Faça uma busca
Já tem cadastro? Faça login aqui.
Cadastre-se para continuar lendo!
Artigo exclusivo para assinantes!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa

Entendo que, respondendo a esta promoção, serei ingressado nos sorteios aqui oferecidos e passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Conheça também a nossa Política de Privacidade e Uso de Dados

Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 no primeiro mês. Clique aqui.
|
Publicado em: 1 de janeiro de 2021

13 fatos que abrirão seus olhos para as lágrimas

Até mesmo as lágrimas têm história para contar. Veja 13 curiosidades sobre elas e surpreenda-se!

Imagem: Ilustrado por Serge Bloch

Você alguma vez já parou pra pensar que uma única lágrima pode revelar mais do que a forma como nos sentimos? Veja abaixo 13 curiosidades envolvendo as lágrimas ensurpreenda-se!

1. Os seres humanos produzem três versões diferentes de lágrimas

As lágrimas basais lubrificam os olhos, as reflexivas se formam em reação a substâncias irritantes como fumaça e poeira, e as emocionais correm quando estamos tristes ou muito alegres. Todas são feitas de água salgada misturada a óleos, anticorpos e enzimas, mas cada uma contém moléculas diferentes. As lágrimas emocionais, por exemplo, têm hormônios baseados em proteínas, como a leucina-encefalina, anestésico natural liberado quando o corpo está sob estresse.

2. As lágrimas de cebola, obviamente, são da variedade reflexiva. Mas qual é o irritante?

As cebolas secretam um composto para rechaçar predadores – também conhecidos como seres humanos famintos brandindo facas – chamado fator lacrimogêneo. Para reduzir sua liberação, deixe a cebola na geladeira antes de cortá-la e use uma faca bem afiada para diminuir o dano à cebola e a liberação do composto.

3. A palavra vem do latim lacrima

As lágrimas são geradas na glândula lacrimal, que fica acima do olho, logo abaixo da sobrancelha. E a palavra lacrimoso é usada para descrever quem chora muito (também conhecido pela expressão “manteiga derretida”).

4. Recém-nascidos não produzem lágrimas

Lagrimas
Imagem: comzeal/iStock

Na verdade, embora chorem bastante, os bebês só produzem lágrimas com 7 ou 8 meses, de acordo com a Academia Americana de Pediatria. Sabe quem derrama muitas lágrimas? Estudos mostraram que, em média, as mulheres choram 3,5 vezes por mês, quase o dobro dos homens.

5. Chorar pode nos fazer bem

Estudos mostram que o choro libera ocitocina e endorfinas, substâncias que fazem a gente se sentir melhor. Chorar também aumenta a sensação de bem-estar por gerar apoio social, segundo constataram os pesquisadores.

6. Chorar também pode fazer mal

Por outro lado, às vezes chorar faz a gente se sentir pior do que se não tivesse derramado lágrimas. Um estudo verificou que pessoas com tendência geral a chorar com mais frequência se sentem piores depois de chorar durante um filme do que as que raramente choram nessa mesma situação.

7. Titanic não é o filme que mais fez as pessoas chorarem

Lagrimas

De acordo com a revista Entertainment Weekly, o filme de Hollywood que mais faz chorar é Laços de ternura, sobre uma família que lida com o diagnóstico de câncer. Número 2: Bambi. De acordo com o dicionário Merriam-Webster, a palavra inglesa tearjerker, em referência a um filme que faz chorar, surgiu em 1912, por acaso no mesmo ano em que o Titanic afundou. (O filme Titanic é o 16° na lista de tearjerkers da revista.)

8. Chorar faz o nariz escorrer

Você já se perguntou por que chorar faz o nariz escorrer? O excesso de lágrimas produzidas pelas glândulas corre pelos dutos lacrimais. De lá, vai para a cavidade nasal, onde se mistura ao muco e faz o nariz escorrer.

9. Durante séculos, as pessoas achavam que as lágrimas eram criadas no coração humano

O Antigo Testamento diz que se formam quando parte do coração enfraquece e se transforma em água. Na verdade, muita gente chora na Bíblia, embora talvez ninguém explique a situação de forma tão poética quanto Davi no Salmo 56:8, quando ele diz a Deus: “Tu contaste as minhas aflições; põe as minhas lágrimas no teu odre; não estão elas no teu livro?”

10. Chorar é coisa de homem (mesmo na época medieval)

Lagrima
Imagem: MrKornFlakes/iStock

Na época medieval, chorar era perfeitamente aceitável e até masculino. No poema anglo-saxão Beowulf, quando este é morto por um dragão, seus guerreiros ficaram “desconsolados e choraram alto pelo falecimento
de seu senhor”. Também se sabe que o rei Artur era dado a derramar lágrimas.

11. O gás lacrimogêneo já foi proibido

Por falar em guerreiros e, portanto, guerra, o uso do gás lacrimogêneo foi proibido em guerras pela Convenção de Armas Químicas de 1993, convocada por causa do uso desse tipo de arma pelo Iraque na década de 1980 no Irã. Curiosamente, seu uso é permitido à polícia para controlar a multidão em protestos públicos em vários países, inclusive no Brasil.

12. Charles Darwin era fascinado pelas lágrimas

Em seu livro A expressão das emoções no homem e nos animais, o pai da evolução coletou informações sobre macacos sul-africanos e indígenas australianos e as comparou com os filhos. Darwin concluiu: “Temos de ver o choro como um resultado incidental, tão sem propósito quanto a secreção de lágrimas por um golpe fora do olho […] mas não apresenta nenhuma dificuldade ao nosso entendimento de como a secreção de lágrimas serve de alívio ao sofrimento”.

13. A produção de lágrimas diminui com a idade

Quando envelhecemos, a produção de lágrimas basais diminui, o que pode provocar secura dos olhos. As mulheres que passam por mudanças hormonais como a gravidez ou a menopausa são mais suscetíveis. Para ajudar, experimente colírios lubrificantes (também chamados de lágrimas artificiais) ou aplique compressas mornas nos olhos por alguns minutos.

POR JEN MCCAFFERY

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados