Os livros podem nos trazer diversos tipos de conhecimento, além de proporcionarem outros benefícios. Algumas obras têm até mesmo o poder de provocar reflexão e mudar nossas vidas com histórias tocantes de realidades diferentes das nossas. Por isso, trouxemos a seguir 6 sugestões de livros inspiradores para ler e refletir no próximo ano.

Boa leitura!

1 O sol é para todos – Harper Lee

Um clássico da literatura americana, O sol é para todos é um dos livros inspiradores mais conhecidos no mundo. A história acompanha Jem e seu irmão mais velho Scout, filhos um advogado que defende um homem negro acusado injustamente de um crime na década de 1930, período da grande depressão e de segregação racial nos Estados Unidos. Ao ter contato com a ignorância e o preconceito dos moradores da cidade, Jem aprende grandes lições.

2 Olhai os lírios do campo – Érico Veríssimo

Outro clássico, mas dessa vez brasileiro, o livro do escritor gaúcho narra a vida de Eugênio Fontes, um homem de origem pobre que, após muito sacrifício, se forma em Medicina. Durante os estudos, Eugênio se apaixona por Olívia, mas se casa por interesse com a filha de um homem poderoso. Assim, a partir das consequências da decisão de Eugênio, o autor expõe o conflito entre a nossa vontade de ter segurança e a de ser feliz.

Existem livros inspiradores em diversos formatos, inclusive como obras infantojuvenis. Um dos mais importantes do gênero, esse livro francês conta a história de Tistu, um menino que junto com o Sr. Bigode (o jardineiro da casa) descobre que tem o polegar verde. O que significa que onde ele coloca o polegar nasce flores, pois “há sementes por toda parte”. Apesar disso, o belo dom de Tistu não é muito bem recebido em sua cidade que cultua armas e canhões.

Veja também: Transforme a leitura em hábito para o seu filho

Esse é o primeiro (e mais famoso) volume da autobiografia da aclamada escritora e ativista dos direitos civis americana. O livro trata de temas como as relações familiares, racismo, amadurecimento e maternidade. Tendo sido criada pela avó após o abandono dos pais e crescido durante a época da segregação, Maya consegue aliviar seus traumas por meio da literatura.

6 Persépolis – Marjane Satrapi

Quando falando em livros inspiradores, dificilmente pensamos em histórias em quadrinhos, que ainda são vistas como coisa de criança. Mas, hoje em dia, é possível encontrar obras e cheias de ensinamento nesse formato, como é o caso de Persépolis. Essa autobiografia em quadrinhos mostra a vida da autora desde a sua infância no Irã até o início da vida adulta, convivendo com as transformações que a revolução islâmica casou no país.

 

Por Iana Faini