Os passatempos e jogos mentais são uma espécie de corrida de obstáculos para a mente. Você pode explorar sua capacidade, aumentando a agilidade mental e o poder de associação visual e de raciocínio abstrato, assim como o pensamento criativo. E lembre-se: não há problema criado por uma mente humana que outra mente humana não possa solucionar. Os três problemas abaixo, além de uma forma de divertimento, também servem para estimular a criatividade e treinar sua mente a pensar de maneiras diferentes.

Quando tentamos resolver um problema, normalmente procuramos pensar de maneira lógica para encontrar soluções práticas. A intenção dos problemas abaixo, no entanto, é evitar as respostas mais óbvias e pensar com criatividade. Neste contexto, o que é uma solução “criativa”? Ela pode ser, por exemplo, surrealista, ilógica, cômica, surpreendente, incongruente, engenhosa, espirituosa ou desconcertante.

Dê a si próprio de 10 a 15 minutos para examinar cada um dos exercícios abaixo e sugerir o maior número possível de respostas tentando abordar um ângulo diferente para cada uma. É impossível prever quais as respostas que você irá imaginar, mas no fim do artigo enumeramos algumas das soluções apontadas por nossos editores (algumas delas bastante bobas). Não se preocupe em fazer com que suas respostas coincidam com as nossas. O objetivo principal destes exercícios é estimular a criatividade e se divertir.

1 Soluções enlatadas

A indústria de bebidas e alimentos produzem um número cada vez maior de latas que vêm com um anel metálico para ser erguido e puxado, abrindo a lata. Isto, no entanto, tem resultado em montanhas cada vez maiores de anéis de metal jogados fora. Procure pensar um pouco e sugerir algumas formas criativas de reutilizar esse material.

Evite respostas óbvias como “reciclar o metal para fabricar novas latas” ou “jogar tudo no lixo e pronto”. A principal característica do anel de metal é a sua abertura. Pense em outras coisas que têm buracos. Que tal um medidor para porções de espaguete? Mas o buraco no anel é muito pequeno para isto, a não ser para alguém que não esteja com muita fome. De qualquer modo, esta é uma resposta criativa.

Veja quantas outras idéias você pode produzir.

 

2 Descendo pelo bueiro

Pense nisto: por que as tampas metálicas dos bueiros da rua são sempre redondas? Existem algumas razões técnicas evidentes.Tampas redondas não têm quinas. Elas não precisam ser colocadas numa posição específica. Elas não podem cair pela abertura (ao contrário das tampas quadradas, que podem cair através da abertura quadrada se colocadas na diagonal).

Que outras explicações originais você é capaz de inventar?

 

3 Pesadelo desinformático

Por mais que nos tragam problemas, os computadores também nos trazem incontáveis benefícios. Eles nos permitem criar com facilidade documentos muito complexos e fazer cálculos gigantescos. Ao mesmo tempo, graças à internet, tornam a circulação de informações através do mundo muito mais veloz do que jamais foi.

Como seria o mundo de hoje se não tivéssemos computadores?

 

Respostas

Lembre-se: não há respostas “corretas”. Estes exemplos são apenas para ilustrar.

1 Soluções enlatadas:

  • Uma catapulta em miniatura.
  • Prenda dois anéis e crie um par de algemas para o boneco do seu filho.
  • Prenda o anel na ponta de um palito e faça bolinhas de sabão.

2 Descendo pelo bueiro

  • As tampas são redondas porque precisam se encaixar em buracos redondos.
  • Sendo redondas, elas podem ser usadas como bandeja para carregar xícaras de chá.
  • Alguém na fábrica perdeu a régua e só dispunha de compassos.
  • Durante os consertos, pode-se ir rolando uma tampa redonda até o caminhão.

3 Pesadelo desinformático

  • Wilma Flintstone continuaria a ser a pin-up favorita, uma vez que Laura Croft não existiria.
  • Quando alguém dissesse a palavra “teclado”, todos pensariam logo num piano.
  • A língua portuguesa seria poupada da criação do verbo “reinicializar”, ou pior: “restartar”, “escanear”, “deletar”…
  • A expressão “jato de tinta” só seria usada nos ateliês de artes plásticas e nas fábricas de automóveis.