Tudo o que nos deixa conectados, ligados e às vezes danados da vida, também nos faz rir. Com as ironias, os absurdos e as maravilhas da vida moderna é a mesma coisa. Confira essas histórias engraçadas e se divirta!


Dou suporte técnico aos usuários dos programas de computador desenvolvidos pela empresa na qual trabalho. Um dia, estava ao telefone ajudando um cliente a instalar um produto em um Macintosh. O procedimento requeria que ele apagasse um arquivo antigo. Existe no Mac o ícone de uma lixeira, usada para reunir itens a serem apagados de uma vez por todas. Pedi ao cliente que clicasse no arquivo antigo e o arrastasse para o lixo. Depois, orientei-o a fazer mais algumas operações. Para finalizar, acrescentei:
– Não se esqueça de esvaziar a lixeira.
Obedientemente, ele respondeu:
– Sim, querida.

Cyntia Kainu

O juiz dá uma bronca no réu:
– Outra vez acusado de excesso de velocidade? Não posso acreditar! Quantas vezes eu o tenho visto na minha frente?
– Na sua frente? Nenhuma, meritíssimo! Por várias vezes tentei ultrapassar o automóvel de Vossa Excelência, mas nunca consegui!

Fernando Albano Dias

Sou policial e estava operando o radar de dentro da viatura, perto de um hotel, quando um homem aproximou-se e pediu ajuda. Ele reclamou que o volume da televisão no quarto ao lado do seu, que parecia vazio, estava tão alto que ele e a mulher não conseguiam dormir. Não havia vivalma na recepção. A mulher estava do lado de fora quando cheguei à porta do quarto. Foi quando tive uma ideia. Pedi a ela o controle remoto da TV deles, mirei através da janela do quarto vizinho e desliguei o ruído do aparelho.

Ray Allen

Minha mãe começou a receber telefonemas de homens que discavam errado o número de um serviço de acompanhantes. Mamãe, que possuía aquela linha havia anos, pediu à companhia telefônica que mudasse o número da tal empresa. Eles se recusaram. E as chamadas continuavam, noite e dia. Depois de algum tempo, ela passou a informar aos cavalheiros que a empresa havia fechado. Uma semana depois, o serviço de acompanhantes mudou o número do telefone – espontaneamente.

Marian Burgess

Sou professora do ensino fundamental. Certo dia, após aplicar uma leitura interpretativa, solicitei aos alunos uma cópia do texto estudado em classe. Recomendei que a cópia fosse feita em papel almaço pautado e com capricho. No dia seguinte, analisando as cópias recebidas, notei que um aluno tinha mandado alguém fazer a tarefa em seu lugar. Chamei-o e disse:
– Esta letra não é sua!
Ele respondeu:
– Claro que não, professora. A senhora mandou caprichar.

Maura Rosa da Silva

Leia também: 10 tuítes divertidos para quem é apaixonado por gatos

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteudo em primeira mão!