Faça uma busca
|
Publicado em: 25 de março de 2021

Descubra os benefícios do ácido kójico para sua pele

Usado para combater as manchas na pele, o ácido kójico ajudará você a ter uma pele mais bonita.

Imagem: VLG/iStock

Você já ouviu falar do ácido kójico? Ele está presente em diversos produtos cosméticos e pode fazer maravilhas para a pele. Por ser um agente despigmentante natural usado para procedimentos de clareamento, o ácido kójico auxilia na diminuição de manchas escuras da pele e ainda ajuda a combater as acnes.

O que é ácido kójico e quais os benefícios

Produzido biologicamente por vários fungos e bactérias durante a fermentação aeróbia, utilizando carboidratos como fonte de energia, o ácido kójico é um despigmentante natural milenar. Ele teve origem no Japão e era utilizado antigamente pelas gueixas para garantir uma pele sempre clara, limpa, uniforme e sedosa.

O ácido kójico é um dos ácidos mais utilizados para o tratamento de melasmas. Isso porque ele ajuda a diminuir as manchas na pele e combate o envelhecimento precoce. Além disso, o ácido kójico também bloqueia a ação de um aminoácido chamado tirosina que está ligado à melanina e às manchas na pele.

O ácido também pode ajudar em outros tratamentos estéticos como o peeling, por exemplo. Além da ação clareadora, outros benefícios do ácido kójico são:

  • melhora da aparência das cicatrizes;
  • rejuvenescimento facial;
  • auxílio no tratamento de micose e pé de atleta;
  • remoção de cravos e espinhas.

Os produtos com ácido kójico em sua composição podem ser encontrados em forma de creme, loção, emulsão, gel ou sérum. Geralmente a concentração do ácido nos cosméticos varia de 1% a 3%. No entanto, por ser um ácido, a maioria das marcas produz produtos com até 2%, para evitar a irritação na pele.

Como é feito o tratamento com ácido kójico

Por se tratar de um ácido, a substância não deve ser utilizada por muito tempo na pele pois pode causar irritação. Sendo assim, o tratamento é feito por cerca de 10 a 12 semanas e caso não haja melhora significativa, o médico deverá receitar outra fórmula para o tratamento.

Para peles oleosas, o mais indicado é utilizar produtos em forma de sérum ou loção e para peles mais maduras e secas, os cremes são os mais indicados.

Geralmente é recomendado que o produto seja aplicado diariamente de manhã e de noite. Os dermatologistas recomendam também o uso de um protetor solar para proteger a pele dos efeitos nocivos do sol.

Produtos com mais de 1% de concentração do ácido só devem ser utilizados por um médico dermatologista. Concentrações superiores a essa podem causar irritações que podem se manifestar como coceira, vermelhidão, erupção cutânea, queimadura na pele e deixar a pele sensível.

Contraindicações

Apesar do ácido não ter contraindicações, é sempre importante consultar um dermatologista antes de optar por qualquer tratamento estético. Também é essencial que as pessoas que optarem por esse procedimento protejam a pele muito bem dos raios solares.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close