Seja para se manter afastado do novo coronavírus, ou de doenças respiratórias simples, lavar as mãos deve ser a regra de higiene básica a ser adotada.

Por que a lavar as mãos é tão importante?

De forma resumida e até mesmo bastante óbvia: porque suas mãos estão sujas. À medida que entram em contato com várias pessoas, animais, alimentos e superfícies, elas capturam milhares de germes, bactérias, vírus e outras coisas desagradáveis ​​que podem deixá-lo doente caso entrem em seu corpo. 

“Tocamos nossos olhos, narizes e bocas com as mãos com mais frequência do que pensamos. E isso pode permitir a inoculação direta de germes em nossas mucosas”, explica a médica Janet Haas, diretora de Epidemiologia do Hospital Lenox Hill. 

“Também usamos nossas mãos para preparar e comer alimentos. Por isso, mãos que não estejam devidamente limpas podem contaminar os alimentos que nós e outras pessoas iremos comer”. 

Mas lavar as mãos tem o poder de minimizar ou até mesmo eliminar esses riscos – para você e para quem está ao seu redor. 

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o simples ato de lavar as mãos reduz pode reduzir em até 40% o risco de contrair doenças virais, como a gripe, mononucleose e norovírus. Além de evitar diarreias, infecções estomacais, conjuntivite e dores de garganta.

Lave suas mãos corretamente

Acredite ou não, mas de acordo com um estudo publicado no Journal Of Environmental Health, apenas 5% das pessoas lavam as mãos da forma correta.

Janet Haas diz que o truque é esfregar sabão em todas as partes de suas mãos, pois é o atrito que remove os germes. Além disso, não se esquecer de lavá-las por um período de tempo suficientemente longo também é importante. 

“Esfregue por 20 segundos, certificando-se de que o sabão entrou em contato com os dedos e com as palmas das mãos. E não se esqueça dos polegares!”, ela aconselha. “E evite fechar a torneira com as mãos limpas: feche-a com uma toalha, com o pulso ou com o cotovelo, de modo que você mantenha suas mãos limpas.” 

Descubra agora 15 doenças que você pode evitar com uma lavagem cuidadosa das mãos. E aproveite e confira também 40 coisas sobre sua saúde que os médicos querem que você saiba!

/iStock

Coronavírus

Como você certamente já sabe, todos nós estamos preocupados com o coronavírus, ou COVID-19. Esse novo vírus pode levar à pneumonia, insuficiência respiratória aguda e provocar até mesmo a morte, principalmente em idosos e pessoas com doenças crônicas

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a taxa de mortalidade pode chegar a 3,4%. Além de ser transmitido facilmente por meio de gotículas respiratórias e ter um período de incubação de até 14 dias, pessoas infectadas podem ser portadoras assintomáticas do vírus  o que significa que podem transmiti-lo sem saber para outras pessoas.

Então, como você pode se proteger e ajudar a retardar a propagação desta doença?  Evitando o contato próximo com pessoas doentes, ficando em casa se não estiver se sentindo bem e adivinhou lavando as mãos regularmente e de forma adequada. 

Essa abordagem foi usada para combater vários contágios no passado, sejam epidemias ou pandemias. 


grinvalds/iStock

Norovírus

Diferente da gripe, que precisa de 50 a 100 partículas do vírus para que efetivamente ocorra a contaminação, no caso do norovírus é preciso apenas uma.  

Mas uma boa lavagem de mãos à moda antiga pode ajudar a evitar as complicações gastrointestinais que resultam dessa infecção. 

Na verdade, lavar bem as mãos com água e sabão supera até mesmo o uso de desinfetantes à base de álcool nas mãos (que não são tão eficazes contra o norovírus) ou a desinfecção vigorosa das superfícies. 

De acordo com um estudo publicado na Royal Society Open Science, as superfícies lavadas reduzem a transmissão do norovírus apenas em até 60%, enquanto a lavagem das mãos – se feita pela maioria das pessoas, digamos, que estivessem em um cruzeiro – poderia parar completamente um surto.


Wavebreakmedia/iStock

Gripe

A gripe pode ser mortal – e não apenas para pessoas muito jovens, muito idosas ou com baixa imunidade.

Por isso, além de tomar a vacina contra a gripe, adotar o hábito regular de lavar as mãos é uma medida preventiva essencial, especialmente quando você está exposto aos germes da gripe sem saber.

“Toda doença infecciosa tem o que é chamado de período de incubação – o tempo entre a exposição e a doença – e algumas manifestam sinais quando você começa a ficar doente, mas não apresentam sintomas específicos de uma doença em particular” diz Haas.

“Em muitos casos, doenças infecciosas, como a gripe, podem ser transmitidas antes que uma pessoa tenha sinais e sintomas da doença.”

Por isso, lavar as mãos pode garantir que você não esteja se infectando involuntariamente. Confira também como acabar com gripes e resfriados com 20 dicas eficazes!


fizkes/iStock

Conjuntivite 

Quando seus olhos começam a lacrimejar com frequência, ficam pegajosos e com muita coceira – e, pela manhã, apresentam uma crosta com “farelinhos” –, você provavelmente está com conjuntivite.

Como as pessoas esfregam os olhos para aliviar o desconforto e, em seguida, tocam o ambiente, o vírus ou bactérias que causam a conjuntivite se espalham em todos os tipos de superfícies, onde podem viver por horas ou até mesmo dias.  E são as crianças que correm um risco particular de infecção e transmissão.

“As crianças exploram o mundo ao seu redor de maneira tátil, por isso elas estão mais expostas a superfícies contaminadas do que os adultos”, explica Neha Vyas, especialista em medicina familiar.

“Qualquer infecção viral ou bacteriana pode ocorrer em crianças como resultado disso. Elas correm maior risco de infecções oculares, dores de garganta, infecções de pele, infecções pulmonares e infecções geniturinárias e gastrointestinais. ”

Por isso, é muito importante que os pais ensinem, ainda cedo, as técnicas adequadas de lavagem das mãos para os seus filhos. 

Uma boa maneira de garantir que eles lavem as mãos por tempo suficiente é pedir a eles que cantem “Parabéns pra você” duas vezes enquanto estiverem ensaboando. 

Confira como aliviar os incômodos da conjuntivite com essas dicas!