Faça uma busca
|
Publicado em: 19 de julho de 2021

Entenda a influência do frio nas dores do corpo

Temperaturas mais baixas favorecem o surgimento de dores musculares e problemas na pele.

Imagem: AaronAmat/iStock

É comum que algumas pessoas sintam dores no corpo quando a temperatura cai. Esse desconforto, que pode ser sentido com mais ou menos intensidade, é uma resposta de nosso organismo, que tenta manter a temperatura corporal – e, para isso, contrai a musculatura.  

Portanto, nos dias mais frios, a musculatura do nosso corpo fica mais contraída e, dessa forma, dolorida. Se esse é o seu caso, confira a nossa matéria com algumas massagens relaxantes que reduzem as dores no corpo em segundos!

E os dedos, por que doem?

No frio extremo, os dedos (de mãos e pés) também podem doer muito. Afinal, em temperaturas negativas, as artérias, responsáveis pelo fornecimento de sangue aos dedos, podem sofrer espasmos, limitando o fluxo sanguíneo às extremidades e liberando substâncias químicas que enviam alertas de dor ao cérebro.

Mesmo que tente aquecer a área afetada, esfregando-a bem, aproximando-a de uma fonte de calor ou colocando luvas ou meias extras, a dor persistirá até todas as substâncias químicas, liberadas com o espasmo muscular, terem sido eliminadas do corpo.

Em casos graves, a persistente falta de fluxo sanguíneo, causada pelo frio, pode levar a dano tecidual (ulceração por frio) ou até a morte do tecido (gangrena).

Por que as frieiras surgem?

Às vezes, o tempo frio causa enfermidades pequenas, mas dolorosas: frieiras e pele rachada. As frieiras se desenvolvem quando a pele, após exposta a frio extremo, volta a se aquecer muito rápido. Se você sofre com frieiras, veja algumas dicas de remédios caseiros para a frieira que podem ajudar.

Já a pele rachada ocorre com maior frequência quando as glândulas sebáceas produzem menos sebo do que o usual para lubrificar a pele.

Por que sentimos dor de cabeça ao tomar sorvete?

Por bastante tempo, acreditou-se que as dores de cabeça causadas por sorvetes eram uma dor referida gerada pela irritação do nervo trigêmeo, compartilhado pelo palato (céu da boca) e pela fronte (testa).

Entretanto, segundo um estudo de 2012 da Escola de Medicina de Harvard, quando o sorvete gelado toca o palato, a artéria cerebral anterior experimenta o crescimento repentino de fluxo sanguíneo. O aumento da pressão, então, provoca a dor no cérebro. Mas não se preocupe! A dor só dura alguns segundos. Logo depois, ela passa.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close