Principalmente nos dias quentes, as saladas são indispensáveis: além de serem saudáveis, são refrescantes e ajudam a manter a forma! Para muita gente, porém, a ideia de comer saladas todos os dias pode parecer meio sem graça. Mas, recorrendo a alguns pequenos truques, você pode transformar o sabor das suas saladas – e isso sem recorrer aos molhos industrializados que em nada contribuem para a qualidade nutricional dos pratos.

DICA 1: Azeite e Vinagre

Usar azeite e vinagre para temperar a salada pode não parecer nenhuma grande novidade, mas para quem costuma comer salada sem tempero nenhum a diferença é enorme! O azeite é rico em gorduras saudáveis, e o vinagre contém ácido acético, que ajuda a reduzir a absorção de glicose pelo corpo. E você pode aproveitar e fazer um vinagrete especial para adicionar sabor às saladas de folhas:

Vinagrete de framboesa

4 colheres (sopa) de azeite de oliva extravirgem

4 colheres (sopa) de óleo de nozes

2 colheres (sopa) de vinagre de framboesa ou 1 colher (sopa) de vinagre branco + 2 colheres (sopa) de suco de framboesa (é só espremer um punhadinho delas)

1 pitada de açúcar de confeiteiro

sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo: Misture todos os ingredientes numa vasilha e sirva sobre a sua salada de folhas. Como alternativa, coloque os ingredientes num vidro com tampa de rosca, tampe e agite bem. Pode ser conservado em geladeira por várias semanas.

DICA 2: Limão

Pingar suco de limão sobre as saladas é o bastante para dar aquele toque inusitado e refrescante. Você também pode optar por um molho de frutas cítricas:

Molho cítrico

4 colheres (sopa) de azeite de oliva extravirgem

1/2 laranja

1/2 tangerina

1/2 limão-cravo (ou limão-galego)

sal a gosto

Modo de preparo: Misture bem todos os ingredientes numa vasilha e sirva sobre a sua salada antes de levar à mesa.

DICA 3: Iogurte

O iogurte é uma opção menos gordurosa do que os tradicionais creme de leite e maionese usados para preparar molhos cremosos. A receita abaixo é aveludada e refrescante, ideal para os dias mais quentes. No entanto, é preciso usar os molhos à base de iogurte com moderação, pois a absorção do cálcio pelo organismo compete com a do ferro.

Molho de iogurte com ervas

120 ml de iogurte grego light tradicional

1 colher (sopa) de suco de limão

2 colheres (chá) de vinagre de vinho branco

1 colher de sopa de ervas frescas picadas: coentro, manjericão (para saladas de macarrão), salsinha, cebolinha-francesa ou estragão (para saladas de frango) uma pitada de açúcar de confeiteiro

sal a gosto

Modo de preparo: Misture todos os ingredientes em uma vasilha até obter um molho homogêneo. Prove e ajuste o açúcar, o sal e/ou o suco de limão, se necessário. Cubra a tigela com filme plástico e mantenha o molho na geladeira até a hora de usar. Pode ser conservado em geladeira por 1 a 2 dias.

DICA 4: Nozes, sementes e castanhas

As sementes e castanhas são repletas de vitamina E, ferro, zinco, magnésio, proteína, fibras e gorduras saudáveis. Elas dão uma textura crocante a todos os tipos de saladas, mas é preciso consumi-las com moderação por causa do alto teor de calorias. Prefira-as inteiras (não torradas nem salgadas) e apenas toste-as ligeiramente no forno para realçar seu sabor. Um punhado de nozes, sementes ou castanhas (variadas ou não) são suficientes para transformar qualquer salada!

Quer outras sugestões deliciosas (e picantes) de molho? Clique aqui.