Faça uma busca
Já tem cadastro? Faça login aqui.
Cadastre-se para continuar lendo!
Artigo exclusivo para assinantes!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa

Entendo que, respondendo a esta promoção, serei ingressado nos sorteios aqui oferecidos e passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Conheça também a nossa Política de Privacidade e Uso de Dados

Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 no primeiro mês. Clique aqui.
|
Publicado em: 26 de julho de 2019

Dia dos avós: a sorte de quem é e a sorte de quem tem

Dia 26 de julho é comemorado o Dia dos Avós, essas figuras tão importantes para nossas vidas.

Imagem: NanoStockk/iStock

Você já deve ter ouvido falar que ser avô/avó é mais divertido e menos estressante do que ser pai. Mas você já se perguntou o porquê? A resposta é simples: você não é tão responsável pela disciplina, mas tem o dobro do amor pra dar.

A sorte dos avós

Como avô, você desempenha um papel importante na vida de seus netos: pode lhes oferecer atenção, amor incondicional e segurança. E ainda contribui para o desenvolvimento deles. Brinque, leia, ensine habilidades como costura, culinária ou carpintaria, compartilhe atividades… Também pode contar a eles a história da família.

Crianças muito ligadas aos avós desenvolvem autoestima elevada, resistem melhor à pressão, apresentam melhores habilidades emocionais e sociais e também se saem melhor na escola. Uma pesquisa da Universidade de Oxford com 1.500 crianças com idades entre 11 e 16 anos mostrou que aquelas com avós participativos eram mais gentis, atenciosas, sociáveis e enfrentavam melhor as adversidades da vida, como a separação dos pais.

Claro que, se quiser, sua ajuda será bem-vinda: tome conta dos netos, pegue-os na escola etc. Como resultado, você vai descobrir que ser avô fortalece o relacionamento com seus próprios filhos. No entanto, há áreas delicadas para negociar e é importante ajudar sem julgar ou interferir.

Aqui estão algumas indicações para você ser um avô nota 10:

  • Informe-se e respeite as regras dos pais com relação a comer, dormir e assistir à TV.
  • Pergunte aos pais sobre regras e práticas e, mesmo que discorde, obedeça-as.
  • Esteja ciente do que há de moderno em termos de segurança, atentando para os requisitos e brinquedos seguros para crianças. Nunca as leve no carro sem as cadeirinhas próprias e certifique-se de que estejam usando o cinto de segurança. Se os netos o visitam, adapte sua casa de modo a torná-la segura para uma criança. Além disso, tire do alcance objetos pontiagudos, elétricos, com risco de asfixia, medicamentos e produtos químicos domésticos. Se tiver uma piscina, torne-a segura.
  • Descubra quanto de supervisão os pais esperam – se as crianças têm permissão para brincar sozinhas, digamos – e siga isso.
  • Saiba o que fazer em caso de doença e tenha os números dos telefones de emergência à mão.
  • Mantenha limites. Não seja uma babá grátis a menos que queira.

Leia também: LL Cool J: o menino criado pelos avós que se tornou uma lenda viva

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados