Faça uma busca
|
Publicado em: 10 de novembro de 2021

Bibliotecária cria projeto para doar 1 milhão de livros para crianças carentes

Conheça a história inspiradora de Jennifer Williams.

Imagem: Cortesia de Jennifer Hoge Williams

Foi a mãe de Jennifer Williams que a viciou em livros. Bibliotecária, ela lia todo dia para os três filhos. “Até irmos para a universidade”, disse Williams ao site local de notícias.

Quando se tornou professora do ensino fundamental em Danville, no estado americano da Virgínia, Jennifer, hoje com 54 anos, quis que os alunos se apaixonassem pela leitura como ela. Mas logo percebeu que algumas crianças tinham pouco acesso a livros.

“Para os professores de crianças pequenas, é muito óbvio quais leem e quais não leem”, disse ela. “Fica evidente no fim do primeiro dia de aula.” Para Jennifer, a solução era simples: dar livros às crianças. Em 2017, como parte de um evento cívico chamado Engage Danville, ela doou 900 livros infantis usados em três dias. A maioria ficaria satisfeita com isso. A maioria.

“Pensei: qualquer um pode fazer isso”, disse ela. “Quis fazer alguma coisa que aumentasse minha fé, minha ética no trabalho, meu tudo.” 

Um trabalho transformador

Assim, ela elevou o padrão com uma nova meta: doar um milhão de livros. Parece um número inalcançável, mas, como Jennifer publicou no Facebook, “não reclame na arquibancada se não estiver disposto a se esforçar em campo”. 

Ela começou pedindo aos amigos que doassem livros ou dinheiro para comprar livros. Com a divulgação do projeto de Jennifer, não demorou para desconhecidos deixarem pacotes de livros em sua varanda. Com a mesma rapidez que os livros chegam, Jennifer os doa a escolas locais e também fornece livros a pequenas bibliotecas gratuitas da cidade de 41 mil habitantes, perto da divisa com a Carolina do Norte. Ela também promove um clube do livro para os presos da cadeia local. 

Nos quatro anos em que faz tudo isso, a Moça dos Livros, como Jennifer passou a ser conhecida, doou mais de 78 mil livros; só faltam 922 mil para atingir a meta! E ela não vai parar. É importante demais para as crianças com poucas opções.

“Ler pode nos levar a qualquer lugar”, disse ela à CNN. “Você viaja no tempo e no espaço. Quem sabe ler pode aprender quase tudo.”

Por Andy Simmons 

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close