Faça uma busca
|
Publicado em: 17 de fevereiro de 2021

Quaresma: entenda a origem desta data

A observação da Quaresma é uma época do ano muito importante para algumas vertentes do cristianismo.

Imagem: arkira/iStock

A Quaresma é uma solenidade muito importante para os cristãos. Tendo o seu início na Quarta-feira de Cinzas, que acontece após a terça-feira de Carnaval, ela dura quarenta dias e termina no Domingo de Ramos, quando começa a Semana Santa. 

Tida pelos católicos como um dos períodos mais importantes do ano litúrgico, a Quaresma é uma preparação espiritual que muitos fiéis fazem para a Páscoa, que, segundo o cristianismo, foi quando Jesus Cristo ressuscitou após ter sido crucificado. 

Leia também: A difícil realidade dos jovens separados pela religião

A Quaresma também é conhecida como um período de penitência. Isso porque parte da sua preparação consiste justamente em realizar pequenas penitências a fim de buscar a purificação e elevação espiritual. Isso faria com que o fiel se tornasse mais próximo de Deus. 

Comum aos cristãos católicos, ortodoxos, luteranos e anglicanos, a Quaresma não é um ritual seguido pelos evangélicos, mesmo estes tendo sua vertente cristã derivada do luteranismo.

As origens da Quaresma

Quaresma
A Quaresma um dos períodos mais importantes do ano litúrgico católico. (Imagem: Chad Elberson/iStock)

A Quaresma tornou-se uma prática obrigatória em algumas vertentes do cristianismo durante o século IV. Isso aconteceu porque a igreja decidiu que os três dias de preparação para a Páscoa, a celebração mais importante da crença cristã, não eram suficientes. 

Portanto, foi decidido que em vez dos três dias habituais, a preparação para a Páscoa passaria a contar com quarenta dias. Com isso, a Quaresma passou a existir e virou este evento imprescindível para muitos praticantes da fé cristã. 

Os quarenta dias não foram escolhidos aleatoriamente. O número quarenta possui alguns significados simbólicos. Um deles tem a ver com o dilúvio, que teria durado quarenta dias e quarenta noites. Outro desses significados religiosos tem a ver com o perdão dado por Deus ao povo da cidade de Nínive, que em retribuição fizeram uma penitência por quarenta dias. 

Até mesmo Jesus Cristo tem suas relações com o número quarenta. 

Ao nascer, Jesus foi levado por Maria e José ao Templo para ser apresentado ao Senhor quarenta dias após o seu nascimento, período determinado pela lei judaica para quando uma mulher desse à luz a um filho homem.

Além disso, quando Jesus se preparava para cumprir sua missão entre os homens, jejuou durante quarenta dias e quarenta noites.  

A palavra quaresma tem origem no latim. Quadragesima é a expressão latina que denomina o período de quarenta dias de preparação para a Páscoa. Além disso, diz-se que ela foi inspirada em uma grande catequese que a Igreja primitiva costumava realizar.

Como realizar a Quaresma

O período de penitência também é uma forma que os cristãos têm de se aproximar de Deus. (Imagem: camaralenta/iStock)

O maior objetivo da Quaresma é fazer com que o cristão aproxime-se de Deus e celebre a passagem da morte e ressurreição de Jesus Cristo. Portanto, este é um período de grande reflexão e sacrifícios a fim de se alcançar a preparação espiritual necessária para a Páscoa. 

Para cumprir com as suas obrigações durante a observação da Quaresma, o cristão deve cumprir algumas penitências. Essas penitências incluem o jejum, a recusa do consumo de carne vermelha e atos de caridade, que são bastante incentivados pela própria Igreja. 

Outra penitência recomendada é o Sacramento da Confissão, isto é: o ato sagrado que visa a reconciliação por meio do perdão concedido por Deus através de padres ou bispos aos pecados cometidos pelos cristões.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados