É comum iniciarmos o novo ano com um desejo por mudança. O criador do Wisdom Project (Projeto Sabedoria), uma coletânea de textos sobre a sabedoria das experiências cotidianas, sugere que, para isso, comecemos o ano com uma perguta: “Qual o sentido da vida?” Saiba o por quê a seguir:

 

Todo janeiro, nos últimos 20 anos, reservei alguns instantes para pensar na resposta à pergunta: “Qual é o sentido da vida?” É uma daquelas perguntas enormes e importantíssimas – em termos filosóficos, práticos e de como levamos a vida –, mas, mesmo assim, nunca paramos para realmente pensar na resposta. Como talvez você consiga formular sua resposta em menos de um minuto, a proporção entre sabedoria e esforço neste exercício filosófico não poderia ser mais vantajosa.

Este exercício simples pode até ajudá-lo a viver mais

Segundo dois estudos publicados em 2014 – um com 9 mil participantes por volta dos 65 anos, outro com 6 mil pessoas entre 20 e 75 anos –, os que conseguiram articular o sentido e o propósito da vida morreram depois dos que não viam objetivo na vida. Parece que não importava o sentido que os participantes davam à vida, quer fosse pessoal (como a felicidade), quer fosse criativo (como fazer arte) ou altruísta (como transformar o mundo num lugar melhor.) – ter uma resposta à pergunta é que importava.

Turma da Mônica e Corpo Humano

A conexão com a longevidade pode ser causal; ter um propósito na vida pode ajudar a lidar com o estresse cotidiano, como outra pesquisa mostrou. Mas talvez quem pensa no significado da vida também tenha mais probabilidade de praticar outras atividades que promovem a saúde.

Minha razão para fazer essa pergunta ano após ano é que a resposta muda com o tempo, o que acho interessante e inspirador. Acredito que não haja resposta objetivamente correta, apenas respostas certas para você em determinado momento.

Grandes pensadores se dedicaram à questão e você pode se inspirar com as respostas

Platão, o filósofo grego que viveu há mais de 2.300 anos, concluiu que somente “o amor pode acender aquele facho que o homem precisa seguir para levar uma vida melhor”. O escritor russo Leon Tolstoi escreveu: “O único sentido da vida é servir à humanidade.” Albert Einstein explicou assim: “Somente a vida vivida para os outros é uma vida que vale a pena.” Martin Luther King Jr. formulou o sentimento como uma pergunta: “A questão mais persistente e urgente da vida é: o que você está fazendo pelos outros?” E o Dalai Lama acrescentou: “Se achamos que não podemos ajudar os outros, o mínimo que podemos fazer é desistir de prejudicá-los.”

Outros chegaram às mesmas conclusões com suas próprias palavras. Por exemplo, Nelson Henderson, a lenda escocesa do rúgbi, abordou a questão poeticamente ao dizer: “O verdadeiro sentido da vida é plantar árvores sob cuja sombra você não espera se sentar.” E a metáfora do significado da vida da atriz Whoopi Goldberg era “jogar pequenas tochas para guiar as pessoas pelas trevas”.

Mas minha resposta favorita é o raciocínio circular do tipo zen atribuído ao escritor Robert Byrne, que disse: “O propósito da vida é uma vida com propósito.”

Alguns concluíram que o sentido da vida é subjetivo. “Não há um único grande sentido cósmico para todos”, escreveu em seu diário a escritora Anaïs Nin. “Há apenas o sentido que cada um de nós dá à vida, um sentido individual, um enredo individual, como um romance individual, um livro para cada pessoa.”

Concordo, e é por isso que recomendo formular sua própria resposta. Reservar alguns instantes para registrar sua resposta à pergunta “Qual é o sentido da vida?” é o tipo de exercício simples que, efetivamente, dá sentido à vida.

Então sugiro respondê-la todo ano. Recordar como seu pensamento evoluiu e foi influenciado pela experiência lhe diz mais alguma coisa sobre você. Cumulativamente, isso vai aproximá-lo de uma autocompreensão mais profunda.

Em 1997, minha resposta foi: “A descoberta, a busca e a obtenção da bem-aventurança”, inspirado pelo especialista em mitos Joseph Campbell. Um ano depois, foi “fazer do mundo um lugar melhor”. Em 2002, ano em que fiquei noivo, foi simplesmente “amar”. E, no ano em que concebemos nossa filha mais velha, foi a menos romântica “continuação de nosso DNA para a geração seguinte”.

Mas, na maioria dos anos, minha resposta é alguma combinação de amor, legado, felicidade, experiência e ajuda aos outros.

Se fizer o exercício anual do “significado”, sugiro que você não olhe as respostas anteriores antes de responder outra vez. Eu as escrevo na mesma folha de papel, agora amarelada, e a guardo em lugar seguro.

O último uso deste experimento é transformar sua resposta em ação. Se concluir, como Tolstoi e Einstein, que o significado da vida é ajudar os outros, isso deve motivá-lo a ajudar mais. Se a resposta for “amar”, então ame mais. Se for “encontrar a bem-aventurança”, então comece a procurar.

Este não é um exercício teórico. Qualquer passinho que você der para encontrar o significado da vida é um passo rumo a uma vida mais longa e significativa.

Leitores contam o que dá sentido à sua vida

Confira o que os leitores responderam quando perguntados sobre o sentido da vida e inspire-se para criar seu próprio significado:

Distribuir calor

“Ajudar a quem precisa. Faço mantas para hospitais pediátricos, tapetinhos para abrigos de animais e xales para idosos.”

CHRISTEN LIPPINCOTT ATASCOCITA

Colecionar lembranças, não coisas

“Pare de comprar bugigangas que lhe dão prazer momentâneo. Em vez disso, crie lembranças que durarão a vida inteira. Viaje e visite o máximo possível de lugares, retome contatos e faça amizades e tire muitas fotos pelo caminho. As lembranças me deram felicidade muito mais duradoura do que qualquer objeto físico!”

SRIRAM SRIDHAR RALEIGH

Aumentar a alfabetização

“Acredito realmente que podemos mudar o mundo, uma pessoa de cada vez, e é por isso que me tornei alfabetizadora voluntária. Nada é mais memorável do que a expressão nos olhos de um adulto que lê pela primeira vez. Sabemos que, enquanto viverem, eles se lembrarão de nós.”

CHARLOTTE NIVERVILLE

Prestar atenção na sabedoria inesperada

“Sua pergunta me fez lembrar uma antiga tirinha dos Peanuts em que Lucy pergunta a Charlie Brown: ‘Por que você acha que nos puseram na Terra?’ Charlie Brown responde: ‘Para fazer os outros felizes.’ Então Lucy pergunta: ‘Para que puseram os outros aqui?'”

MIKE ADAMKOSKY

Saborear tudo

“O sentido da vida ficou claro para mim depois que vi meus pais combaterem doenças rápidas e falecerem com apenas seis semanas de diferença. Minha fé me disse que eles estavam em lugar melhor, mas fiquei triste por mim e por minha família. Aos poucos, comecei a acreditar que nosso tempo nesta terra é curto e nunca sabemos quando terminará. Assim, enquanto estivermos aqui, precisamos viver intensamente. Passe algum tempo na varanda e assista ao pôr do sol; fique acordada até mais tarde durante a semana para conversar com uma amiga (o que importa se você vai ficar cansada no dia seguinte?); aproveite aqueles dias de férias e deixe a louça na pia para assistir ao jogo de bola dos filhos. Como dizem: ‘Não se irrite com as pequenas coisas – e todas as coisas são pequenas.’ Se não gozarmos a vida, de que adianta?”

AMY WASSON WAUKON

Dar poder aos outros

“Como cresci com uma deficiência, sofri discriminação e o que hoje chamam de bullying. Eu só queria oportunidades iguais para tentar realizar meus sonhos. Dar poder aos outros para realizar seus sonhos por meio do ensino, da advocacia e da prática jurídica é o que dá significado à minha vida.”

CINDY SIMON

Jogar em equipe

“Meu marido ensina tênis na escola secundária. Numa corrida de condicionamento pré-temporada, um calouro solitário, novo no time, estava ficando para trás. Um dos garotos mais velhos saiu de seu lugar no grupo, voltou e correu com o garoto novo, incentivando-o a não desistir. Para mim, o significado da vida inclui exatamente isto: olhos que veem os que ficam para trás e corações motivados para agir.”

JENNA FILBRUN

Recordar todas as criaturas de Deus

“Todo dia tento fazer algo por alguém, seja humano, seja animal. Levo aranhas de volta para seu hábitat natural lá fora, resgato cães de rua, digo a alguém que é bonito ou merecedor, conduzo tartarugas até a água, seguro a mão de moribundos, planto flores e árvores, cuido do meio ambiente, respeito pessoas de outras culturas, tento ser atenciosa.”

ANNETTE THOMAS

Valorizar as conexões

“Primeiro, somos filhos de alguém. Depois, irmãos, amigos, cônjuges, pais. Quem somos para os outros nos define e dá sentido à nossa vida.”

MARIE BRAY

Terminar no lugar certo

“É simples. A vida é um teste para determinar onde passaremos a eternidade.”

RON JOSTES

Usar seu talento

“Pergunte-se: ‘O que mais gosto de fazer?’ É nisso que você é melhor. Encontrei meu significado quando uma fêmea de alce passou correndo por nosso quintal. Meu marido tirou uma foto, e a enviei ao jornal local com uma legenda. ‘Pode fazer mais?’, perguntou o editor. Durante mais de trinta anos, escrevi colunas, reportagens, notícias e dois livros. Com 95 anos (você não leu errado), ainda escrevo e uso os dons que Deus me deu. Tente usar os seus. Você aprenderá o verdadeiro sentido da vida. O mesmo acontecerá com as vidas que você tocar.

BETTY STARKS CASE

Encontrar alegria no presente

“Passei muitos anos tentando descobrir isso. Passei pela vida sem nunca pensar no futuro nem aonde ela me levaria. Agora, finalmente sei o que é importante e qual é o sentido da vida. Lembre-se de suas bênçãos todos os dias. Seja bondoso. Cuide dos outros. Uma pena que eu tenha levado 62 anos para descobrir.”

KRISTI SCHMIDT

Ser um parceiro carinhoso

“Minha mulher e eu vivíamos naquela tensa discussão de sempre sobre a divisão justa do trabalho doméstico. Então, certo dia, o sermão na igreja foi sobre o valor oculto de servir aos outros. Desafiei-me a servir à minha mulher todos os dias por um mês e ver o que acontecia. Durante esse tempo, nunca passei direto por algo que pudesse ser feito; pegava, guardava, esvaziava a lava-louças, punha o lixo para fora. Sem pensar se era a minha vez ou em quem fizera a bagunça. No fim do mês, descobri que nossa vida era mais feliz, mais contente, mais íntima. Continuei agindo assim e ganhei mais do que a loteria. Estamos casados há trinta anos e com esperança de muito mais.”

DANIEL TOWNSEND

 

Por DAVID G. ALLAN de CNN.COM

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteudo em primeira mão!