O Dia das Crianças está chegando e, para não desanimar os pequenos, muitos pais e familiares pretendem ir às compras. Mas para aqueles que não podem estourar o orçamento, separamos algumas dicas de como economizar nos presentes.

No próximo dia 12 de outubro, comemora-se mais um Dia das Crianças. Faltando poucos dias para a data, é normal se perder um pouco na hora das compras. No entanto, quem deseja economizar deve evitar comprar em cima da hora.

Uma das últimas festas comemorativas antes do Natal, o Dia das Crianças promete movimentar a economia. De acordo com uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), 73% dos consumidores devem ir às compras.

Mas com tantos brasileiros desempregados e com a renda comprometida, os gastos devem ser controlados. Para ajudar na hora de economizar, mas sem deixar de agradar os pequenos, separamos algumas dicas para a hora das compras. Confira!

  • Como economizar no presente de Dia das Crianças

    1. Pesquise os preços

    Pode parecer óbvio, mas muitos consumidores acabam deixando as compras para última hora, e, com isso, não têm o tempo necessário para pesquisar os preços. Para economizar, é preciso avaliar quanto está sendo cobrado pelo produto e seus similares.

    wutwhanfoto/iStock
  • 2. Tenha um limite de gastos

    Quem deseja economizar, precisa se planejar. Por isso, tenha um teto de gastos e evite ultrapassar o orçamento.

    Doucefleur/iStock
  • 3. Saiba o que a criança quer de presente

    As crianças devem aprender sobre limites desde cedo. E com a economia não é diferente. Pergunte à criança o que ela deseja ganhar ou procure saber o que ela mais gosta.

    Desta forma, é mais fácil acertar e evitar trocas ou gastos maiores tentando agradar.

    Caso a criança já consiga entender alguns fatores e o presente não esteja dentro do orçamento, não tenha medo de conversar e tente explicar a situação financeira. Dê outras opções e veja se há outros presentes que ela queira.

    Smederevac/iStock
  • 4. Evite ir às compras com as crianças

    Muitos pais e familiares acabam cedendo aos desejos das crianças, na hora de comprar o presente. Além disso, é normal que elas mudem de ideia e acabem escolhendo presentes mais caros.

    Por isso, evite ir às compras com a criança. Além de poder comparar os preços com calma, a economia é garantida.

    monkeybusinessimages/iStock
  • 5. Não deixe para a véspera

    Quanto mais perto da data, mais caro os produtos ficam. Evite comprar os presentes no dia anterior. Procure com calma e tempo para garantir as promoções.

     

    shironosov/iStock
  • 6. Compre depois

    Essa dica é para os pais ou familiares que não vão poder estar no dia 12 de outubro com a criança. Seja qual for o motivo, se o presente só vai chegar após a data, é possível deixar para comprar após o dia. Assim, as chances de conseguir uma promoção são maiores.

    :Tatomm/iStock
  • 7. Peça desconto

    Pagamentos à vista ou mais de um presente são sempre uma chance a mais para pedir aquele desconto. Por isso, não tenha vergonha e tente uma redução no valor final.

     

    shironosov/iStock
  • 8. Divida o presente

    Se o presente tem um valor alto, mas o orçamento está apertado, uma boa dica é dividir a conta com alguém. Que tal perguntar se algum familiar ou amigo não gostaria de dividir o valor e o presente?

    Motortion/iStock
  • 9. Confira lojas de rua, shoppings e supermercados

    Para economizar no presente, o ideal é pesquisar os preços. Por isso, não deixe de buscar opções em lojas de rua e supermercados, que costumam oferecer preços mais baratos que os shoppings.

    Mas também veja quais as promoções que os shoppings estão oferecendo e avalie qual a melhor escolha na hora da compra.

    Jelena Danilovic/iStock
  • 10. Acesse sites de compras

    Segundo a pesquisa da CNDL em parceria com o SPC Brasil, oito em cada dez consumidores (77%) pretendem pesquisar preços antes de comprar. Deste total, 71% utilizará a internet para obter informações dos produtos.

    Nos sites de busca, é possível comparar os preços e, por vezes, economizar nas taxas de entrega ou no valor final. No entanto, é importante ficar atento ao prazo para entrega do produto.

    Popartic/iStock
  • 11. Não compre brinquedos falsos

    Os brinquedos falsos costumam ser mais baratos, no entanto, os riscos para as crianças são maiores. Nessa hora, o barato pode sair caro.

    Por isso, não deixe de avaliar se os brinquedos têm selo do Inmetro, garantindo assim a segurança das crianças.

    zakokor/iStock
  • 12. Confira eventos gratuitos

    Uma boa forma de economizar no Dia das Crianças é escolhendo diferentes meios de presentear os pequenos. Uma opção econômica são os eventos gratuitos que acontecem nesse dia em praças, parques, shoppings, entre outros.

    SeventyFour/iStock
  • 13. Pesquise em sebos

    Se a criança é apaixonada por livros, uma boa forma de economizar é procurando nos sebos. Online ou físicos, eles oferecem livros usados, mas por vezes em bom estado. Desta forma, é possível economizar, sem deixar de agradar!

    yuelan/iStock
  • 14. Seja criativo

    A criatividade é sempre uma boa forma de economizar sem deixar de agradar. Dependendo da idade, muitas crianças são apaixonadas por “slime”.

    A massa de modelar tem diversas receitas e texturas. Desta forma, é possível fazer em casa e gastando pouco. Além disso, as diferentes formas permitem inovar e surpreender as crianças.

    shironosov/iStock
  • 15. Faça passeios

    Se o dinheiro está curto para o presente, que tal investir em um bom passeio e deixar o dia mais completo, com a sua presença? Cinema, praia, parques de diversão e piqueniques são algumas opções que podem agradar os pequenos.

    agencyby/iStock

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteudo em primeira mão!