Faça uma busca
|
Publicado em: 4 de dezembro de 2017

Como prevenir problemas de visão comuns com medidas simples

Saiba como a adesão de hábitos saudáveis pode evitar problemas nos olhos

Imagem: boggy22/iStock

Os problemas de visão podem surgir em qualquer momento da vida, desde o nascimento até a velhice. Ainda que não seja um diagnóstico que todo mundo terá um dia, cuidar para que eles não apareçam é recomendável. Mudanças de hábitos simples, tanto na alimentação como na rotina, podem ser um bom começo.

Leia também: 4 dicas quentes para evitar problemas de visão no verão

Os olhos podem ser afetados por doenças que têm como ser tratadas com remédios, outras que precisam ser controladas e outras que podem ser revertidas com cirurgia. Mas, para isso, é fundamental estar atento aos primeiros sinais de anormalidade na visão.

Tipos de problemas de visão

problemas de visão - vista cansada
Se perceber que constantemente sente a vista cansada, busque um oftalmologista para um diagnóstico preciso. (Imagem: Prostock-Studio/iStock)

Médicos oftalmologistas orientam que todos deveriam ter consultas de rotina para acompanhar a saúde dos olhos. Mas, é compreensível que nem todo mundo possa ou consiga ter disponibilidade para isso. Fora aqueles que desde cedo apresentam problemas de visão, a maioria só busca atendimento médico quando surge algo de estranho.

Os problemas mais comuns diagnosticados nos consultórios são:

  • Miopia - dificuldade para enxergar de longe. Pode ser corrigida com o uso de óculos ou lentes de contato.
  • Catarata - perda da visão devido à opacidade do cristalino (tecido translúcido, também conhecido como lente). Pode ser tratada com cirurgia.
  • Astigmatismo - dificuldade de focar um objeto independentemente da distância em que ele está. Pode ser corrigido com o uso de óculos ou por meio de cirurgia.
  • Conjuntivite - uma das doenças mais comuns, a conjuntivite pode ser bacteriana, viral ou resultado de uma alergia. Seu tratamento é farmacológico.
  • Hipermetropia - dificuldade de ler ou enxergar objetos próximos. Pode ser corrigido com o uso de óculos ou lentes de contato.
  • Glaucoma - resultado do aumento da pressão ocular. Geralmente, é assintomático, mas pode causar dor intensa, visão embaçada e vermelhidão. Pode ser tratado com colírio ou cirurgia.
  • Presbiopia - também conhecida como "vista cansada", a presbiopia surge após os 40 anos, e é identificada pela dificuldade de focar objetos próximos à visão. Pode ser amenizado com o uso de óculos.

Ainda que os sintomas sejam facilmente identificados, é muito importante buscar ajuda médica para uma avaliação correta. Além disso, obter orientação para o tratamento mais adequado. Em hipótese alguma utilize receitas caseiras para qualquer problema oftalmológico.

Quais os sintomas dos problemas de visão mais comuns?

ardência nos olhos
Um dos principais sintomas de que existe algo errado com a sua visão é quando os olhos começam a doer sem motivo aparente. (Imagem: Prostock-Studio/iStock)

Apesar de cada problema de visão apresentar sintomas específicos, alguns sinais são indicativos de que está na hora de procurar um médico. Se você tiver casos na família, já é recomendado que faça avaliações periódicas da visão. Mas, de qualquer maneira, fique atento se apresentar:

  • Hipersensibilidade à luz.
  • Coceira recorrente nos olhos.
  • Problemas para focar a visão.
  • Dificuldades para enxergar de perto ou de longe.
  • Excesso de lágrimas (lacrimejar o tempo todo).
  • Dores de cabeça repetidas vezes.
  • Visão dupla.
  • Vermelhidão e dor nos olhos.
  • Dificuldade para enxergar à noite.

Caso bebês e crianças apresentem problemas claramente identificáveis, como desvio dos olhos para dentro ou para fora, também precisam ser avaliados por um oftalmologista.

Alimentos que melhoram a saúde dos seus olhos

alimentos bons para a visão
Entre muitas frutas boas para a visão, o abacate se destaca por ter nutrientes que protegem a retina. (Imagem: monstArrr_/iStock)

Peixes

Você come pouco peixe gorduroso? Você também se pega coçando os olhos com frequência? Pois saiba que esses dois fatores podem estar relacionados. Peixes gordurosos são ricos em ácidos graxos ômega 3, e significam lágrimas mais oleosas, que mantêm seus olhos bem lubrificados.

Assim, para olhos límpidos e saudáveis, coma peixes gordurosos, como o salmão ou a cavalinha, duas a três vezes por semana, ou tome um suplemento diário de 3 g de óleo de peixe.

