Faça uma busca
|
Publicado em: 22 de fevereiro de 2018

Encontre sua cura pessoal para a “doença do sedentarismo”

Imagem: AndreaObzerova/iStock

Apesar de ainda não ser reconhecida oficialmente pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a doença do sedentarismo é real, e você pode tê-la sem ter se dado conta. Você trabalha sentado? Quanto de TV assiste à noite? Como você vai para o trabalho? Sem perceber, você pode estar passando de 14 a 16 horas ao dia sentado. Acrescente a isso 6 a 8 horas de sono e estamos falando de quase um dia inteiro de inatividade.

As coisas não foram sempre assim

Antigamente, tínhamos de caçar e colher nossa própria comida. Tínhamos de lavar nossas roupas à mão. Mais recentemente, tínhamos de atravessar o escritório para checar a correspondência. Tínhamos de ir ao supermercado para fazer as compras. Nem andamos mais até o balcão para pedir nosso fast-food; usamos o drive-thru. Em outras palavras, a sociedade moderna eliminou todo o exercício de nossas vidas.

Dr. James Levine, pesquisador da Universidade de Minnesota, calculou o custo da doença do sedentarismo ao estudar um conceito chamado atividade termogênica sem exercício (sigla NEAT, em inglês). Termogênese significa queima de calorias; então, NEAT é o termo usado para o gasto calórico, isto é, a energia que você gasta nas atividades do dia a dia – por exemplo, quando sobe escadas, se movimenta ou faz as tarefas domésticas. Você pode achar que essas calorias não contam, mas, na verdade, a NEAT é de extrema importância. Isso porque tem o potencial de contribuir para a soma de mais calorias do que as que se queimam durante meia hora na academia.

Por exemplo, 30 minutos de caminhada na esteira queimam aproximadamente 150 calorias. Nada mal – mas ainda é pouco. Em comparação, a parte NEAT de sua queima diária pode ser cinco vezes maior que seus esforços na academia, dependendo do nível de atividade do seu dia. Em estudos com obesos e pessoas de peso normal, Dr. Levine descobriu que pessoas magras queimam até 2.000 calorias NEAT a mais por dia do que as que estão acima do peso.

Dr. Levine defende a reciclagem de velhos hábitos para ajudar no aumento do gasto calórico. Graças às conveniências modernas como lavadoras de louça e outros avanços dos quais usufruímos, queimamos cerca de 350 calorias a menos do que há 40 anos. Pode não parecer muito, mas ao longo de um ano a diferença pode significar ganho de peso de 18 quilos. E, de acordo com Dr. Levine, nosso déficit de NEAT pode explicar a epidemia mundial de obesidade.

A seguir, uma lista de atividades NEAT mais comuns e quantas calorias uma pessoa de 70kg queimaria em 30 minutos:

Varrer folhas com ancinho – 147 cal

Praticar jardinagem ou tirar ervas daninhas – 153 cal

Passar aspirador de pó – 119 cal

Limpar a casa – 102 cal

Cortar a grama – 205 cal

Brincar com animais ou crianças (nível de atividade moderado) – 136 cal

Passear a pé – 103 cal

Ir para o trabalho de bicicleta (em terreno plano) – 220 cal

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados