Histórias divertidas a essa hora do dia pode deixar você mais relaxado para esperar o sono. Bom humor faz bem á saúde.

Nossa copiadora estava pifada e coloquei um aviso nela: “O técnico já foi chamado.” Quando ele me disse que precisava trocar peças, acrescentei um segundo aviso: “As peças já foram encomendadas.” Após os cinco dias seguintes, durante os quais tivemos de usar uma copiadora mais velha e mais lenta do outro lado do prédio, alguém pregou um terceiro aviso na máquina: “Preces já foram feitas.”

— JENNIFER HARRISON

Na loja em que eu trabalhava, a sobreloja era aberta e, por um elevador, desciam-se as roupas para serem embaladas. Uma vez, uma cliente foi pegar uma peça que deixou para conserto quando ouviu o funcionário gritar do meio da loja:
– Luís, baixa as calças da moça!

— ILAINE SCHU

Eu estava numa festa quando fui abordado por uma bela garota, que quis saber:
– O que você faz?
Certo de que estava agradando, respondi:
– Sou cartunista.
Ela então se voltou para trás e gritou às amigas:
– Corram aqui! Finalmente encontrei alguém para ler minha mão!

— GILBERTO ZAPPA

Meu pai começou a dar aula de Economia em um presídio por intermédio de uma faculdade comunitária. Em seu primeiro dia, começou com o capítulo Sistema Bancário. Durante a aula, surgiu o assunto caixas eletrônicos, e ele mencionou que, em média, a maioria das máquinas contém apenas 1.500 dólares. Nesse momento, um homem nos fundos da sala levantou a mão.
– Não quero faltar com o respeito, mas a máquina que eu roubei tinha uns cinco mil.

— JENNIFER JOHNSON

O médico de plantão na Emergência da clínica em que trabalho estava sendo bombardeado por perguntas, recebia formulários para assinar e ainda tinha de responder sobre o que ia pedir para jantar. Eu estava na sala ao lado, limpando um ferimento, quando percebi que ele não dera instruções para o curativo. Cheguei à porta e perguntei:
– Quer que eu cubra com quê?
– Maionese – respondeu ele.

— BRENDA TODD

Humor Sem Idade dos Anos 70

A história favorita dos técnicos de laboratório fotográfico é a da foto colorida de um poodle que uma mulher mandou revelar. Quando ficou pronta, o cachorro apareceu verde. Imaginando que fosse um erro no equilíbrio das cores, um problema que flagela os técnicos, o pessoal tentou várias vezes, até, finalmente, o animal perder o colorido. Ao receber a foto, a mulher que enviara o filme ficou furiosa com a cor do poodle , o qual, informou ao laboratório, ela havia tingido de verde.

— DONALD M. SCHWARTZ

Trabalho numa loja de departamentos onde, na hora de fechar, um funcionário lembra aos clientes, pelo alto-falante, que devem terminar suas compras. Certa noite, uma mulher que até pouco tempo trabalhava no Kmart começou o aviso dizendo:
— Atenção, clientes do Kmart…
Percebendo a mancada, ela se safou, acrescentando:
— Vocês estão na loja errada.

— MATTHEW PERENCHIO

Todo novo paciente na clínica em que trabalho precisa preencher um questionário com perguntas básicas sobre saúde e história pessoal. Uma indagação que inevitavelmente recebe um “Não” é “Você usa ou já usou drogas recreativas?” Não estávamos preparados para a resposta de uma jovem recém-casada, que escreveu: “Sim: pílulas anticoncepcionais.”

— FRANCES BOWEN

Quer continuar se divertindo, clique aqui.