Faça uma busca
Já tem cadastro? Faça login aqui.
Cadastre-se para continuar lendo!
Artigo exclusivo para assinantes!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa

Entendo que, respondendo a esta promoção, serei ingressado nos sorteios aqui oferecidos e passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Conheça também a nossa Política de Privacidade e Uso de Dados

Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 no primeiro mês. Clique aqui.
|
Publicado em: 2 de junho de 2021

Dermatologistas dão dicas para evitar calos, alergias e ressecamentos nas mãos

As temperaturas mais amenas aumentam a chance de ressecamento nas mãos. Entenda!

Imagem: dolgachov/iStock

Com a chegada do inverno, é comum que as mãos fiquem mais ressacadas. Somado a isso, o uso constante de álcool em gel, prática recomendada pelo Ministério de Saúde para evitar o contágio do Covid-19, favorece ainda mais o ressecamento das mãos. Além disso, outras substâncias que usamos todos os dias, como os detergentes na hora de lavar as louças, também contribuem para isso.

Leia também: 10 erros comuns na hora de lavar as mãos

Há quem não dê tanta atenção assim para o cuidado com as mãos. No entanto, segundo a dermatologista Dra. Ana Paula Fucci, Membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), elas também merecem cuidados.

“É muito importante hidratar e proteger as mãos. Há formulações específicas para pele do corpo, diferente do rosto.  São opções de produtos mais espessos, com veículos de boa espalhabilidade e absorção, mais umectantes”, explica a dermatologista.

Por que as mãos “envelhecem”?

obesidade dificulta o controle da saciedade
Imagemm: bbbrrn/iStock

Segundo a Dra. Regislaine Miquelin, que tem Título da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica, o envelhecimento cutâneo das mãos envolve dois processos principais:

“O primeiro é a mudança na textura cutânea e perda de volume. A mudança na textura inclui pigmentação da pele, atrofia e aparecimento de rugas. O segundo é a perda de volume, que ocorre por diminuição do tecido celular subcutâneo e músculo”, explica.

Outro ponto importante a ser observado é a necessidade de proteção solar diária nas mãos, que também exerce influência no envelhecimento cutâneo.

“A exagerada exposição solar promove o fotoenvelhecimento, bem como o aparecimento de lesões como púrpura solar, ceratoses actínica e seborreica, leucodermias e melanoses”, alerta.

Tratamentos para o cuidado das mãos

cuidados com as maos
Imagem: iStock

A busca de tratamentos para essa área corporal tem aumentado de forma significativa, sobretudo devido ao fato de que as mãos podem revelar a verdadeira idade de alguém. Para manter as mãos bonitas, sem manchas e hidratadas precisamos ter alguns cuidados.

Segundo a Dra. Regislaine, é importante “usar filtro solar com proteção acima de 30; hidratante específico para essa área do corpo e luvas com proteção UV”, afirma.  

Também é possível realizar tratamentos para essa área específica do corpo, segundo a Dra. Ana Paula Fucci. “Como os tratamentos com laser e Luz Intensa Pulsada para manchas e melhoria da qualidade da pele e bioestimuladores de colágeno, para melhoria da textura e resistência da pele, o que ajuda na cobertura de tendões e veias que eventualmente se tornem aparentes”, conclui.

Substâncias que agridem a pele

No que diz respeito a substâncias que podem agredir as mãos, Dr. Franklin Verissimo que atua com medicina estética em Fortaleza (CE) explica: “o uso de sabonetes, detergentes ou substâncias alcoólicas (como o álcool em gel a 70%) em excesso destrói camadas de proteção da pele, o que facilita a perda de água e a desidratação e, por fim, o ressecamento excessivo, que pode levar a dermatites e ferimentos”.

Com o surto do coronavírus, as pessoas estão usando com muita frequência álcool em gel, além da lavagem constante com sabonetes, o que contribui para essas agressões nas mãos.

“Nós, médicos, recomendamos que após a higienização a pessoa use algum hidratante específico para as áreas das mãos. Esse hábito evitará possíveis ferimentos e outras lesões de pele”, conclui.

SEJA UMA CONSULTORA DE BELEZA NATURA
E escreva sua história de sucesso!

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados