Faça uma busca
|
Publicado em: 13 de outubro de 2021

Saiba como aliviar sintomas de bronquite e alergias

Algumas remédios caseiros podem ajudar a combater os sintomas da bronquite e de outras doenças respiratórias.

Imagem: AndreyPopov/iStock

Soluções caseiras podem te ajudar a lidar melhor com sintomas de bronquite, asma e alergias. Os sintomas podem incluir tosse, coriza, falta de ar, entre outros. Além disso, as alergias podem surgir em virtude de diversos fatores, sendo agravadas comumente pelas mudanças climáticas. Nesse sentido, os alérgicos podem ficar reféns da previsão do tempo.

Geralmente, doenças respiratórias não têm cura mas podem ser controladas. Quem sofre de asma, por exemplo, sabe como é angustiante os momentos de crise. Já para quem tem rinite alérgica, ter que conviver com as mudanças de estações é um desafio. Mas, é possível aliviar esses sintomas com a ajuda de chás e expectorantes feitos em casa. A seguir, você confere algumas dicas que podem acalmar os acessos de tosse, diminuir a coriza e até desobstruir as vias respiratória.

Dose dupla contra os sintomas de bronquite

O aroma penetrante da raiz-forte ralada, acompanhado do cheiro ácido do limão, ajuda a dissolver o muco nos canais dos seios da face e dos brônquios. Para fazer um xarope para tosse, rale um pedaço de raiz-forte sem casca num recipiente (ou use-a já preparada). Em seguida, transfira 50 g da raiz-forte ralada para um recipiente menor. Junte 80 ml de suco de limão e misture bem. Beba ½ colher de chá da mistura duas a três vezes ao dia. Dessa forma, a ação expectorante deve provocar a tosse depois de cada dose. Este remédio caseiro para bronquite ajuda seus pulmões a se livrarem do muco.

Combata a asma com peixe

O ômega-3 - ácido graxo encontrado na sardinha, no atum, no salmão e outros peixes gordurosos - possui  uma ação muito semelhante à da classe de drogas chamadas inibidores de leucotrienos. Eles desativam compostos corporais que contribuem para a inflamação das vias respiratórias. Certifique-se de incluir peixes no seu cardápio.

Como aliviar a rinite rápido em casa

como aliviar os sintomas de bronquite com inalação
A inalação é uma antiga técnica que contribui para o alívio rápido dos sintomas. (Imagem: AndreyPopov/iStock)

Se você tem a sorte de ter acesso às folhas secas de eucalipto, basta fervê-las amassadas. Em seguida, deixe descansar de 4 a 5 horas e coe os pedacinhos de folhas antes de aquecer o líquido para ser inalado. Ou então, adicione 5 a 10 gotas de óleo de eucalipto comprado pronto à água fumegante. Coloque o recipiente na ponta de uma mesa, sente-se, incline a cabeça sobre ele e cubra-a com uma toalha para formar uma tenda. Respire a fumaça por cerca de 10 minutos, tomando cuidado para não ficar perto demais do vapor. Seus pulmões ficarão limpos e você ainda ganha um tratamento facial de bônus.

Urtiga e rinite

Se você tem acesso a urtiga fresca, use luvas quando a colher e ao lavar as folhas. Adicione 120 g da folha a 6 xícaras de água fervente, reduza o fogo e cozinhe até a água ficar verde. Coe o líquido em peneira fina para um bule de chá grande. Em épocas de rinite alérgica, beba uma xícara do chá de urtiga pela manhã e outra à tarde. Adoce com mel, se desejar.

Os estudos ainda não confirmaram definitivamente a eficácia da urtiga para tratar a rinite, mas legiões de pessoas juram que os poderes da erva reduzem o corrimento do nariz e o lacrimejo dos olhos.

Poeira, ácaros e pólen são os principais vilões da rinite. Então, para acabar de vez com eles, conheça outras medidas simples e eficazes.

Fluidifique o muco com verbasco

O verbasco, um remédio popular bastante conhecido para doenças respiratórias, contém saponina - substância que fluidifica a fleuma e promove a expectoração. Ele também possui mucilagem gelatinosa, que acalma as membranas mucosas. Para preparar um chá de verbasco, coloque 2 colheres de chá de folhas secas na água recém-fervida durante 10 minutos. Os herboristas recomendam beber o chá até três vezes ao dia para aliviar a congestão dos brônquios.

Alguns comportamentos também podem ajudar ou atrapalhar a vida dos alérgicos. Você sabia que alguns produtos e alimentos podem desencadear uma crise alérgica respiratória? Veja aqui quais são eles e descubra as ações do dia a dia que devem ser evitadas.

Atenção à camomila

como aliviar sintomas de bronquite com camomila
Além de relaxante, a camomila pode contribuir para o alívio dos sintomas. (Imagem: ConstantinosZ/iStock)

Para um chá antialérgico, esmague 2 a 3 colheres de chá de flores de camomila alemã. Depois, despeje 240 ml de água fervente, deixe descansar por 10 minutos, coe e beba de 3 a 4 vezes ao dia. Porém, cuidado! Embora a camomila seja uma erva tradicional no combate à febre, ela pode agravar os sintomas de qualquer pessoa alérgica à tasna; também conhecida como erva-de-santiago. Para as demais pessoas, o azuleno contido na camomila possui propriedade anti-inflamatórias. Esse fato tem levado os médicos a prescrever preparados à base dessa planta para as infecções do trato respiratório e alergias.

Água salgada contra os sintomas de bronquite

Este é um descongestionante caseiro que vai ajudar a expelir os alérgenos de suas vias nasais. A solução isosmótica equipara-se à concentração de sal encontrada no corpo, tornando-a suave, mas eficaz. Este remédio funciona melhor à temperatura ambiente. Mas, jogue fora a solução restante depois de dois dias.

Modo de preparo

Passo 1: Encha uma panela média com 1 litro de água, acrescente 1 colher (sopa) de chá de camomila e 2 colheres (chá) de sal. Em seguida, deixe ferver em fogo baixo.

Passo 2: Mexa até dissolver o sal e deixe esfriar à temperatura ambiente.

Passo 3: Coloque a solução em um recipiente vazio para borrifar nas narinas. Faça isso dias vezes no interior de uma narina, sempre que necessário, enquanto mantém a outra fechada.

Use helênio como expectorante

Compre chá ou extrato de helênio, adoce com mel e beba 1 a 2 xícaras por dia para estimular o mecanismo natural de "faxina" dos pulmões. O princípio ativo do helênio é a alantolactona - expectorante testado e comprovado. O uso do helênio remonta à presença dos primeiros colonizadores europeus na América. Eles o usavam para tratar os sintomas da asma, da tosse convulsiva, da pneumonia e da tuberculose. A asma, inclusive, é uma doença cercada de mitos que podem confundir e atrapalhar quem convive com ela. Por isso, ter informações profissionais é super importante.

fechar

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close