Faça uma busca
Já tem cadastro? Faça login aqui.
Cadastre-se para continuar lendo!
Artigo exclusivo para assinantes!
É grátis e você garante acesso a 3 conteúdos exclusivos
devices
Já sou assinante da Revista Impressa

Entendo que, respondendo a esta promoção, serei ingressado nos sorteios aqui oferecidos e passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Conheça também a nossa Política de Privacidade e Uso de Dados

Aproveite e assine o site seleções por apenas R$1,99 no primeiro mês. Clique aqui.
|
Publicado em: 16 de abril de 2021

Homens também têm varizes, mas recorrem menos a tratamentos

Descubra agora o porquê delas ocorrerem também em homens, quais são os riscos e como evitar.

Imagem: Aers/iStock

Ao contrário do que muita gente pensa, vasinhos e veias dilatadas não são exclusividade feminina. De fato a doença venosa crônica é mais comum em mulheres, e elas também tendem a ser mais preocupadas com saúde e estética buscando com mais frequência o diagnóstico. Porém, as varizes também podem afetar os homens.

Leia também: Trombose venosa profunda: quais os sintomas e tratamentos?

Ocultos embaixo dos pelos das pernas, muitas vezes os vasinhos iniciais não são notados pelos homens, que já costumam demorar mais a procurar tratamento, permitindo que o problema se agrave. Mas as varizes podem levar a complicações mais sérias, e por isso é importante se informar sobre o assunto.

“Ainda que em menor proporção do que nas mulheres, varizes em homens também são comuns, embora passem despercebidas em seus estágios iniciais. Por isso é muito importante realizar um check-up vascular periodicamente e cuidar da saúde, adotando um estilo de vida saudável”, explica o angiologista e cirurgião vascular Dr. Eduardo Toledo de Aguiar, que é Membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV).

Descubra agora o porquê delas ocorrerem também em homens, quais são os riscos e como evitar.

Quais são as principais causas das varizes em homens?

varizes em homens
Imagem: perfectlab/iStock

Normalmente, essa é uma doença que costuma estar mais associada às mulheres, por causa dos fatores hormonais. No entanto, segundo estimativas da SBACV (Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular), 30% dos homens brasileiros têm varizes. Isso ocorre devido aos demais fatores de risco para a doença.

“A genética é uma importante causa da doença venosa crônica, que leva ao aparecimento das varizes. Por isso, se pelo menos um dos pais apresentar o problema é provável que, mais cedo ou mais tarde, as varizes surjam. Além disso, a idade também pode propiciar o surgimento de varizes. E isso porque é a partir do envelhecimento que os efeitos da sobrecarga nas veias das pernas, que trabalham contra a gravidade, se intensificam”, explica o Dr. Eduardo Toledo.

A idade também faz com que haja um afrouxamento dos tecidos, e assim as varizes nos homens tornam-se mais aparentes. Além disso, a ocupação exercida também pode ser um fator de risco para o desenvolvimento das varizes.

“Trabalhos que exijam que a pessoa passe muito tempo em pé ou sentado, como dentistas, seguranças e cabeleireiros sobrecarregam as veias dos membros inferiores, que precisam vencer a gravidade para mandar o sangue de volta para o coração. Isso pode acelerar o inchaço, além da dor, obrigando a interrupção do trabalho para colocar as pernas para cima como forma de alívio”, explica o angiologista.

Outros fatores que podem aumentar a predisposição de varizes em homens:

  • Má alimentação;
  • Sedentarismo;
  • Sobrepeso;
  • Traumas nas pernas;
  • Tabagismo;

Falta de cuidado com as varizes

Culturalmente os homens tendem a cuidar menos da saúde do que as mulheres. E assim, realizam menos consultas médicas preventivas, além de terem hábitos alimentares piores, o que aumenta a predisposição a diversas doenças, como problemas cardíacos, infecções e até mesmo cânceres. E em relação às varizes nos homens, a lógica é a mesma.

“No caso específico dos homens, a falta de cuidado com a saúde é um agravante. Eles não costumam visitar o médico com frequência e nem realizam exames de rotina. Além de se incomodarem menos com questões estéticas, as varizes são menos aparentes nas pernas peludas. Por fim, eles resistem ao uso de medidas preventivas, como as meias de compressão”, explica o Dr. Eduardo Toledo de Aguiar.

Quais são as possíveis complicações?

varizes em homens
Imagem: toons17/iStock

Se o problema fosse só de natureza estética, realmente as varizes nos homens poderiam não ser motivos de preocupação. No entanto, não é bem assim.

“O grande problema com as varizes é que elas são os sinais de uma doença, a chamada Doença Venosa Crônica (DVC). A doença evolui ao longo do tempo para outras complicações. O que é particularmente preocupante no homens, que demoram a se dar conta do problema”, explica o angiologista.

Confira algumas complicações das varizes em homens:

  • Flebite: inflamação que produz coágulos no interior dos vasos. O quadro leva ao fechamento parcial da veia, causando dor, inchaço e possíveis complicações, como a trombose venosa profunda.
  • Ulcerações: A progressão da doença dificulta cada vez mais o retorno do sangue ao coração, o que dificulta a oxigenação, causando o sofrimento da pele, abrindo-a. São as feridas de perna ou Úlcera Varicosa.

Como prevenir a ocorrência de varizes em homens?

alongamento ou aquecimento
Imagem: Ivanko_Brnjakovic/iStock

Por tratar-se de uma doença de causa sobretudo hereditária, quem já tem predisposição a ter varizes não pode evitar seu surgimento. No entanto, alguns cuidados são importantes para retardar o aparecimento e a evolução do quadro. Como por exemplo:

  • Evitar passar longos períodos na mesma posição, em pé ou sentado;
  • Cuidar da alimentação e da manutenção do peso;
  • Usar meias de compressão caso apresente fatores de risco ou sintomas iniciais.

Além disso, exercícios são protetores e retardam o surgimento ou a piora das varizes, por isso é importante manter uma boa rotina de atividades físicas. Confira aqui quais exercícios são liberados para quem tem varizes.


* Fonte: – Dr. Eduardo Toledo de Aguiar angiologista e cirurgião vascular, Membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV), Prof. Livre Docente de Cirurgia Vascular FMUSP e Diretor da Spaço Vascular.

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados