As telas do cinema e as plataformas de streaming estão repletas de personagens encantadores que marcaram gerações. Porém, também estão repletos de personagens controversos, a quem chamaremos carinhosamente de… “boys lixo”. 

O que são “boys lixo”?



Os boys lixo são aqueles homens que toda mulher deveria evitar. Mas que infelizmente nem sempre evitam. Emocionalmente conturbados, eles não zelam pelo bem-estar do relacionamento, agem de forma autoritária, ciumenta, machista, controladora, e por aí vai. À primeira vista, podem parecer gentis e inofensivos, mas na verdade são extremamente ardilosos.

Mas se a vida imita a arte, nada melhor para entender esse conceito do que vê-los sob um holofote.

14 coisas que você não deveria dizer em um relacionamento

Confira os 15 maiores boys lixo das séries e do cinema na galeria abaixo: 

Dean (Gilmore Girls)

Ok, vamos começar com Dean (Jared Pedalecki). Desde o início, o primeiro namorado de Rory demonstra não saber muito bem o significado da palavra “espaço”. Extremamente possessivo e controlador, Dean pisa na bola várias vezes. E não só com Rory, mas também com Lindsay, com quem se casa (e, posteriormente, trai).


Nate (O Diabo Veste Prada)

Nada pior do que estar ao lado de um cara que não quer que você cresça. Nate, de “O Diabo Veste Prada”, agiu como um boy lixo quando Andrea (Anne Hathaway) mais precisava dele. Em vez de demonstrar apoio, torceu para que ela desistisse do emprego que era importante para ela. Faltou com lealdade na hora que ela mais precisava. Bola fora!


Jim (Passageiros)

A bordo da nave Avalon, que transporta mais de 5000 viajantes para o planeta Homestead II, um acidente de percurso ocorre, fazendo com que a cápsula de hibernação de Jim Preston (Chris Pratt) se abra. Devastado pela solidão, e encantado pela beleza de uma das passageiras, ele tem a ideia mais egoísta possível: desperta Aurora Lane (Jennifer Lawrence), e finge que sua cápsula deu erro, como a dele.

 


Christian Grey (50 tons de cinza)

Embora seja o queridinho de muitas mulheres por aí, precisamos admitir que Christian Grey (Jamie Dorman) é uma figura, no mínimo, controversa. Graças a uma infância conturbada, ele vira um adulto extremamente sádico, ciumento e controlador até determinada parte da trilogia, sempre achando que o dinheiro é capaz de comprar tudo.