Frutas

As frutas também são importantes aliados no combate a problemas de visão. Ricas em vitaminas e nutrientes, elas podem ajudar a manter seus olhos sempre saudáveis. Portanto, inclua na alimentação abacate (rico em luteína, que previne a degeneração macular e o desenvolvimento da catarata), frutas vermelhas (morango, mirtilo, framboesa, cereja etc.) e frutas amarelas (tangerina, laranja, mamão etc.)

Óleos

O azeite de oliva e o óleo de linhaça não podem faltar no seu cardápio. Além de conter, ômega 3, ômega 6 e ômega 9, são ricos em vitamina E e polifenóis. Essas vitaminas e nutrientes podem diminuir sintomas como ardência e secura nos olhos e também evitar doenças como câncer e corrosão da córnea.

Verduras e legumes

Neste grupo de alimentos, os principais amigos da visão são as folhas verde-escuras, como a couve e o brócolis. O espinafre, por exemplo, é rico em carotenoides, como a luteína e a zeaxantina, que podem ajudar a prevenir qualquer degeneração da retina.

Além disso, não deixe de fora os legumes alaranjados, que contêm bastante carotenoides. São eles: cenoura, milho, pimentão amarelo, batata baroa, abóbora etc. Desse modo, você evita o envelhecimento precoce das células e o desgaste da mácula.

Como a acupuntura pode ajudar a visão

acupuntura para cuidar da visão
Se colocadas nos locais específicos, as agulhas da acupuntura podem amenizar os principais sintomas de problemas de visão. (Imagem: Click_and_Photo/iStock)

Pode parecer estranho, mas a acupuntura pode ajudar muito no alívio de sintomas derivados dos problemas de visão. Diversos estudos já mostraram que esse tratamento chinês milenar pode aumentar a umidade dos olhos, por exemplo, além de reduzir a tensão ocular.

As agulhas, aplicadas em pontos estratégicos, conseguem aliviar a tensão no pescoço, que comumente está ligada à vista cansada. Além disso, a acupuntura pode tratar praticamente todos os problemas mais comuns, como miopia, glaucoma, cegueira noturna, astigmatismo etc.

Cuidado com a maquiagem

maquiagem para área dos olhos
A maquiagem para a área dos olhos precisa estar sempre em bom estado e na validade para não causar alergia e outros problemas na vista. (Imagem: Ridofranz/iStock)

A região dos olhos é uma das mais sensíveis do corpo humano. Por isso, a indústria da beleza desenvolve cremes e maquiagens específicos para essa área. Portanto, vale a pena investir um pouco mais nesses produtos para evitar alergias e problemas mais sérios.

Outro cuidado necessário é com a limpeza. Depois de usar corretivos, lápis para a linha d'água, máscara de cílios, delineador ou sombra, a retirada total e limpeza da pele é imprescindível. Qualquer acúmulo de maquiagem pode causar irritação nos olhos. Além disso, fique sempre atenta à validade desses cosméticos.

Pare e feche os olhos

descansar os olhos
Interromper o trabalho por um momento para descansar os olhos trará inúmeros benefícios para a sua visão. (Imagem: Deagreez/iStock)

Mais um cuidado que devemos ter com os nossos olhos tem relação com a realidade tecnológica em que vivemos. O uso excessivo de telas, seja computador ou celular, pode causar danos à visão. Especialistas afirmam que a exposição à luz emitida pelos aparelhos eletrônicos faz com que pisquemos menos.

Sendo assim, os olhos sofrem um ressecamento que pode levar a infecções, cansaço visual e à síndrome dos olhos secos. Portanto, durante o dia, tire alguns minutos para descansar a vista, feche os olhos e se afaste dos aparelhos eletrônicos.

Vá regularmente ao oftalmologista

exames de vista no consultório
Os exames feitos pelo oftalmologistas são simples, mas podem mostrar problemas que não apresentam sintomas. (Imagem: Inside Creative House/iStock)

Ainda que você não apresente um sintoma claro de problema de visão, vale a pena visitar um oftalmologista uma vez ao ano. Durante a consulta, o médico realizará exames mais apurados que podem ser reveladores. Por exemplo:

  • Avaliação das pálpebras e canais lacrimais.
  • Teste para observar os músculos ligados à movimentação dos olhos.
  • Oftalmoscopia, que examina a parte interna dos olhos, como retina e vasos sanguíneos.

Portanto, não deixe de fazer uma consulta, principalmente quando sentir que sua visão não está mais tão boa como antes. Muitas vezes, o diagnóstico precoce evita problemas mais sérios e irreversíveis.

Atenção: Para ter o diagnóstico correto dos seus sintomas e fazer um tratamento eficaz e seguro, procure orientações de um médico.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close