Faça uma busca
|
Publicado em: 7 de setembro de 2021

Independência do Brasil: 10 livros para entender a história

Entenda mais sobre os processos que culminaram na proclamação da Independência do Brasil com a leitura das nossas indicações

Imagem: Reprodução/Acervo Museu do Ipiranga/Pedro Américo

Hoje, 7 de setembro, celebramos o dia da Independência do Brasil. Desde o brado de "Independência ou morte!" proferido pelo imperador D. Pedro I, às margens do Rio Ipiranga, em São Paulo, nosso país se tornou oficialmente uma nação soberana, deixando de ser uma colônia portuguesa.

No entanto, é importante saber que este processo não ocorreu de forma simples ou mesmo pacífica: foram muitos os fatores envolvidos no processo da Independência nacional. Para entender melhor e com mais profundidade as muitas questões envolvidas neste acontecimento, separamos aqui 10 sugestões de livros com diferentes abordagens, para que você se informe com qualidade.

Leia também: 15 livros de literatura brasileira que você precisa ler

Confira nossas sugestões de leitura abaixo:

Crise colonial e independência (1808-1830), de vários autores

Independência do Brasil
Imagem: Reprodução/Divulgação

Como parte da coleção "História do Brasil Nação: 1808-2010", composta por seis volumes e dirigida pela antropóloga, historiadora, escritora e editora Lilia Moritz Schwarcz, o livro "Crise Colonial e Independência (1808-1830)" propõe uma análise crítica e reflexiva sobre os períodos imediatamente anterior e posterior à Independência do Brasil, focando em diferentes aspectos do Brasil à época, como economia, cultura, política etc. O livro reúne textos inéditos de Alberto da Costa e Silva, Lúcia Bastos Pereira das Neves, Rubens Ricupero, Jorge Caldeira e Lilia Moritz Schwarcz, sob a coordenação de Alberto da Costa e Silva.

Dicionário da Independência: 200 anos em 200 verbetes, de Eduardo Bueno

livros sobre a Independência do Brasil
Imagem: Reprodução/Divulgação

Temos aqui um livro com uma forma diferente e divertida de contar a história: um dicionário. O turbulento processo que resultou na separação do Brasil de Portugal pode ter se dado por meio de ações, mas se concretizou por meio de palavras. Afinal, foram três as palavras principais do dia 07 de setembro de 1822: “Independência ou morte!”

Independência ou morte: a emancipação política do Brasil, de Ilmar Rohloff e Luis Seigneur

Imagem: Reprodução/Divulgação

Como parte da coleção "História do Brasil em documentos", esta obra parte da reprodução comentada de documentos de época - textos oficiais, cartas, letras de música, artigos de jornal e fotos, entre outros - para expor como se organizava a vida do Brasil à época da Independência e como os processos que culminaram neste evento foram se formando e por quais influências.

A Independência do Brasil, de Iara Lis C. Souza

Imagem: Reprodução/Divulgação

Nesta obra, a autora Iara Lis C. Souza busca traçar um panorama do que era o Brasil no período da Independência, como as diferentes regiões que integravam o país se tornaram apenas uma nação, o que se tornou mito e o que era realidade em relação a este processo tão conturbado.

A Independência do Brasil e a experiência hispano-americana (1808-1822), de João Paulo Pimenta

Imagem: Reprodução/Divulgação

Nesta obra, são analisados os muitos modos pelos quais os processos políticos em curso na América espanhola, nas primeiras décadas do século XIX, cruzaram fronteiras e chegaram ao Brasil, onde exerceram forte impacto. O livro aborda o surgimento de uma nação independente e organicamente inserido em um panorama revolucionário continental e mundial. Aqui, a ideia de excepcionalidade brasileira cede lugar à de integração.

Independência e morte: política e guerra na emancipação do Brasil (1821-1823), de Helio Franchini Neto

Imagem: Reprodução/Divulgação

Neste ensaio, é realizado um panorama da situação sociopolítica nacional e é narrada, com detalhes, a história da turbulenta separação entre a colônia e o reino. Na leitura desta obra de Helio Franchini Neto, é possível compreender melhor, entre outros aspectos, como se construiu um Estado que, em contraste com o que ocorreu com a América hispânica, conseguiu manter a unidade do espaço territorial herdado do período colonial.

A Independência do Brasil (1808-1828), de Márcia Berbel

Imagem: Reprodução/Divulgação

Nesta obra, a historiadora Márcia Berbel investiga o processo de independência política do Brasil, analisando principalmente duas contradições centrais. Primeiramente, a manutenção das relações escravistas em um mundo que tendia à industrialização e necessitava de mão de obra assalariada. Em segundo lugar, a proposição do regime imperial, quando as ideias liberais sobre a formação da nação ganhavam peso em todos os processos americanos de independência.

O "nascimento político" do Brasil: as origens do Estado e da nação (1808-1825), de Andréa Slemian e João Paulo Pimenta

Independência do Brasil: fatos históricos
Imagem: Reprodução/Divulgação

Nesta obra, a história do Brasil do início do século XIX, da chegada da família real portuguesa aos anos seguintes à Independência, apresenta-se devidamente inserida no panorama mundial da Era das Revoluções; relacionada ao colapso do Império português e à independência das colônias da América espanhola. Os autores indicam como as diversas regiões que iriam integrar o Império do Brasil imprimiram marcas muito diferenciadas ao longo do processo de sua formação. Analisa também como o “nascimento político” nacional se refere a uma etapa decisiva da própria formação da nação brasileira.

Memórias póstumas do burro da Independência, de Marcelo Duarte

Independência do Brasil: fatos históricos
Imagem: Reprodução/Divulgação

Com uma abordagem bastante diferenciada e bem-humorada, "Memórias póstumas do burro da Independência" narra a história do dia da declaração da Independência, de um ponto de vista bastante inusitado; alguém que estava lá e participou desse momento memorável: o burro de D. Pedro I! E se você acha que ele estava montado em um cavalo, então, prepare-se para ter muitas surpresas.

Oliveira Lima e a longa história da Independência, de vários autores

Independência do Brasil: fatos históricos
Imagem: Reprodução/Divulgação

Nesta coletânea, a obra do historiador pernambucano Oliveira Lima é revisitada. Nos textos, são analisadas as sociedades brasileira e portuguesa à época e comentadas, criticamente, muitas intrigas políticas e diplomáticas que permearam o movimento da Independência e o reconhecimento do Império. Ideal para quem busca um panorama mais amplo das relações entre Brasil e Portugal no século XIX; especialmente no período que vai de 1808 a 1834.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close