Faça uma busca


|
Publicado em: 20 de novembro de 2018

3 estratégias para você lidar com dinheiro no exterior

Passagem comprada, malas prontas e muita ansiedade! Mas antes de embarcar, veja algumas orientações importantes sobre o uso do dinheiro.

Imagem: Alfribeiro/iStock

Viajar para o exterior tem suas peculiaridades, como as formas de pagamento e a taxa de câmbio. É mais fácil do que parece se confundir com a conversão da moeda. Portanto, é importante estar atento ao uso adequado do dinheiro que você juntou para levar. Para que sua viagem não saia mais cara que o planejado, veja alguns cuidados que você deve tomar.

1. Avise ao banco e ao cartão de crédito

Muitos países ainda não adotaram o sistema mais seguro de transações com chip, e a fraude com cartão é um risco. Informe ao banco ou ao provedor do cartão quando e para onde vai viajar. Do contrário, se o computador deles detectar uma transação estrangeira extraordinária, a conta pode ser bloqueada justamente no momento em que você estiver precisando pagar o hotel.

Muitos bancos brasileiros e bandeiras de cartões de crédito também possuem cartões pré-pago para viagens internacionais: o travel money. Esses cartões podem ser solicitados no seu banco, onde você também faz a conversão do dinheiro para carregar o cartão. É prático, seguro e aceito em muitos países. Vale analisar se atende às suas necessidades.

2. Adquira dinheiro ao custo mais baixo

É arriscado levar uma grande quantia em moeda estrangeira para as férias. E as taxas da casa de câmbio e os encargos financeiros podem crescer e se transformar em mau negócio. Limite a moeda corrente estrangeira ao que você vai precisar assim que lá chegar. Cheques de viagem são mais seguros do que dinheiro, mas também podem vir com um substancial preço embutido. Cartões de débito e de crédito no exterior podem oferecer o melhor valor de câmbio, porque as tarifas do cartão se baseiam nas taxas de grande venda por atacado. Mas tenha em mente que alguns provedores de cartão “carregam” nas taxas de troca e alguns bancos cobram uma série de tarifas cada vez que o cartão é usado no exterior.

E, se você usar um cartão de crédito e não liquidar tudo na volta, as despesas em dinheiro ou os cheques de viagem serão mais baratos do que os juros do pagamento do cartão. Assim, escolha os cartões com cuidado.

3. Pague com a moeda local

Muitas lojas em locais turísticos vão cobrar em dólares em vez da moeda corrente local. Não deixe que façam isso. A armadilha para essa “conveniência” é que essas lojas vão fazer a conversão de forma menos favorável ao cliente do que a taxa de câmbio vigente. Assim, pague sempre em dinheiro ou no cartão de crédito.

Se esta é a sua primeira viagem internacional, não fique tenso ou preocupado. Tire todas as suas dúvidas sobre embarque e documentos nessa matéria. Viaje tranquilo!

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados