Faça uma busca
Já tem cadastro? Faça login aqui.
Artigo exclusivo para assinantes!
Cadastre-se para continuar lendo!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa

Entendo que, respondendo a esta promoção, serei ingressado nos sorteios aqui oferecidos e passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Conheça também a nossa Política de Privacidade e Uso de Dados

Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 no primeiro mês. Clique aqui.
|
Publicado em: 5 de maio de 2019

Rir e refletir: o alto custo de economizar em compras online

A comediante Anne Roumanoff faz uma sátira sobre o imperdível e viciante mundo das compras online.

Imagem: grinvalds/Istock

Nestes dias de austeridade, me registrei em vários sites de compras online. É maravilhoso. Todo dia eles me mandam e-mails com pechinchas fantásticas. Temo que essas ofertas não estejam disponíveis para todos. São especificamente para mim. Eles dizem: “Cara Anne”, “Oi, Anne”, “É só para você, Anne”… Posso comprar marcas famosas a preços inacreditáveis só clicando em “Compre agora” e digitando o número do meu cartão Visa.

É uma loucura, todos esses produtos que nunca pensei em comprar: uma máquina de café vermelho-vivo, uma poltrona branca… Nem tenho lugar para pôr, mas o desconto é de 60%!

E, vejam, há um armário de plástico para guardar minhas roupas de inverno. Como consegui viver sem ter um deles? Também há viagens. Só 60 euros por noite em um hotel palaciano. Fevereiro será mesmo o melhor mês para visitar o Marrocos? Espere aí! Ilhas Maurício com 40% de desconto… Vou clicar. Meu coração dispara…

“Sentimos muito. Esse item não está mais disponível.”

Não importa. Há uma jaqueta acolchoada com 80% de desconto, só não sei se gosto da cor, verde-maçã. Ei, olhe, há um e-mail do banco: O quê?! Minha conta está no vermelho?!

É difícil de acreditar, com tanta economia que venho fazendo. Este mês gastei 985 euros, mas poupei 623! Terei de explicar ao banco como é caro… economizar.

Arrá! Um aspirador de pó com 52% de desconto, mas só restam três unidades. É melhor me apressar. Não há limite ao que se pode poupar com compras online. Mas, pensando melhor, sou eu que estou ganhando com essas oportunidades ou os oportunistas online que estão ganhando em cima de mim?

Por Anne Roumanoff

Leia mais: como vender e comprar na internet

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados