A lavagem correta das mãos é a maneira mais simples de manter você e os outros seguros, tanto de bactérias como de vírus. 

Os pais sempre dizem, e eles estão certos: lave as mãos. A prática elimina bactérias ruins, como E. coli e salmonela, ambas causadoras de intoxicação alimentar comum. E também pode evitar resfriado e gripe, sem mencionar coisas assustadoras, como o novo coronavírus. Assim, se você não lavar as mãos adequadamente, estará se colocando em risco. Não cometa os seguintes erros:

wojciech_gajda/iStock

1. Lavar por tempo insuficiente

Um estudo da Michigan State University (MSU), publicado no Journal of Environmental Health, descobriu que 95% das pessoas não lavam as mãos por tempo suficiente para matar efetivamente os germes – são 20 segundos de lavagem com água e sabão, de acordo com os Centros para Controle de Doenças e Prevenção. “Pedimos a crianças e adultos que cantem a música ‘Parabéns pra você’ duas vezes”, diz a Dra. Roshini Raj, MD, professora do Departamento de Medicina da NYU Langone Health.

O tempo médio de lavagem das mãos era de apenas seis segundos, de acordo com o estudo da MSU. Além disso, 15% dos homens e 7% das mulheres não lavaram as mãos depois de usar o banheiro.


Aleksandr_Vorobev/iStock

2. Deixar de lavar os dedos

Se você apenas esfregar sabão entre as palmas das mãos e enxaguar, suas mãos provavelmente ainda estarão sujas. “Os germes gostam de se esconder embaixo das unhas e entre os dedos, então você deve esfregar essas áreas toda vez que lavar as mãos”, diz a Dra. Raj. Esfregue vigorosamente para obter uma boa espuma – o atrito é essencial para eliminar a sujeira e os micróbios da pele.


Iurii Maksymiv/iStock

3. Não secar bem

As técnicas de lavagem das mãos mais eficientes são inúteis se você não as  secar corretamente. Os germes gostam de se reproduzir com a umidade, diz Dra. Roshini Raj. Sair do banheiro com as mãos ainda úmidas pode facilitar a coleta de micróbios na próxima superfície em que você tocar. Se você tiver a opção de toalhas de papel ou sopradores de ar, escolha as toalhas de papel.

Em uma revisão de estudos sobre lavagem das mãos, datada da década de 1970, os pesquisadores concluíram que as toalhas de papel são superiores aos secadores para secar as mãos adequadamente (a revisão foi publicada na Mayo Clinic Proceedings). Se os sopradores forem sua única opção, fique tempo suficiente com as mãos sob o ar que sopra até que estejam completamente secas, mesmo que demore um pouco.

De tratamento à limpeza de ambientes: novas informações para conter o Coronavírus. 


nalinratphi/iStock

4. Lavar somente depois de usar o banheiro

Sempre que você toca em uma superfície pública – botões de elevador, maçaneta, caixa eletrônico ou poste de metrô – você corre o risco de pegar germes ou bactérias. “A maioria das pessoas sabe que deve lavar as mãos depois de ir ao banheiro, mas você também deve lavá-las periodicamente durante todo o dia, especialmente durante pandemias“, diz Dra. Raj. Para momentos em que isso não é possível, guarde um frasco de álcool em gel na bolsa ou na gaveta da mesa de trabalho.