Diz-se que os primeiros enigmas surgiram como oráculos. Em tempos antigos, os enigmas tratavam do Sol, da Lua, do arco-íris e do vento. Conta-se que um dos maiores poetas gregos, Homero, teria morrido de humilhação por não conseguir resolver um enigma.

Um raciocínio dedutivo não é exclusividade de gênios da investigação como Sherlock Holmes – você também pode treinar sua mente para pensar de forma inteligente. Tente começar pelos enigmas abaixo!

O que é, o que é…

O que é que quanto mais seca, mais molhada fica?

Furos por toda a parte

Tenho furos por cima e por baixo. Tenho furos à direita e à esquerda. Tenho furos até no meio, Mas ainda retenho água. Quem sou eu?

Perda de peso

Um homem pega um barril pesando 20 quilogramas e o enche. O barril agora pesa menos de 20 quilogramas. De que o barril está cheio?

Condenado?

Um assassino é condenado à morte e tem de escolher entre três salas: a primeira está tomada por labaredas furiosas, a segunda cheia de assassinos armados e a terceira repleta de leões que não comem há meses. Qual sala é mais segura para ele?

A vida na lagoa

Há dois patos diante de dois outros patos.

Há dois patos atrás de dois outros patos.

Há dois patos ao lado de dois outros patos.

Qual o menor número de patos descrito aqui?


Respostas:


O que é, o que é…

A toalha.

Furos por toda a parte

Uma esponja.

Perda de peso

De buracos.

Condenado?

A terceira. Leões que não comem há meses já estão mortos.

A vida na lagoa

Quatro, distribuídos assim:


Curtiu os enigmas? Que tal dar uma olhada em alguns passatempos lógicos para afiar a mente? Clique no link e divirta-se!