A gente sabe como é ter um dia “daqueles”. O bom é que, quando a maré ruim passa, podemos usar as situações engraçadas para rir mais tarde! Confira histórias de pessoas que não tiveram um dia tão bom assim:


Teve um mau dia? Acredite, poderia ser pior:

  • Hoje terminei de ler um livro de 700 páginas para a prova de Direito. Era o livro errado.
  • Hoje fui ao drive-thru do McDonald’s vestindo apenas camisa e cueca, achando que não encontraria ninguém. Bati com o carro.
  • Hoje quebrei o nariz quando caí em cima do gesso do braço.
  • Hoje, no show de rock, um grupo de rapazes que dançava derrubou sem querer um banheiro químico. Eu estava lá dentro.

Fonte: fmylife.com

Para meu check-up anual, a auxiliar de enfermagem tirou sangue de meu baço direito. Quando terminou, ela passou a tirar sangue do braço esquerdo.
– Com licença. Você não conseguiu tirar o que precisava do braço direito? – perguntei.
– Ah, não, tiramos bastante – disse a enfermeira encarregada – É que a auxiliar está aprendendo e precisa treinar.

Raymond Breau

Uma troca de mensagens no Twitter entre um cliente chateado e a pizzaria delivery.
Cliente: Pedi uma pizza e ela veio sem cobertura nenhuma. É só pão!
Pizzaria: Lamentamos muito o ocorrido!
Cliente (minutos depois): Deixa pra lá. Eu abri a pizza de cabeça pra baixo.

Assine nosso conteúdo exclusivo

Fonte: Twitter

Se beber, não passe roupa

A notícia: um polonês de 32 anos queria ajudar com as tarefas de casa. Então, ofereceu-se para passar a a roupa enquanto assistia à TV e bebia cerveja.
O resultado: Quando o telefone tocou, ele pegou o ferro para atender como se fosse o telefone. Os médicos afirmam que ele conseguirá se recuperar.

Fonte: web.orange.co.uk

Recentemente cancelei o serviço de TV a cabo por estar insatisfeita com a empresa. Após o cancelamento, recebi dezenas de ligações deles tentando me convencer a voltar a ser cliente. A última foi num sábado antes das oito da manhã, e, claro, eu estava dormindo.
– Senhora, podemos lhe dar seis meses de isenção da mensalidade!
– Realmente não tenho interesse.
– A senhora pode, então, oferecer a promoção a um amigo!
Respirei fundo e, já irritada, disse:
– Sinceramente, só recomendaria essa oferta a um inimigo.
– Sem problema! A senhora pode me passar o nome e o telefone do seu inimigo?

Daniela Zanker, Curitiba (PR)

A diversão não precisa ter fim! Continue a gargalhar com algumas tiradas inesperadas de crianças muito espertas!

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteudo em primeira mão!