Faça uma busca
|
Publicado em: 1 de abril de 2020

Estudante cria alternativa ao plástico e outras boas notícias

Fique por dentro das coisas boas que estão ocorrendo ao redor do mundo!

Imagem: © Stuart Robinson/sussex.ac.

Pode parecer difícil encontrar notícias boas em tempos de pandemia, mas a verdade é que o mundo está repleto de pessoas fazendo o bem. Agora, depende de você compartilhar as boas-novas e montar um rede do bem!

______________

Estudante cria alternativa ao plástico

INOVAÇÃO

Uma aluna britânica de pós-graduação em design, de 23 anos, inventou um material biodegradável que pode vir a substituir o plástico em embalagens.

Lucy Hughes (foto em destaque) aproveitou resíduos de peixe para desenvolver um material forte, flexível e translúcido chamado MarinaTex, que parece plástico mas pode ser descartado como lixo alimentar compostável.

Só no Reino Unido, cerca de 490 mil toneladas de resíduos de peixe são produzidas anualmente pelo setor de processamento de pescado. Seu valor comercial é baixo, e tudo isso vai parar em lixões ou é incinerado. No entanto, com sua pesquisa, Hughes descobriu que podia criar um substituto do plástico usando algas vermelhas para unir proteínas da pele e das escamas de peixe em folhas translúcidas.

Um único bacalhau-do-atlântico poderia gerar lixo orgânico necessário para fazer 1.400 sacolas de MarinaTex, diz ela. “Para mim, não faz sentido usarmos plástico, um material incrivelmente durável, em produtos que podem ter um ciclo de vida de menos de um dia.”

Em 2019, Lucy ganhou o Prêmio Internacional James Dyson para engenheiros de projeto. A inventora e empresária garante: “O MarinaTex resolve dois problemas: a onipresença do plástico de uso único e os resíduos de peixe. Espero que ele passe a fazer parte da resposta global à abundância de lixo plástico descartável.”

______________

Cães têm faro para arqueologia

ARQUEOLOGIA

Na Croácia, a capacidade dos cães de rastrear cheiros ajudou os arqueólogos a descobrir túmulos da Idade do Ferro datados de quase 3 mil anos.

Vedrana Glavaš, arqueóloga da Universidade de Zadar, usou pastores-alemães e pastores-belgas Malinois (à direita) que já tinham aprendido a farejar túmulos em investigações policiais. Os cães conseguiram localizar várias urnas fúnebres contendo artefatos e ossos humanos num forte no alto dos Montes Valebit, no litoral do Adriático.

“O nariz dos cães não erra”, diz ela. “Muitos arqueólogos procuram cemitérios de povoados. Acho que os cães podem resolver o problema.”

______________

Limpeza do bairro provoca frenesi viral

SOCIEDADE

Num subúrbio ao norte de Paris, famoso pela violência urbana, integrantes de uma entidade para jovens se espantaram quando sua iniciativa de limpar o bairro inspirou uma campanha nacional de limpeza.

Hind Ayadi, fundadora da entidade artística Espoir et Création, em Garges-lès-Gonesse, pôs 40 jovens para catar o lixo das ruas, chamar a atenção para questões ambientais e incentivá-los a ter orgulho de seu bairro. “Nem sempre os adolescentes se preocupam com questões ambientais, mas dessa vez eles quiseram se envolver”, diz ela.

Em seguida, os voluntários usaram as redes sociais para desafiar a cidade de Marselha a fazer o mesmo. Marselha aceitou o desafio e desafiou Montpellier. A ideia se espalhou de forma viral de cidade em cidade, incluindo Nice, Perpignan e mais 25 outras. Em Garges-lès-Gonesse, o voluntário Adil Nazir, de 16 anos, diz: “É compensador ver que atingimos tanta gente. Agora, estamos dedicados a manter nossa cidade limpa.”

______________

Banco desiste de combustíveis fósseis

INVESTIMENTOS

No fim de 2021, o Banco Europeu de Investimento (BEI) vai deixar de financiar projetos de petróleo, gás e carvão. Desde 2013, o banco concedeu 13,4 bilhões de euros de financiamento a projetos de combustíveis fósseis, mas agora tomará decisões que sigam o Acordo de Paris e, na próxima década, investirá um trilhão de euros em projetos favoráveis ao clima.

Werner Hoyer, presidente do BEI, descreveu a nova estratégia como “um aumento drástico da ambição”.

______________

Bem-estar dos burros

ANIMAIS

A Espanha costuma ser criticada pela péssima atitude em relação ao bem-estar dos animais, principalmente na Andaluzia. Mas essa atitude está mudando. A pitoresca aldeia de Mijas, perto de Málaga, baixou regulamentos que protegem os burros no lombo dos quais os turistas passeiam, como um limite ao peso que podem carregar, períodos obrigatórios de repouso e melhora das condições de vida.

“As novas leis são importantes para apresentar uma sociedade moderna que respeita os animais”, afirma o vereador Nicolás Cruz. No entanto, ainda não se mencionaram as touradas, na famosa praça de touros de 120 anos.

______________

O amor vence tudo

HERÓIS

Luca Trapanese, morador de Nápoles, queria adotar uma criança havia muito tempo, mas na Itália isso é problemático para um homossexual solteiro. “Disseram que só me dariam uma criança doente, com deficiência grave ou problemas comportamentais”, conta Trapanese, de 41 anos. Mas ele não hesitou quando um orfanato ligou para dizer que havia uma bebê de um mês chamada Alba, com síndrome de Down, abandonada pela mãe e rejeitada por 20 possíveis famílias adotivas.

Trapanese diz: “Desde os 14 anos, fui voluntário e trabalhei com pessoas com deficiência, e achei que tinha a experiência certa. Quando peguei Alba no colo pela primeira vez, fiquei louco de alegria.” Trapanese documentou dois anos da vida com a filha nas mídias sociais, questionando os estereótipos sobre paternidade e a ideia de família. “Eu não queria que fosse assim”, diz ele. “Esta é apenas a história da nossa vida.”

______________

COMPILADO POR JAMES HADLEY

fontes: (inovação) Dezeen/The Guardian. (arqueologia) The Guardian. (sociedade) The Guardian. (investimentos) BBC News. (animais) El País. (heróis) Metro/BBC News.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close