Faça uma busca
|
Publicado em: 20 de julho de 2019

23 segredos que os oftalmologistas gostariam de revelar

Descubra como evitar problemas e quais as melhores formas de cuidar da sua visão.

Imagem: iStock/robertprzybysz
Iana Faini
Por: Iana Faini
Publicidade


Pedimos a 10 oftalmologistas brasileiros que nos falassem dos problemas mais comuns no consultório: por que os óculos custam tão caro? O que precisamos mesmo saber sobre as cirurgias a laser? E o que estamos fazendo agora e que vai nos causar arrependimento depois? As respostas a baixo mudarão o modo como tratamos os olhos:

Por Cristina Azevedo
  • iStock/AlexRaths

    1.

    “Infelizmente existe uma certa semelhança entre os frascos de colírio e os de tratamento de doenças do ouvido ou de micoses da pele e das unhas. Não é raro as pessoas pingarem esses medicamentos nos olhos. Pior ainda é usarem os frascos vazios de colírios para armazenar, por exemplo, fluido de isqueiro. Já atendi a uma paciente que, não avisada pelo marido, pingou o fluido nos olhos e teve uma severa descamação da córnea.”

    Miguel Padilha

  • iStock/Joy10000Lightpower

    2.

    “Tem gente que acha que colírio é uma aguinha qualquer. Se usar colírio com corticoide por muito tempo, pode ter glaucoma e predisposição à catarata. Já vi dois casos de pessoas que tiveram perda de visão porque usaram colírio de outra pessoa, como um rapaz que usou indiscriminadamente o colírio do avô. Um caso conseguimos recuperar. O outro tem baixa visão até hoje.”

    Leôncio Queiroz Neto

  • Photo by Julia R. from FreeImages

    3.

    “Lente de contato em geral é muito segura. O problema é quando abusam da vida da lente ou das horas de uso. Nadar com elas, por exemplo, aumenta o risco de infecção. O uso inadequado pode levar a complicações graves, inclusive com indicação de transplante de córnea.”

    Renato Ambrósio

  • iStock/kadmy

    4.

    “Quem dilata a pupila deve usar óculos escuros e aguardar o retorno do tamanho para voltar a dirigir e ter bom desempenho nos estudos ou no trabalho. Dependendo da droga utilizada, da dose e da sensibilidade e metabolização pessoal, a leitura pode ficar inviabilizada por 6 a 8 horas. Caso não obedeça, a pessoa poderá causar (ou mesmo sofrer) um acidente.”

    Ruth Cytrynbaum Cwajgenberg

  • iStock/seb_ra

    5.

    “Nem sempre conjuntivite é um caso simples. Às vezes pode haver complicações e levar à diminuição da visão. Existem vários tipos: as virais, que são diferentes das bacterianas, das alérgicas e das parasitárias. E os tratamentos são distintos. Só o oftalmologista pode fazer o diagnóstico.”

    Leôncio Queiroz Neto

  • iStock/Nastasic

    6.

    “Algumas doenças surgem sem sintomas. Metade das pessoas que recebem o diagnóstico de glaucoma no HC da USP já está cega de um olho. E o glaucoma é uma doença que pode ser diagnosticada em exame preventivo.”

    Milton Ruiz Alves

  • Photo by Wayne Langley from FreeImages

    7.

    “O ideal é retirar as lentes de uso prolongado antes de dormir, pois o risco de infecção aumenta mais de 15 vezes.”

    Bruno Machado Fontes

  • iStock/Steve Debenport

    8.

    “O momento certo para a operação de catarata vai depender do paciente. Se a pessoa consegue exercer seus afazeres, pode aguardar. Mas se suas atividades necessitam de visão mais apurada, aí a cirurgia pode ser feita mais cedo. É preciso calcular risco e benefício.”

    Joel Ednur Boteon

  • pinkomelet/iStock

    9.

    “Quem tem olho seco pode tentar outras coisas antes da aplicação de um plug (para evitar o escoamento da lágrima). Isso só é usado quando não se resolve com colírio ou gel. Também já se sabe que a ingestão de óleo de linhaça aumenta a produção de lágrimas.”

    Marcelo Martins Ferreira

  • PIKSEL/iStock

    10.

    “A principal causa de cegueira evitável, em São Paulo, é a falta de óculos. A pessoa não enxerga e tem dificuldades de acesso ao sistema de saúde. Quando vê um camelô vendendo óculos baratos, compra e nunca mais procura um oftalmologista. Perde a oportunidade de ter doenças como glaucoma ou diabetes diagnosticadas.”

    Milton Ruiz Alves

  • jacoblund/iStock

    11.

    “Por causa da má qualidade, óculos de camelô distorcem as imagens, o que provoca dor de cabeça e dor ocular. Esses sintomas passam assim que os óculos são retirados. A visão não fica comprometida, mas podem ocorrer problemas decorrentes da falta de filtros contra os raios do sol, como inflamação e descamação da córnea. Por outro lado, eles podem ser úteis em situações emergenciais, tais como quando estamos viajando e perdemos os óculos.”

    Do site www.drqueirozneto.com.br

  • iStock/SelectStock

    12.

    “O colírio gelado arde menos. A temperatura baixa tem leve efeito analgésico.”

    Bruno Machado Fontes

  • iStock/PeopleImages

    13.

    “Se a solução for para o mesmo tipo e material da lente de contato não vejo problema em comprar uma diferente da indicada pelo médico, mas já tratei de vários pacientes que, em vez de comprarem soluções umidificantes, levaram desproteinizantes. O tecido ocular é formado por proteína e água, então, se removermos as proteínas, não sobrará muita coisa.”

    Ruth Cytrynbaum Cwajgenberg

  • vladans/iStock

    14.

    “Ler com pouca luz não faz mal aos olhos, mas pode causar dor de cabeça e cansaço visual.”

    Renato Ambrósio

  • iStock/robertprzybysz

    15.

    “Quem vai fazer cirurgia de catarata pode corrigir a miopia ao mesmo tempo: ao implantar a lente, ela já vai com o grau da miopia.”

    Jacó Lavinsky

  • iStock/thelinke

    16.

    “A cirurgia de correção a laser é opcional. Convencer um paciente a operar a miopia não é uma prática recomendável. Entretanto, esclarecer os pacientes sobre os riscos e benefícios da cirurgia é dever de qualquer oftalmologista. É importante a pessoa saber as opções que tem. É preciso avaliar cada caso e verificar se a cirurgia é possível para o paciente e qual seria a melhor técnica.”

    Renato Ambrósio,

     


  • iStock/ake1150sb

    17.

    “Existem alguns casos em que a indicação da cirurgia pode ser controversa, aumentando o risco de complicações. A decisão de operar deve ser tomada com base em exames complementares específicos para se entender bem cada caso individualmente. Com isso, podemos aumentar a segurança da cirurgia de correção visual a laser.”

    Renato Ambrósio

  • Tommy Johansen/Freeimages

    18.

    “É uma expectativa irreal o paciente achar que vai operar a miopia e que não vai usar óculos nunca mais. Depois dos 40 anos, ele vai usar para perto. A cirurgia só vai diminuir a dependência dos óculos.”

    Bruno Machado Fontes

  • iStock/DisobeyArt

    19.

    “Seus óculos de sol ou polarizados dificultam ver a tela do celular ou do caixa eletrônico? É porque eles diminuem a luz. É como entrar num túnel.”

    Bruno Machado Fontes

  • iStock/filadendron

    20.

    “É comum atendermos na emergência pessoas com corpos estranhos nos olhos: dentistas que tiveram o olho atingido ou serralheiros com fragmento de material nos olhos. O ideal é usar óculos de proteção no trabalho.”

    Marcelo Martins Ferreira

  • iStock/NanoStockk

    21.

    “As pessoas acham que os óculos de sol só protegem os olhos em dias claros. Mas os raios ultravioleta agem mesmo em dias nublados. Para proteger, as lentes precisam ser de qualidade, com filtros.”

    Wagner Duarte Batista

  • iStock/hlphoto

    22.

    “Apesar de se falar muito na cenoura, qualquer alimento com vitamina A é bom para a retina. A vitamina C também ajuda a cicatrizar após a cirurgia. Outros alimentos com ômega-3, como a linhaça e o salmão, são prescritos para pacientes com olho seco.”

    Renato Ambrósi

  • iStock/Zakharova_Natalia

    23.

    “O betacaroteno, presente na cenoura, é muito importante para a função realizada pelas células fotorreceptoras da retina. Já a luteína, contida na gema do ovo, ao lado do selênio, no brócolis e no espinafre, é importante na prevenção da degeneração macular relacionada com a idade.”

    Miguel Padilha

fechar

Assine a nossa newsletter e receba nosso conteúdo em primeira mão!

assine a nossa newsletter
Entendo que passarei a receber ofertas de produtos, serviços, informativos e presentes grátis, além de outras promoções de Seleções e de parceiros. Para mais informações, acesse nossa Política de Privacidade e Uso de Dados


close