamente novas seguindo influências dos mais diversos gêneros e até replicando o estilo vocal de muitos deles. Além da melodia da voz, o software é responsável pelo ritmo e pela harmonia instrumental, ou seja, o conjunto inteiro da obra.

A ferramenta ainda tem limitações, é claro. Nas amostras divulgadas pela OpenAI não há nenhum refrão "chiclete" o suficiente para fixar na mente, ou pontes épicas, daquelas que tocam a alma de tão poderosas e emocionantes. Além disso as influências utilizadas para que o modelo aprendesse os padrões de estrutura de áudio ainda estão bem presentes ali, em algum lugar – você consegue perceber a essência da Céline Dion e de Frank Sinatra, claramente. Mas verdade seja dita: é bem impressionante ouvir máquinas cantando letras inteiramente novas e minimamente coerentes.

(Imagem: Andrey Suslov/iStock)

De acordo com o relatório fornecido pela OpenAI, o modelo generativo pode se tornar mais controlável ao receber sinais de condicionamento adicionais durante o treinamento. Como trata-se de um software de código aberto, a expectativa é de que o projeto encontre outros interessados ao redor do mundo, e mais testes aconteçam de forma a aprimorar a tecnologia que existe por trás do Jukebox.

Esse não é primeiro passo da OpenAI no ramo musical. A empresa já havia revelado o MuseNet, que é capaz de criar sozinho faixas instrumentais completas em MIDI, com a duração de músicas comerciais. Você pode ouvir abaixo.


https://soundcloud.com/openai_audio/sets/musenet

Infelizmente, o Jukebox ainda não está disponível para criação de músicas como um software normal, já que ele leva cerca de nove horas para renderizar um único minuto de música. Mas você pode ouvir as diversas amostras disponibilizadas pela OpenAI diretamente do seu navegador, clicando nesse link.


Via: The Next Web | Fonte: OpenAI

Ana Marques
Ana Marques
Jornalista formada pela UFRJ, Ana é entusiasta de tecnologia, dos dispositivos móveis e da inteligência artificial, mas também defensora das relações humanas e das conexões feitas por meio de encontros. Sua relação com a cobertura tecnológica teve início em 2016, no TechTudo, ainda como estagiária. Em 2018, passou a integrar a equipe de Conteúdo do comparador Zoom.com.br, onde foi editora de Mobile (Celulares, Tablets e Wearables) & Eletrônicos até agosto de 2020. Atualmente é editora-assistente de Notícias no Tecnoblog, o maior veículo independente de Tecnologia do Brasil.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close