Faça uma busca
|
Publicado em: 29 de abril de 2021

15 cidades-fantasma espalhadas pelo mundo

Desocupadas por diversos motivos, algumas delas ainda contam com visitas guiada

Imagem: svedoliver/iStock

O mundo é cheio de cidades-fantasma repletas de histórias. Os motivos pelos quais elas são inabitáveis são diversos. Algumas, no entanto, ainda contam com visitas guiadas, mediante protocolos de segurança. 

Leia também: 11 cidades históricas que você precisa conhecer no Brasil

As cidades-fantasmas podem ser inspiração para ficção, ou mesmo se tornarem protagonistas de suas próprias histórias contadas em livros, documentários, TV e cinema. Elas são um retrato, por vezes recente, carregado de momentos históricos. 

Conheça algumas das cidades-fantasma pelo mundo e entenda o porquê delas não serem mais habitadas.

15 cidades-fantasma espalhadas pelo mundo

1. Pompeia, Itália 

Cidades-fantasma
(Imagem: sorincolac/iStock)

A cidade de Pompéia, localizada na região de Campânia, no sul da Itália, foi uma cidade romana muito próspera. Pompéia foi soterrada em 79 d.C., por cinzas e pedras-pomes após a erupção do Monte Vesúvio. Hoje, o local possui escavações bem conservadas que podem ser exploradas por visitantes de todo o mundo.

2. Oradour-sur-Glane, França

Cidades Fantasmas
(Imagem: Javier Romero/iStock)

Essa aldeia francesa se tornou um museu, em memória à Segunda Guerra Mundial, quando 642 pessoas, entre homens, mulheres e crianças, foram massacrados pelo exército Nazista. Apenas uma mulher sobreviveu ao ataque. 

3. Varosha, Chipre

Cidades Fantasmas
(Imagem: aBerkin/iStock)

A cidade era um famoso ponto turístico de Famagusta. Em 1974 a cidade foi invadida pelos turcos e seus habitantes saíram da cidade fugindo da invasão. Após esse período, a cidade permaneceu abandonada por anos. Apenas em 2020 sua praia foi aberta, coordenada por autoridades turcas.

4. Kolmanskop, Namíbia

Cidades Fantasmas
(Imagem: miroslav /iStock)

Localizada no deserto de Namíbia, na região central do país, esta cidade está inabitada desde 1954. Ela foi construída em 1908, por mineiros alemães que exploravam as minas de diamantes locais. Após a I Guerra Mundial, os exploradores alemães começaram a abandonar a cidade, quando houve o esgotamento das minas.

5. Dallol, Etiópia

Cidades Fantasmas
(Imagem: Mara Duchetti/iStock)

Em Dallol habitava uma aldeia de mineradores de sal. A cidade foi abandonada na década de 1960 e desde então segue abandonada. O local é conhecido por ter a maior temperatura anual média já registrada, chegando a 35ºC.

6. Pripyat, Ucrânia  

Cidades Fantasmas
(Imagem: Tijuana2014/iStock)

Cidade assolada pelo acidente nuclear de Chernobil, Pripyat está localizada no norte da Ucrânia e foi atingida pelo maior desastre nuclear de todos os tempos. O desastre aconteceu em abril de 1986, apenas 16 anos após a cidade ser fundada para abrigar os trabalhadores da Usina Nuclear de Chernobil.

7. Tawergha, Líbia

Cidades Fantasmas
(Imagem: Karimphoto/iStock)

A cidade se tornou fantasma em 2011, quando foi esvaziada pela milícia do Conselho Nacional de Transição Líbio no no da morte de seu ditador, Muammar Kadafi.

8. Kayakoy, Turquia

Cidades Fantasmas
(Imagem: yusuf-cap/iStock)

Esta cidade foi abandonada no final da guerra Greco-Turca, na década de 1920. Desde então a cidade não voltou a ser habitada e segue como uma das cidades-fantasma pelo mundo. 

9. Pyramiden, Noruega

Cidades Fantasmas
(Imagem: SindreEspejord/iStock)

A cidade foi criada em 1910 pela Suécia e vendida para a Rússia em 1926. A cidade foi usada pela Rússia como uma forma de provar que o modelo de vida comunista daria certo. Um dia, no entanto, os moradores receberam um comunicado de que deveriam fazer as malas e esvaziar a cidade.  

10. Chaitén, Chile

Cidades-Fantasma Chaitén, Chile
(Imagem: mihtiander/iStock)

Chaitén passou por uma evacuação após o vulcão localizado na cidade entrar em erupção após 9 mil anos de inatividade. Uma semana após ser evacuada, a cidade foi inundada e passou dias submersa. Desde então, segue sendo uma das cidades-fantasma do mundo.

11. Hashima Island, Japão

Cidades-Fantasma Hashima Island, Japão
(Imagem: linegold/iStock)

Construída pela Mitsubishi, na Revolução Industrial Japonesa, ao redor de uma mina de carvão, esta ilha foi habitada até a década de 1970, quando o Japão decidiu encerrar os trabalhos de mineração de carvão, tirando a funcionalidade da ilha. 

12. Craco, Itália

Cidades-Fantasma Craco, Itália
(Imagem: tupungato/iStock)

Craco foi abandonada após um deslizamento de terra. O que antes era um Centro Histórico, hoje se tornou uma cidade-fantasma e destino turístico, além de paisagem para filmagens e fotografias. 

13. Bodie, Estados Unidos

Cidades Fantasmas Bodie, Estados Unidos
(Imagem: Richard Vinson/iStock)

Bodie é uma das cerca de 6 mil cidades-fantasmas no oeste dos Estados Unidos. Essas cidades foram construídas na “corrida do ouro” e em seguida abandonadas. Bodie chegou a ser a maior das cidades, com grande infraestrutura. 

14. Humberstone, Chile

Cidades-Fantasmas, Humberstone, Chile
(Imagem: jarcosa/iStock)

A cidade foi fundada para mineração de nitrato de potássio. Com a Grande Depressão de 1929 e diminuição da procura por minério, a cidade foi se esvaziando lentamente até entrar no rol das cidades-fantasmas. A cidade e suas construções foram declaradas patrimônio da Humanidade em 2005, pela Unesco. É possível fazer tours pela cidade.

15. Belchite, Espanha

Cidades-Fantasmas, Belchite, Espanha
(Imagem: Cristian-Viciana/iStock)

Uma cidade em crescimento antes da década de 1930, Belchite foi totalmente destruída durante a Guerra Civil Espanhola, na Batalha de Belchite. Ao invés de reconstruir a cidade, o Franco espanhol optou por manter as ruínas em memória da Guerra.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados